O que voce precisa saber sobre Lavaux na Suíça

dicas lavaux suiça

Lavaux é o nome de uma região vinícola na Suíça, localizada na parte francesa do país. Sim, a Suíça produz excelentes vinhos, mas talvez você não tenha ouvido ainda falar em vinhos suíços porque apenas 1 ou 2% de toda a produção é exportada.

Como já contei aqui nesse outro artigo, a região de Lavaux na Suíça é especial e histórica e há muito o que visitar. Compartilho nesse artigo um relato de um dia que passei explorando Lavaux na companhia de minhas amigas.

caminhadas em lavaux

Por que Lavaux é especial

Os vinhedos em Lavaux são especiais pela forma peculiar em que são construídos e cultivados. São terraços inclinados que se estendem acima do Lago Lemán. Alguns desses vinhedos chegam a 100% de inclinação!É o caso dos vinhedos Dézaley.

Os vinhedos Dezáley são super inclinados

Além disso, a producão de vinho na região de Lavaux é histórica datando do século XII, mas é bem provável que tenha começado bem antes, desde os tempos romanos.

O trabalho que um produtor de vinho em Lavaux tem para cultivar a uva e produzir vinho é imcomparável devido a essas características da região que não permitem por exemplo o uso de certas máquinas por causa da inclinação. Desta forma o trabalho é muitas vezes feito de forma manual e envolve algumas manobras como a ajuda de helicópteros.

É muito mais fácil planejar viagens com o Me Joguei no Mundo!
Utilize os links dos nossos afiliados logo a seguir para conseguir descontos em hospedagens, seguro viagem, ingressos e muito mais!
vila epesses em lavaux
Vila Epesses em Lavaux

Por esses e outros motivos os vinhedos de Lavaux foram listados pela UNESCO em 2007 como Patrimônio Histórico da Humanidade e são protegidos.

Produzir vinho em Lavaux é manter viva uma tradição secular que vem sendo passada de geração para geração.

Os vinhos de Lavaux

vinhos lavaux

Chaselas é a variedade de uva vinífera dominante cultivada em Lavaux e é usada para produzir vinhos brancos. Trata-se de uma uva nativa suíça muito antiga. Mas há outras uvas também cultivadas em Lavaux como Plant Robert e Pinot Noir.

Há um ditado que diz que as uvas cultivadas em Lavaux são beneficiadas de 3 sóis: o sol em si, o reflexo do sol no Lago Lemán e o calor emitido pelos terraços murados.

caminhar por lavaux

Assim como a França, os vinhos na Suíça são classificados por AOC ( (appellation d’origine contrôlée) que define os vinhos por região geográfica e características particulares do terreno e cultivo.

Degustação de vinhos

O Lavaux Vinorama é um dos locais onde se pode degustar vinhos em Lavaux. Trata-se de um centro informativo e turístico onde há mais de 300 vinhos de cerca de 200 produtores locais.

degustação de vinhos em lavaux
Degustando vinhos no Lavaux Vinorama

Há diversos pacotes para degustar vinhos como um que fizemos com 3 vinhos da semana, incluindo dois brancos( Chasselas) e um tinto(Plant Robert) ao custo de CHF 19 francos suíços por pessoa.

Veja os diversos pacotes e valores aqui. Há a opção também de adquirir a garrafa de qualquer outro vinho que não faça parte da seleção semanal.

Além do Lavaux Vinorama, há diversas adegas de produtores locais espalhadas pelas vilas. Antes do verão há também diversos eventos promovidos pelos produtores para degustação de seus vinhos.

Onde fica Lavaux

Lavaux se situa entre a cidade de Lausanne e o Chateau de Chillon ao longo do Lago Lemán, na parte francesa da Suíça, no cantão de Vaud.

A região de Lavaux é composta por 830 hectares de terraços de vinhedos e vilas pitorescas entre elas St-Saphorin, Dézaley, Epesses, Lutry e Rivaz.

A partir de Vevey ou Montreux é possível chegar na região de LAVAUX em cerca de 15 minutos de transporte público e a partir de Lausanne até mesmo em 5 minutos ( para Lutry).

como chegar em lavaux
Vista dos vinhedos a partir de Grandvaux

Como chegar e explorar a região

Transporte público em Lavaux

trem lavaux
Os vinhedos de Lavaux vistos pela janela do trem chegando em Lausanne

Há diversas formas para se chegar a Lavaux, dependendo do ponto inicial desejado mas basicamente é muito fácil usando transporte público a partir de qualquer cidade da Suíça.

Para quem chega de Lausanne por exemplo recomendo fazer o passeio de barco pelo Lago Lemán e desembarcar em uma das vilas como Rivaz assim como fizemos.

É possível também chegar de trem regional chamado de Train des Vignes que parte de Vevey e passa por diversas vilas entre elas St.Saphorin, Rivaz, Chexbres, Lutry e Cully.

Foto: sbb.ch

Outra forma de explorar os vinhedos é em um dos trajetos feitos pelo trenzinho chamado Lavaux Express. Veja mais informação aqui.

lavaux exprexx trem
Foto:loisirs.ch

Caminhadas em Lavaux

Para os que gostam de caminhar vale muito a pena escolher algum dos percursos entre as vilas. A vista panorâmica é sensacional e a experiência de passar praticamente dentro dos vinhedos é única.

Além disso, caminhando se tem também a oportunidade de passar por entre as pitorescas e charmosas vilas da região e descobrir adegas de produtores para provar vinhos locais.

grandvaux vila em lavaux
Detalhes da charmosa vila de Grandvaux em Lavaux

Algumas dicas de caminhadas:

  • De St.Saphorin até Vevey – Caminhada de 1h30. Percurso de 5.1 km.
  • De Cully até Rivaz – Caminhada fácil de 1h30. Percurso de 5.6 km
  • De Grand-Vaux até Lutry – Caminhada média de 2 horas.

Quando visitar Lavaux

É possível visitar Lavaux em qualquer época do ano, evitando o inverno é claro, mas a época mais bonita na minha opinião é durante o Outono quando as folhagens dos vinhedos se tornam douradas.

Nosso roteiro de 1 dia em Lavaux

Trem até Lausanne

Nós saímos da parte alemã da Suíça, cada uma de uma cidade, e pegamos o trem em direção a Lausanne. De onde eu moro tive que fazer troca de trem em Lucerne e de lá peguei um trem que ia para Genebra com parada em Lausanne. O trajeto de Lucerne até Lausanne pode levar de 2h15 a 2h30 dependendo do trem a ser pego. Há trens de Zurique também que levam cerca de 2h15 minutos até Lausanne.

Metrô de Lausanne até Ouchy

Esse trajeto fizemos para chegar da cidade até o lago de onde partem os barcos.

Curiosamente esse é o único metrô em toda a Suíça.

Para mais curiosidades da Suíça leia esse artigo aqui

Passeio de barco pelo Lago Lemán

eio de barco lavaux

Em um trajeto de 45 minutos curtimos a brisa do Lago Lemán e vistas incríveis dos vinhedos. Vale muito a pena fazer um passeio de barco até Lemán.

Nesse trajeto que fizemos descemos em Rivaz e quem tem o Swiss Travel Pass faz o passeio de graça.

barco até lavaux

Almoço em Rivaz

restaurante lavaux
O charmoso restaurante Auberge de Rivaz

Em Rivaz encontramos com nossa guia e como já estava perto do meio dia aproveitamos para ir almoçar e conhecer o charmoso restaurante Auberge de Rivaz.

almoço em rivaz
Delicioso almoço no Auberge de Rivaz

Nosso prato principal foi um peixe delicioso acompanhado de um excelente vinho é claro, afinal estamos em Lavaux.

Até mesmo a sobremesa era especial, um sorvete feito com uma espécie de cachaça de uva.

Além de um lindo e charmoso restaurante com vista para os vinhedos e para o lago, a comida estava deliciosa.

Degustação de vinho no Lavaux Vinorama

Nossa guia nos levou de carro até o Lavaux Vinorama, o centro onde fizemos a degustação de 3 vinhos e assistimos um vídeo mostrando um pouco da produção de vinho ao longo do ano em Lavaux. Deu para perceber que não é um trabalho fácil mas que envolve muita paixão e dedicação.

Explorando as vilas de Chexbres, Grandvaux, Epesses

Nossa ideia inicial era após a degustação fazer uma caminhada de 1h30 de Rivaz até Epesses mas como a guia estava de carro resolvemos fazer curtas paradas em diferentes pontos entre os vinhedos e as vilas de Chexbres, Grandvaux e Epesses.

Apesar de ser prático dirigir entre as vilas e poder parar em diferentes pontos estratégicos, as ruas são bem estreitas e estacionamento acaba sendo muito limitado então realmente recomendo usar transporte público e caminhar.

Depois de tanta paisagem maravilhosa nossa guia nos deixou na estação de Vevey onde pegamos o trem de volta para casa.

roteiro 1 dia em lavaux
Nós e nossa guia Angela pelos vinhedos de Lavaux

Dicas

  • Vá com um calçado confortável caso queira caminhar pelos vinhedos ou entre as vilas
  • É possível fazer um bate-volta de outra cidade da Suíça da parte alemã como fizemos mas o ideal é separar mais tempo na região francesa se hospedando por lá em Lausanne, Vevey ou Montreux
  • Combine o passeio com um trem panorâmico, o Goldenpass que sai de Montreux e vai até Lucerne
  • Se conseguir mais dias na região aproveite para visitar o imperdível Museu do Charles Chaplin que fica em sua antiga casa próximo a Vevey.
  • Outra cidade que merece ser visitada na região é Montreux e o charmoso Chateau de Chillon

Esse passeio eu fiz no dia 22 de agosto de 2020, com as minhas parceiras Ana Luiza ( pelomundoblog) , Janaína ( descobrindoasuica) e Renata (asviagensdare). O lugar foi destino de mais um#experience, um projeto que tem por objetivo mostrar as belezas da Suíça. Esse foi o #experiencelavaux. Apoio: Montreux Riviera – Auberge Rivaz – Lavaux Vinorama Algumas fotos do post são da Renata Autran Veja o que rolou no evento também, através da Hashtag #lavauxexperience no Instagram e Facebook.

Espero que tenha gostado do artigo e que ele tenha sido útil no planejamento de sua viagem! Se este conteúdo foi útil para você, uma forma de retribuir é reservar um dos serviços abaixo usando nossos links de afiliado. Assim uma pequena comissão é repassada ao blog, você não paga nada a mais por isso, e nos ajuda a manter o blog sempre atualizado. 🙂 Monique B. Ribeiro

travel-icon-183+ Dicas para planejar a sua viagem pela Suíça

  • Seguro de Viagem - Nunca se esqueça de contratar um Seguro de Viagem/Assistência Médica,algo que é obrigatório e essencial à sua viagem pela Suíça! Um Seguro de Viagem possui um custo baixo e pode evitar diversos problemas que poderiam causar stress à sua viagem. Recomendamos a Seguros Promo, um comparador de preços para você fazer a sua pesquisa e encontrar o melhor seguro de viagem de acordo com as suas necessidades ao melhor custo benefício. Cote os valores e garanta 5% de desconto usando o código do blog: MEJOGUEINOMUNDO5
  • Swiss Travel Pass: A melhor opção para explorar a Suíça utilizando toda a rede de transportes, o que inclui trem, ônibus e barcos em viagens ilimitadas + gratuidade em rotas de trem panorâmicas pelo país e descontos em passeios aos Alpes e entradas em museus. Buscar um passe de trem
  • Global Pass: Caso seu roteiro inclua mais países pela Europa, talvez o Globalpass seja a melhor opção para você viajar de trem pela Europa. Buscar um passe de trem
  • Aluguel de carro na Suíça e Europa: Para quem quer ter a liberdade de explorar a Suíça e outros países da Europa que ficam na fronteira, o aluguel de carro é uma excelente opção! Recomendamos o site RentalCars, que é um buscador que mostra diversas locadoras de carros e os melhores preços.
  • Excursões e passeios pela Suíça com excelente custo benefício: Recomendamos a GetyourGuide. que é uma empresa líder mundialmente na venda de excursões e tickets para atrações em diversos países.  Mais de 100 opções de passeios pela Suíça feitos por agências locais como transfers de/para aeroportos nas principais cidades suíças e excursões aos Alpes, muitas vezes com preços mais baratos até mesmo do que comprando diretamente no guichê.
  • Pesquisa e reserva de hotéis: utilize o Booking.com, uma plataforma de busca e reserva de hotéis reconhecida mundialmente. Sempre pesquiso e acabo reservando hospedagem por lá por vários motivos, entre elesa possibilidade de muitas vezes reservar sem o cartão de crédito ou optar por pagar apenas na chegada e também é possível ler as avaliações de outros hóspedes. Veja aqui, por exemplo uma relação das hospedagens mais recomendadas nas principais cidades suíças:

Mais posts sobre a Suíça para te inspirar

Planejamento de Viagem à Suíça

Transporte na Suíça

Suíça nas diferentes estações

Principais cidades

Principais passeios em montanha

Lagos na Suíça

Vilas Suíças e dicas de passeios

Este post contém links de afiliados o que permite que um percentual de comissão seja repassado ao Blog em caso de reservas realizadas por aqui mas você leitor não paga nada a mais por isso e ainda contribui para manter o blog ativo e atualizado. Em caso de dúvidas consulte nossa Política de Publicidade. 
Mais de Monique Bianchi

Konstanz, uma cidade ao sul da Alemanha

Conheci Konstanz  na Alemanha ou Constança (nome em português), em uma viagem...
Leia Mais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *