Turquia: Como escolher uma agência de viagem

Se você já leu algum dos meus outros posts sobre a Turquia, já sabe que em Istambul visitei tudo por conta mas para conhecer o interior eu acabei contratando os serviços de uma agência de Turismo local.

Como planejei a viagem pensando que iria sozinha, a opção de fazer passeios guiados foi a que me pareceu mais sensata, ainda mais porque não encontrei tanta informação na Internet a respeito de viajantes sozinhos por estas regiões.

Viajar com agência de Turismo tem seus prós e contras, mas nessa 1º viagem pela Turquia os prós foram bem maiores, tanto que nem me lembro direito dos contras.

viagem pelo interior da turquia. Como escolher uma agência de viagem

Como escolhi a agência?

Muita gente me pergunta como comprei o pacote, se foi pela Internet ou ao chegar na Turquia e no meu caso foi pela primeira opção. Pesquisei bastante em Blogs e no Turkey Travel Planner que inclusive é um dos sites mais completos com praticamente tudo que você precisa saber para montar sua viagem para a Turquia.

A agência que acabei escolhendo foi a One Nation Travel. A escolha foi baseada em experiências de outros viajantes que já haviam usado e recomendado os serviços deles, como a Fernanda Costa do Viaggio Mondo.

É muito mais fácil planejar viagens com o Me Joguei no Mundo!
Utilize os links dos nossos afiliados logo a seguir para conseguir descontos em hospedagens, seguro viagem, ingressos e muito mais!

Como estava muto em dúvida, visto que eles possuem uma enorme variedade de tours pela Turquia,troquei mais de 40 emails com o pessoal da agência antes de fechar e pagar o meu pacote.

As respostas eram sempre rápidas e o procedimento de pagamento foi bem simples, via PayPal.

Antes de viajar imprimi todos os recibos e emails de confirmação que eles me mandaram e levei numa pasta para evitar qualquer problema. Imprimi também todo o itinerário do meu passeio, assim como os horários de partida e chegada que deveria ficar atenta, lembrando que cheguei na Turquia e fui para Istambul, cidade a qual visitei sem guia nenhum.

Como checar se a agência de viagem é confiável?

Há muitos relatos pela Internet, principalmente em Blogs sobre os sreviços já experimentados de algumas agências, como foi no meu caso, o que me influenciou na escolha.

Entretanto há muitas agências pela Turquia e uma forma de saber se é uma agência legítima e confiável é dar uma olhada no site da TURSAB (Association of Turkish Travel Agencies) e verificar pelo nome da agência, se ela é registrada.

O Turkish Travel Planner também tem uma pequena lista de agências recomendadas: http://www.turkeytravelplanner.com/tourop/index.html

Conheci pessoalmente o pessoal da Agência Magic Valley Tours, que era bem perto de onde estava hospedada em Istambul e recomendo também: http://www.magicvalleytour.com/

O Roteiro escolhido

Já contei isso em outros posts e o motivo que me fez decidir viajar para a Turquia, foi uma foto do Vôo de Balão pela Capadócia. Foi através desta foto que cheguei a conhecer outros lugares turísticos como Pamukkale, Éfesos. E então depois de muitas pesquisas eu já tinha em mente os lugares que eu gostaria de visitar num Tour pelo interior do país e confesso que foi bem difícil achar um pacote que fizesse exatamente o roteiro que eu tinha em mente com os dias que eu possuía.

Mas então na One Nation eu acabei optando pelo seguinte pacote: http://www.allistanbultours.com/package-tours-turkey/186-small-group-turkey-tours-6-days-gallipoli-troy-ephesus-pamukkale-and-cappad.html

O pacote de 6 dias incluía, as hospedagens em hotéis de 3, 4 estrelas ( em geral simples mas confortáveis), a maioria das refeições( nos hotéis ou em restaurantes), os transportes de uma cidade a outra ( a maioria foi ônibus local)o Vôo de Balão pela Capadócia e tour pelos lugares abaixo:

.Gallipoli

.Troia

.Éfesos

.Pamukkale

.Capadócia

Este tour me satisfez bastante, pois apesar de um certo tempo gasto com transporte, conseguji visitar com calma todos os lugares que eu imaginava. Até Galipolli que é um lugar muito mais voltado para História e visitado por australianos, eu achei bacana conhecer. Mas se tiver menos tempo, pode riscar do roteiro sem dó.

Preço

Paguei 680 euros à vista pelo PayPal, cerca de 1 mês antes da viagem.

Transporte

Esse é um dos tópicos que mais merece atenção pois quando você compra um pacote por agência já imagina que não terá de se preocupar com nada, que basta entrar no ônibus ou van e aguardar até chegar ao destino, mas não neste caso. Este pacote é um pouco diferente! A maioria dos transportes utilizados de uma cidade a outra são ônibus locais. Ou seja, eles te dão a passagem, te levam até a rodoviária e chegando no local de destino outro guia irá te buscar e levar para o hotel e outro guia para os passeios. Pode parecer um pouco complicado e confuso mas funcionou bem. Pelo que entendi a agência tem uma parceria com uma rede de outra agências locais.

Sempre que chegávamos nas rodoviárias, já estava lá alguém esperando por nós, com exceção da Capadócia que o ônibus atrasou e quando chegamos em Goreme, num local que não é bem uma rodoviária, não havia ninguém eficamos perdidas, mas graças ao quiosque de informações, ligaram para nosso hotel e foram nos buscar. Ah, teve outro fato também antes de embarcar neste ônibus, foi que na rodoviária ninguém sabia em qual dos ônibus deveríamos entrar. Chegamos a trocar as bagagens de ônibus umas 2 vezes e este foi um daqueles momentos que eu percebi como os turcos são desorganizados, RS.

Então, leve em conta que parte da sua viagem é meio mochileira sim, pois não há aquele conforto de ir num ônibus exclusivo e é sempre bom ter todos os hotéis anotados e os horários, caso algo dê errado.

Neste pacote que comprei, o maior trecho feito de ônibus era o Pamukkale -Capadócia que levou 12 horas. A volta para Istambul foi de avião. Há a possibilidade de trocar este ônibus por um vôo, mas claro que o preço aumenta consideravelmente. Você pode me achar louca mas caso tenha tempo, eu realmente indico fazer um dos trechos de ônibus, acho que o de ida, porque é uma experiência muito diferente. Contei um pouco já disso por aqui .

Os guias

guia turístico na Capadócia
Foto by Melissa Pio – Nós e o Ali, nosso guia na Capadócia

Durante estes 6 dias , tive contato com vários guias, um diferente do outro mas em geral eram bem atenciosos, falavam inglês bem ( com exceção de um que nos levou para Galipolli ) e conheciam bem o local.

O ponto negativo é que como disse são várias agências locais que possuem uma parceria então não há um padrão na forma como eles trabalham e também há uma certa dificuldade de reconhecê-los porque imagine, eles não estarão uniformizados com uma camiseta da “CVC”. Então a única forma de reconhecer os guias nas rodoviárias é através da plaquinha com seu nome ou seja, precisou falar com eles, avisar que o ônibus vai atrasar, ferrou!

Me lembro que na chegada a uma das cidades, o ônibus atrasou e fiquei morrendo de medo do guia não aparecer, sendo que era noite e eu não fazia a mínima ideia de onde estava, ainda mais que o Guia deveria nos buscar e levar para uma outra cidade onde iríamos ficar hospedadas. Mas quando o ônibus chegou na rodoviária, lá estava ele, um rapaz com uma plaquinha e meu nome ( escrito errado, óbvio :P).

Ele nos levou em um carro até a outra cidade, mas era noite, estava escuro e o lugar parecia ficar cada vez mais deserto. Me lembro que eu e minha amiga até ensaiamos uma fuga caso algo desse errado, mas não foi preciso executar o plano :P. O que eu quero dizer é que num pacote como este esteja preparado para eventuais improvisos.

Outro fato foi que no dia em que fui visitar Pamukkale, tínhamos um tempo definido para fazer os passeios e depois se encontrar para voltar a agência de viagens. Porém o tempo não foi suficiente e eu, minha amiga Melissa e mais alguns turistas japoneses, que se tornaram nossos amigos, pensamos em ficar mais tempo e curtir todas as atrações, afinal, ainda teríamos muito tempo sem fazer nada na aGência até nos levarem a rodoviária para pegar o ônibus para a Capadócia.

Acontece que o guia disse que se não fossemos no horário, não haveria ninguém para nos buscar, mesmo que a agência ficasse bem perto do local. De acordo com o guia, como muitas outras pessoas tinham outros destinos, a van ia ser ocupada e então se ficássemos lá, teríamos que ir por conta até a agência e foi isso que fizemos. Fomos a pé, perguntando e realmente não foi difícil de achar e era bem perto. Mas poderia ser um motivo de stress.

Agora na Capadócia por exemplo, o guia era excepcional, bem humorado, morador desde criança da região, com muitas informações importantes e orgulho de morar por lá. Este acabou virando um amigo com quem falo até hoje!

Então tenha em mente também que você irá passar por vários tipos de guias, pessoas diferentes e que vai acabar gostando mais de um do que outro.

Os passeios extras

Este tópico passeios extras é pra contar do famoso jeitinho turco. Sim, eles também são bem espertinhos! =)

O que aconteceu comigo e já li ter acontecido com outras pessoa, viajando por outras agências, o que me leva a crer que é algo comum é que no intervalo entre um passeio e outro, eles sempre te levam a algum local, normalmente um estabalecimento comercial, tentando exaltaro lado cultural mas na verdade, é uma pura estratégia comercial.

Vou dar alguns exemplos.Todo mundo sabe como os tapetes são populares na Turquia certo? Que tal então conhecer uma loja de fábrica e aprender todo o processo de fabricação dos tapetes? Confesso que eu achei o máximo, eu realmente me interessei pelo propósito cultural da coisa, ainda que no final a ideia fosse mesmo vender aos turistas.

Outro exemplo:Roupas de couro são bem populares na Turquia e dizem que possuem um preço realmente muito bom então com a estratégia de mostrar uma loja típica com ótimos preços, lá vai novamente a aprceria comercial para fazer os turistas colocarem a mão no bolso.

Além destes exemplos, tiveram outros, como loja de pedras preciosas, cerâmicas… Esses passeios merecem um post à parte.

Muita gente pode se aborrecer, mas de verdade, quando eu viajo eu sou tão aberta ao conhecimento que realmente não me importei de perder alguns minutos e conhecer até um pouco mais do comércio local, até porque isso me permitiu entender melhor como as pessoas vivem e trabalham por lá.

Resumo da experiência

Bom, creio que acabei escrevendo até mais do que havia pensado mas acabei compartilhando minha experiência viajando com uma agência de viagem pela Turquia pois sei que essa é uma das maiores dúvidas de quem está pensando em ir para lá.

Eu gostei em geral da experiência e acredito que foi muito positiva. Conheci bastante gente e até fiz amigos durantes estes dias de tour, alguns os quais ainda falo até hoje.

Acho que uma das maiores vantagens neste caso de contratar uma agência de turismo além do fato de ser a primeira viagem à Turquia e não saber exatamente o que esperar, sendo mulher, e não sentido  muita segurança para ir sozinha foi o fato de que pude conhecer lugares com pessoas locais, que realmente moravam lá e podiam passar mais informações que um simples guia de papel.

Foram 6 dias bem intensos mas muito recompensados!

Se houver alguma outra dúvida, só mandar o comentário aqui embaixo ok?

Acompanhe o Diário Radical também pelas Redes Sociais:

FACEBOOK —> https://www.facebook.com/diarioradical

TWITTER—–>http://twitter.com/#!/DIARIORADICAL1

YOUTUBE—->http://www.youtube.com/diarioradicalblog

diário radical, o blog de esportes radicais e turismo

Espero que tenha gostado desse artigo e que ele tenha sido útil no planejamento de sua viagem!

Monique Ribeiro

travel-icon-183+ Dicas para planejar a sua viagem pela Europa

 
  • Encontre a hospedagem para sua viagem

    Recomendamos efetuar a pesquisa e reserva de seu hotel no Booking.com, uma plataforma de busca e reserva de hotéis reconhecida mundialmente. Sempre pesquiso e acabo reservando hospedagem por lá por vários motivos, entre elesa possibilidade de muitas vezes reservar sem o cartão de crédito ou optar por pagar apenas na chegada e também é possível ler as avaliações de outros hóspedes, o que auxiliar muito na decisão ao escolher um hotel.
 
  • Encontre seu Seguro de Viagem ao melhor preço 

    Nunca se esqueça de contratar um Seguro de Viagem/Assistência Médica para a sua viagem pela Europa! Um Seguro de Viagem é essencial para garantir que tudo corra bem em sua viagem e é algo que possui um custo baixo e pode evitar diversos problemas que poderiam causar stress à sua viagem. Recomendamos comparar os preços na SEGUROS PROMO e para garantir 5 % DE DESCONTO NA COMPRA DO SEU SEGURO VIAGEM você pode utilizar esse código: MEJOGUEINOMUNDO5
 
  • Global Pass e Bilhetes de Trem

    Está fazendo uma eurotrip e considera viajar de trem pela Europa? Excelente ideia! Saiba mais sobre o Globalpass que provavelmente é a melhor opção para você viajar de trem  sem stress pela Europa. Informações e venda aqui.
 
  • Compare preços de varias locadoras para alugar um carro na Europa

    Para quem quer ter a liberdade de fazer uma roadtrip pela Europa o aluguel de carro é  sem dúvida uma excelente opção! Recomendamos o site RentalCars, que é um buscador que mostra diversas locadoras de carros e os melhores preços.
 
  • Excursões e passeios com excelente custo benefício/Compre tickets das principais atrações turísticas de cada país com antecedência

    Recomendamos a GetyourGuide. que é uma empresa líder mundialmente na venda de excursões e tickets para atrações em diversos países.
  Este post contém links de afiliados o que permite que um percentual de comissão seja repassado ao Blog em caso de reservas realizadas por aqui mas você leitor não paga nada a mais por isso e ainda contribui para manter o blog ativo e atualizado. Em caso de dúvidas consulte nossa Política de Publicidade. 

Mais de Monique Bianchi

Decoração de Natal 2011 na Avenida Paulista

No dia 3 de dezembro foi inaugurada aqui em São Paulo a...
Leia Mais

12 Comments

  • Olá! tudo bom? Eu quero fazer uma viagem Grécia/Turquia ano que vem e queria saber qual é, na sua opinião, a melhor forma de transporte saindo da Grécia pra chegar na Turquia.
    Obrigada! beijos

    • Ola Camila, depende de quais cidades/ilhas você tem no seu roteiro, pois dependendo de onde estiver na Grécia, o barco é a melhor opção para chegar até a Turquia, os chamados ferry boats. No meu caso o jeito mais fàcil e rápido foi pegar avião mesmo pois iria da Grécia para Istambul. Abraços

  • Oi Monique! Tô pegando umas info sobre Turquia por aqui!
    Me diz uma coisa: o que vc achou da viagem de ônibus Pamukkale-Cappadocia? O ônibus e as estradas são boas? Deu para dormir? (suponho que pegou onibus noturno) Como vou no inverno, tenho medo que o percurso se torne mais dificil se for região montanhosa e eventualmente nevar. Acha que é seguro/tranquilo?
    Obrigada!

  • Olá Monique, estou lendo suas aventuras e gostei muito da sua organização. Vou a Turquia em janeiro, sei que estará muito frio, mas já tenho experiência com o frio. Ficarei apenas 4 dias na Turquia e queria contratar tours de 1/2 dias pq eu já estarei vindo da Alemanha e Bulgária onde tenho um guia em Português.
    Que dicas vc poderia me dar sobre este tipo de tour e sobe o passeio no rio Bósforo.
    Agradeço muitíssimo
    Ivy

    • Oi Ivy tudo bem?? Então, são muitas as opções de passeios de 1/2 e 1 dia em Istambul. Por exemplo o Passeio do B´[osforo que eu fiz levou apenas 2 horas, porque nós apenas navegamos pelo estreito, indo pelo lado europeu e voltando pelo lado asiático mas há outros que levam mais tempo por realmente descer e explorar cada lado e alguns dos pontos turísticos que eu apenas avistei. Esse do Bósforo acho que tem que fazer pois é muito típico e é possível vislumbrar uma parte muito legal da arquitetura de Istambul, como alguns palácios, faculdades…
      Os outros pontos turísticos de Istambul dá para explorar facilmente em 1 ou 2 dias andando, como a Mesquita Azul, Hagya Sofya, Plácio Topkaki e a Cisterna que ficam no mesmo bairro em Sultahnamet.
      Como vc terá pouco tempo se quiser ir a Capadócia, teroia que ser de avião pois de ônibus te custaria 12 horas! Acho que é isso Ivy, se precisar de mais alguma info ou se tiver alguma dúvida é só falar! Beijoos e valeu a visita ao Blog! =)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *