Novas regras para conter o COVID-19 na Suíça *a partir de 28.10.20

regras corona virus suíça

Com a segunda onda de contaminações pelo COVID-19 confirmada na Europa, as medidas impostas pelas autoridades suíças no dia 19.10.2020 foram insuficientes para conter o crescente número tanto de pessoas contaminadas como de leitos de hospital ocupados no país.

Desta forma, o governo suíço que já estava sendo pressionado desde semana passada pela população e mídia anunciou hoje as novas medidas que visam conter a rápida propagação do vírus e evitar um possível confinamento.

novas regras covid-19 suiça

Alguns números atuais da COVID-19 na Suíça

Os números estão cada vez mais preocupantes infelizmente e em questão de semanas a Suíça viu a situação do Corona Vírus sair do controle.

Nos últimos sete dias, o número de infecções contabilizadas na Suíça foi de 5994, o que dá um crescimento muito significativo de 88% de contaminações em relação à semana anterior.

Estatísticas apontadas em várias matérias dos principais veículos de informação no país apontam que a capacidade de leitos de hospital pode acabar em 15 dias se os números continuarem nesse ritmo de crescimento.

As novas medidas anunciadas pelo governo suíço nesta tarde começam a valer hoje a partir da meia noite:

Fechamento de discotecas

Espaços noturnos e discotecas não podem mais funcionar a partir de hoje à meia-noite.

Horário de funcionamento de restaurantes e bares até as 23h

Além da limitação no horário de funcionamento de bares e restaurantes na Suíça, o número de pessoas por mesa não pode passar de 4, com exceção para famílias com crianças

Proibição de eventos com mais de 50 pessoas

Eventos esportivos e culturais com mais de 50 pessoas não poderão mais acontecer com exceção de reuniões parlamentares e das comunidades.

Como anteriormente protestos e reuniões para coletar assinaturas para um possível referendo ainda podem acontecer observando as regras de higiene e medidas impostas.

Uso estendido de máscaras em espaços externos, escolas e locais de trabalho

O uso de máscaras é agora obrigatório em praticamente todos os espaços abertos no país. Está especificado que o uso de máscaras deve ser obrigatório também nos espaços externos de empresas ou lojas, de locais de eventos, fora também de bares e restaurantes e nos mercados de Natal que ainda irão acontecer,.

Além disso, a máscara deve ser utilizada em áreas de pedestre com grande movimentação ou qualquer outro espaço onde as medidas de proteção como a distância necessária entre as pessoas não seja possível.

Nas escolas a partir do ensino médio torna-se obrigatório o uso de máscaras assim como no local de trabalho caso a distância entre os funcionários não seja possível.

Limite de 10 pessoas para eventos privados e em família

Como um crescente número de infecções foi apontado por acontecer em eventos familiares ou de amigos, estes agora podem acontecer somente com o limite de no máximo 10 pessoas.

Atividades culturais ou prática de esportes não permitidas para mais de 15 pessoas

Atividades culturais ou prática de esporte agora passam a ter um limite de 15 pessoas quando o espaço não permite a distância necessária entre as pessoas.

Esportes de contato passam a se tornar proibidos.

Essa regra vale apenas a crianças a partir de 16 anos.

Proibição de aulas presenciais em universidades

As universidades suíças passam a ter as aulas presenciais proibidas a partir de Segunda-feira dia 2 de Novembro.

Testes rápidos começam a ser oferecidos a partir de 2 de Novembro

A oferta de testes rápidos começa aumentar e visa detectar e isolar mais rapidamente os contaminados pelo COVID-19.

Lista de países em risco para quarentena será atualizada considerando os novos números da infecção na Suíça

Como os números de infecção pelo COVID-19 estão muito altos para a Suíça considerando o número de habitantes no país, a lista de países de risco que determina a necessidade de quarentena será bastante diminuída.

Apenas quatro países: são considerados países de risco com alto índice de contaminações pelo COVID-19, o que significa que cidadão suíços que chegam ao país vindo de um destes países precisa fazer a quarentena obrigatória de 10 dias. São eles: Andorra, Armênia, Bélgica e República Checa. Além destes 4 países, 3 regiões da França também estão nessa lista: a região de Hauts-de-France, ÎIe de France / Paris e a Polinésia Francesa.

Essa nova lista passa a valer a partir de amanhã dia 29.10.2020.

Nesse caso, o Brasil sai da lista de países de risco para a quarentena obrigatória mas não quer dizer que os cidadãos brasileiros podem entrar para turismo no país. Vamos aguardar para ver se eles anunciam algo nesse sentido.

Fontes para elaboração do artigo:

20min.ch

SRF.ch

Mais de Monique Bianchi

Os clubes de compra para viajantes sofisticados

Talvez eu esteja um tanto atrasada para falar sobre este assunto, mas...
Leia Mais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *