Dicas para montar o seu roteiro na Suíça de forma independente

Siga esses 5 passos e monte seu roteiro na Suíça

Essa é a pergunta que mais recebo aqui no Blog. Montar um roteiro na Suíça é uma tarefa difícil porque o país pode ser pequeno mas as possibilidades de passeios são inúmeras, entre lagos, rios, cachoeiras, os Alpes, vilas medievais, castelos e mais de 500 museus!

dicas roteiro na suíça

Separei então algumas dicas para que você mesmo consiga montar o seu roteiro na Suíça. Se você seguir os passos abaixo vai ficar muito mais fácil planejar a sua viagem na Suíça. Vamos lá:

  1. Descubra os principais fatos sobre a Suíça
  2. Defina o tipo de viagem que deseja fazer
  3. Descubra o que fazer e onde ir na Suíça
  4. Defina as cidades base onde se hospedar
  5. Decida como se locomover na Suíça

1 – Principais fatos sobre o país

Como sempre, o primeiro passo antes de uma viagem é pesquisar os aspectos básicos de um destino.

Resumirei em seguida as principais informações sobre a Suíça

  • Localização e População

A Suíça está localizada na parte central da Europa. É um país relativamente pequeno com cerca de 8 milhoes de habitantes.

Sua excelente localização facilita combinar a viagem com outros países nas fronteiras como Itália, França, Alemanha e Austria.

  • Quatro regiões principais e quatro idiomas nacionais

Há quatro idiomas na Suíça: alemão, francês e italiano como idiomas oficiais e o romanche que é uma língua formada a partir do latim. É um idioma nacional falado por cerca de 2% da população.

O mapa abaixo demonstra a Suíça dividida pelo idioma nacional de cada região. A língua não é a única diferença, mas também a mentalidade do povo, costumes, clima e arquitetura por exemplo.

mapa suiça regioes e idiomas

 

  • Divisão  26 em cantões

A Suíça é dividida em 26  estados chamados de cantões. Cada cantão é politicamente independente.

  • A Suíça e a União Europeia

A Suíça é um Estado Federal e não faz parte da União Europeia, mas faz parte de alguns acordos, entre eles, o Tratado de Schengen que permite que moradores e turistas trafeguem livremente entre os países que fazem parte da UE sem a necessidade de um visto.

Leia também esse outro post com curiosidades da Suíça como os moradores ilustres que o pais já recebeu 

  • Visto

Brasileiros não precisam de visto para viagens à Suíça de até 3 meses, mas precisam de um passaporte válido por no mínimo 3 meses.

  • Dinheiro

A moeda na Suíça é o franco suíço (CHF).

O euro não é amplamente aceito. Se você vai passar alguns dias no pais o ideal é trocar para franco suíço.

  • Estações e clima na Suíça

As estações na Suíça são bem definidas mas saiba o que esperar delas.

Abaixo um resumo mas nesse post contei tudo em detalhes.

dicas viagem suiça

Primavera – de março a abril – temperaturas variam de 8 a 15 graus. Os campos se tornam verdes e as flores aparecem.

Verao – de junho a agosto – temperaturas variam de 18 a 28 graus. É possível se refrescar nos rios e lagos.

Outono – de setembro a novembro – temperaturas variam de 8 a 15 graus e as paisagens se tornam coloridas.

Inverno – de dezembro a março – temperaturas variam de -2 a 7 graus. Tempo frio e neve mas a altitude diferencia o clima em cada região.

Leia também esses posts:

2 – Que tipo de viagem deseja fazer

Essas são perguntas importantes que você deve tentar responder a si mesmo para definir os próximos passos e montar o seu roteiro na Suíça.

  • Qual o seu budget disponível?
  • Quantos dias disponíveis possui?
  • Qual o objetivo da viagem? Lua de mel, viagem em família, viagem-solo
  • Prefere focar nas grandes cidades ou vilas nos Alpes?
  • Gosta de viajar devagar ou prefere ver o máximo possível?
  • Quer ter uma visão geral de todas as regiões suíças ( alemã, italiana e francesa) ou prefere escolher apenas uma ou duas regiões e explorar mais a fundo?
  • Quer praticar esportes como mountain bike?

Leia também: Dicas para economizar em uma viagem à Suíça

3 – O que fazer e onde ir

Dê uma estudada no mapa da Suíça e nas informações abaixo:

Cidades de interesse

Essas são algumas das cidades suíças mais visitadas:

  • Zermatt – a vila alpina mais famosa onde se encontra a montanha Toblerone(Matterhorn)
  • Zurique – a metrópole suíça
  • Lucerne – a capital da Suíça central e uma das cidades mais visitadas
  • Genebra – conhecida como a capital da paz por abrigar associaçoes como a ONU e a Cruz Vermelha
  • Montreux – localizada na riviera suíça é conhecida como a cidade da música e é onde fica o famoso castelo “Chateau di Chillon”
  • Interlaken – a capital da aventura na Suíça
  • Berna – a capital da Suíça – cidade medieval tomabada como patrimônio histórico da UNESCO
  • Basiléia – a capital cultural da Suíça e porta de entrada no país voando de low cost
  • Lugano – a maior e principal cidade de Ticino, a parte italiana da Suíça
  • St.Moritz – um dos resorts alpino de luxo mais famosos do mundo

mapa suiça cidades

Principais passeios de montanha – explorando os Alpes

Programe-se para fazer os passeios de montanha. Muitos deles levam praticamente o dia todo como o famoso Jungfraujoch Top of Europe.  Se possível, tente se hospedar 1 ou 2 dias na cidade do passeio de montanha que deseja fazer para ter uma possibilidade a mais em caso de tempo ruim.

dicas jungfraujoch suiça

Se atente ao fato que muitas vezes o tempo está nublado nas cidades, mas há sol no alto da montanha ou vice-versa. Mesmo no verão, as temperaturas podem ser bem amenas no alto das montanhas. Tenha uma jaqueta leve com você e se for inverno, vista-se adequadamente.

Abaixo os principais e mais procurados passeios de montanha na Suíça:

  • Jungfraujoch Top of Europe
  • Gornergrat – chegue perto da Matterhorn
  • Schilthorn – montanha onde foram gravadas cenas do filme James Bond e restaurante rotório
  • Montanha Pilatus – conhecida como a montanha dos dragões e um dos principais passeios em Lucerne
  • Montanha Rigi – vista 360 graus da região de Lucerne
  • Montanha Titlis – destino de inverno com neve o ano todo e o primeiro bondinho rotatório do mundo

Lagos Alpinos

Além dos maiores lagos da Suíça como o Lago Zurique e Genebra que podem ser explorados através de passeios de barco, indico abaixo alguns dos meus lagos favoritos aqui na Suíça:

  • Blausee – o lago azul da Suíça
  • Oeschinensee – um lago incrível rodeado pelos Alpes
  • Caumasee – um lago de cor inacreditável e uma trilha para o canyon suíço
  • Gelmersee – para alcançar esse lago você precisa pegar o funicular mais inclinado do mundo

melhores lagos suiçA roteiro

Rotas de trem panorâmica

A Suíça é  mundialmente famosa pelas suas rotas cênicas de trem e com certeza essas sao experiências inesquecíveis durante uma viagem pelo país.

Abaixo as quatro principais rotas:

  • Bernina Express – de Chur a Tirano na Italia
  • Glacier Express –  de Zermatt a St. Moritz ou vice-versa
  • Golden Pass – de Lucerne a Montreux ou vice-versa

4- Como se locomover

A escolha do transporte irá nfluenciar os demais pontos do seu roteiro na Suíça.

Como exemplo, se você pretende incluir uma visita a alguns vilarejos nos Alpes em seu roteiro na Suíça, a escolha dos locais vai depender se você estará de carro ou não. Digo isso porque vários vilarejos são car-free como Wengen, Mürren e Zermatt. Claro que existem alternativas, por exemplo para visitar Zermatt, onde é necessário estacionar o carro no vilarejo Täsch e pegar um trem para Zermatt.

De trem

A Suiça é facilmente explorada de transporte publico utilizando o trem como transporte principal. As rotas de trem alcançam até mesmo pequenos vilarejos e oferecem a vista de paisagens cênicas. Para quem adquire o Swisspass há muitas vantagens como uso ilimitado de trem e ônibus além de incluir os passeios de barco e dar descontos em passeios de montanha e museus.

trem suiça

Apreciando a vista da janela do trem panorâmico Golden Pass no caminho entre Interlaken e Mountreux!

De carro

Alugar um carro e fazer uma roadtrip pela Suiça também é uma opção bem interessante. As estradas na Suíça são muito bem asfaltadas e sinalizadas e há a possibilidade de dirigir em famosos passos alpinos como Furkapass onde ja foram gravadas cenas de filmes famosos como um da série James Bond.

Leia também:

5- Onde se hospedar

Defina as cidades-base

De acordo com as cidades escolhidas para o seu roteiro de viagem pela Suiça, você deve definir aquelas que servirão de base. Geralmente uma ou duas cidades sao suficientes como base e diria que a região de Lucerne ou Berner Oberland funcionam bem como conexão a outras importantes cidades e pontos turísticos na Suíça.

Considere para a regiao de Lucerne outras cidades ao redor do lago como Weggis, Vitznau e Brunnen caso esteja de carro e queira explorar um pouco mais da região que é linda e oferece opçoes de hotéis de luxo como o fabuloso Parkhpotel Vitznau e o famoso e disputado Villa Honegg, o hotel da piscina infinita mais incrível da Suíça.

dicas roteiro suiça interlaken

Já na região de Berner Oberland inclua como opção as cidades de Berna, Thun e Interlaken que oferecem opções variadas de hospedagem e passeios.

Para quem quer visitar 2 lagos famosos e lindos na Suíça, o Blausee e o Oeschinensee, uma dica é se hospedar na linda e típica vila de Adelboden. Leia aqui sobre o Hotel Cambriam que fica por lá e possui uma das piscinas infinitas de frente pros Alpes mais disputadas da Suíça.

Defina o estilo de hospedagem

Dependendo do seu objetivo de viagem e budget você consegue definir o tipo de hospedagem para a sua vaigem pela Suiça.

Seja em hoteis de luxo, apartamentos ou hostels, atente-se ao fato de que se você estará viajando de transporte publico é uma boa idea se hospedar no centroü e proximo a estacao de trem. Caso esteja de carro, a ideia é oposta e o ideal seria se hospedar um pouco mais afastado do centro.

Exemplo: Para quem viaja de carro na região de Interlaken, eu recomendaria se hospedar em Brienz, Iseltwald ou Thun ao inves do centro de Interlaken.

Bom, espero que você consiga seguir esses 5 passos para montar o seu roteiro na Suíça! Conforme for respondendo as perguntas no item 2, você conseguirá definir melhor as cidades para o seu roteiro baseado nas atividades e lugares que pretende visitar.

Ah! Nunca se esqueça de contratar um Seguro de Viagem /Assistência Médica para a sua viagem à Suíça. Recomendo a Seguros Promo, um comparador de preços entre as melhores seguradoras onde você pode faz sua pesquisa e garante o melhor custo benefício.

Tenha uma boa viagem para a Suíça e se tiver alguma dúvida comente aqui embaixo que eu respondo!

Espero que tenha gostado do artigo e que ele tenha sido útil no planejamento de sua viagem!

Monique Ribeiro

travel-icon-183+ Dicas para planejar a sua viagem pela Suíça

   
  • Seguro de Viagem - Nunca se esqueça de contratar um Seguro de Viagem/Assistência Médica para a sua viagem pela Suíça! Algo que possui um custo baixo e pode evitar diversos problemas que poderiam causar stress à sua viagem. Recomendamos a Seguros Promo, um comparador de preços para você fazer a sua pesquisa e encontrar o melhor seguro de viagem de acordo com as suas necessidades ao melhor custo benefício. Cote os valores e garanta 5% de desconto usando o código do blog: MEJOGUEINOMUNDO5
 
  • Swiss Travel Pass: A melhor opção para explorar a Suíça utilizando toda a rede de transportes, o que inclui trem, ônibus e barcos em viagens ilimitadas mais gratuidade em rotas de trem panorâmicas pelo país e descontos em passeios aos Alpes e entradas em museus. Escolha o seu Swisspass aqui.
 
  • Global Pass: Caso seu roteiro inclua mais países pela Europa, talvez o Globalpass seja a melhor opção para você viajar de trem pela Europa. Informações e venda aqui.
 
  • Aluguel de carro na Suíça e Europa: Para quem quer ter a liberdade de explorar a Suíça e outros países da Europa que ficam na fronteira, o aluguel de carro é uma excelente opção! Recomendamos o site RentalCars, que é um buscador que mostra diversas locadoras de carros e os melhores preços.
 
  • Excursões e passeios pela Suíça com excelente custo benefício: Recomendamos a GetyourGuide. que é uma empresa líder mundialmente na venda de excursões e tickets para atrações em diversos países.  Mais de 100 opções de passeios pela Suíça feitos por agências locais como transfers de/para aeroportos nas principais cidades suíças e excursões aos Alpes, muitas vezes com preços mais baratos até mesmo do que comprando diretamente no guichê.
 
  • Pesquisa e reserva de hotéis: utilize o Booking.com, uma plataforma de busca e reserva de hotéis reconhecida mundialmente. Sempre pesquiso e acabo reservando hospedagem por lá por vários motivos, entre elesa possibilidade de muitas vezes reservar sem o cartão de crédito ou optar por pagar apenas na chegada e também é possível ler as avaliações de outros hóspedes. Veja aqui, por exemplo uma relação das hospedagens mais recomendadas nas principais cidades suíças:
   

Mais posts sobre a Suíça para te inspirar

Planejamento de Viagem à Suíça

Transporte na Suíça

Suíça nas diferentes estações

Principais cidades

Principais passeios em montanha

Lagos na Suíça

Vilas Suíças e dicas de passeios

Este post contém links de afiliados o que permite que um percentual de comissão seja repassado ao Blog em caso de reservas realizadas por aqui mas você leitor não paga nada a mais por isso e ainda contribui para manter o blog ativo e atualizado. Em caso de dúvidas consulte nossa Política de Publicidade. 

You Might Also Like

22 Comments

  • Reply Como é o passeio a Jungfraujoch, Top of Europe | Me joguei no Mundo 13 de abril de 2018 at 4:35 PM

    […] Dicas para montar o seu roteiro de viagem à Suíça […]

  • Reply Weggis e Vitznau na Lucerne Riviera | Me joguei no Mundo 5 de abril de 2018 at 9:14 PM

    […] De fato, a Lucerne Riviera é um destino muito frequentado pelos próprios suíços devido ao clima privilegiado com muitos dias ensolarados e por todas as opcões de lazer e relaxamento oferecidas, mas também é uma região turística pois engloba atracões como a Montanha Rigi. Descubra nesse post mais sobre Weggis e Vitznau e inclua esses destinos em seu roteiro de viagem pela Suíça. […]

  • Reply Livia 3 de abril de 2018 at 1:30 PM

    Oi Monique, primeiro de tudo queria dizer que estou amando o seu blog e devorando as dicas, já to até te seguindo no insta tb! hahah
    Queria sua opinião sobre o roteiro que montei com as suas dicas para passar 7 dias na Suíça com minha mãe e duas tias, elas tem na faixa de 60, então não quero nada muito aventureiro. Vamos comprar o Swiss Pass de 8 dias, então pensei em não mudar muito de cidade, priorizando os bate-voltas. As passagens de avião de ida e volta estão compradas e os hotéis reservados, então as datas não são flexíveis.

    Dia 1 – chegada em Zurique pela manhã, passeio pela cidade e pernoite.
    Dia 2 – Zurique-Lucerna. Passeio por Lucerna e pernoite.
    Dia 3 – Lucerna. Passeio a montanha Rigi e Weggis, incluindo o passeio pela lago Lucerna. Pernoite em Lucerna.
    Dia 4 – Lucerna-Berna. Passeio por Berna e pernoite. Será que vale a pena ir rapidinho a Thun?
    Dia 5 – Bate e volta a Interlaken. Pensei em subirmos a montanha Shilthorn, passear por Lauterbrunnen e fazer algum passeio de lago em Interlaken, será que dá tempo? Pernoite será em Berna.
    Dia 6 – Bate e volta a Lausanne e Montreaux. Será que dá tempo ir a Gruyeres também? Pensei também que poderíamos pegar o trem de Berna até Zweisimmen e lá o Golden Pass até Montreaux, mas não sei se os horários bateriam. Pernoite em Berna.
    Dia 7 – Berna-Genebra. Passeio pela cidade e pernoite.
    Dia 8 – Genebra-Paris

    Você acha que ficou coerente? Teria alguma sugestão para nos dar? Ficaria muito grata! 🙂 Obrigada! Bjos!
    Lívia

    • Reply Livia 3 de abril de 2018 at 1:33 PM

      Esqueci de dizer que nossa viagem será de 7 a 14 de maio de 2018. Espero já pegar um climinha de primavera!! 🙂

      • Reply Monique Bianchi 4 de abril de 2018 at 7:04 PM

        Opa que bacana, certeza que o tempo estará lindo nessa época. Abracos

    • Reply Monique Bianchi 4 de abril de 2018 at 7:03 PM

      Oi Livia, tudo bem? Fico feliz que o blog esteja sendo útil no planejamento de sua viagem. Vamos lá, tenho algumas observacoes em relacao ao roteiro:
      Dia4 – Sim, recomendo conhecer a cidade de Thun, que é incrivel e linda, com vários castelos.
      Dia 5 – Se voces comecarem o passeio pelo lago de Thun de manha, dá tempo sim de ir até Lauterbrunen saindo de Interlaken, mas acho que fica muito corrido subir na Schilthorn também. O que daria para combinar com Lauterbrunnen é a vila de Wengen, que da pra ir de trem ou pegar um bondinho e ir pra linda vilinha de Gimmelwald.
      Dia6. Saindo de Berna, da para ir a Montreux e de la pegar um barco que leve ate Lausanne e dependendo da hora, de la ir pra Gruyeres. Mas acho corrido.

      Fora isso, acho que tá bem legal o roteiro, um pouquinho de tudo e paisagens inesquecíveis com certeza.
      Boa viagem e um abraco

      • Reply Livia 5 de abril de 2018 at 8:56 PM

        Hallo Monique, muito obrigada pela resposta tão rápida e atenciosa!
        Sem querer abusar, mas deixa eu fazer mais umas perguntinhas.

        Dia 5 – Desconfiei que ficaria muito corrido. Pensei então trocar o passeio em Interlaken e lago Thun pelo passeio a Shilthorn. Quando chegarmos em Interlaken, já podemos ir direto pra Shilthorn, na descida passar em Lauterbrunnen pra ver a vila e de cachoeira apenas Staubbach e seguir de volta para Interlaken. Se ainda tivermos tempo, faríamos um passeio pela cidade antes de pegar o trem de volta para Berna, se não pularíamos. Vamos estar com o Swiss Pass, então acredito valer a pena subir a Shiltorn mesmo que não façamos tantas atividades como as trilhas, pq quando de novo eu vou subir nos Alpes Suíços, não é mesmo? hahah E de lago já faremos em Lucerna de qualquer maneira.
        Qual sua opinião nessa troca, faremos uma boa escolha?

        Dia 6 – Se for pra escolher, você recomenda Lausanne ou Gruyeres? Realmente acredito que vai ficar muito corrido, então poderíamos trocar Lausanne e fazer Montreaux+Gruyeres.

        Mais uma vez, agradeço demais sua ajuda!

        Um beijo!

        • Reply Monique Bianchi 6 de abril de 2018 at 3:32 PM

          Oi Livia, acho legal, a montanha Schilthorn é realmente muito bacana. Com o SwissPass vocês podem ir de graça até Mürren e de la até o topo possuem 50% de desconto.

          Gruyeres com certeza mas passe por Montreux, a cidade é demais!

          Abraços e boa viagem

          • Livia 9 de abril de 2018 at 4:45 PM

            Obrigada Monique! Estou mesmo ansiosa para conhecer Montreux!

            Ah, li no Eu ando pelo mundo, que a partir de 2018 a montanha Shilthorn está 100% inclusa no Swiss Pass.
            https://www.euandopelomundo.com/blog/guia-montanha-schilthorn/

            Abraços!

          • Monique Bianchi 10 de abril de 2018 at 1:24 PM

            Legal Livia, sô confirma diretamente na bilheteria porque no site oficial da Schilthorn essa é a info: Generalabonnement, Swiss Travel Pass*, Swiss Travel Pass Flex*

            Unlimited travel until Mürren. On all other routes of the Schilthorn Cableway Ltd.
            reduction of 50% on regular tickets.

            Abraços

          • Livia 10 de abril de 2018 at 10:05 PM

            Oi Monique, entendo um pouquinho apenas de alemão, mas acho que nesse link do site oficial da Shilthorn confirma a informação. Correto?
            https://schilthorn.ch/cmsfiles/tarife_schilthorn_2018_deutsch.pdf

            “Ab dem 1. Januar 2018 ist der Swiss Travel Pass auf der gesamten Strecke Stechelberg – Mürren –
            Schilthorn gültig.”

          • Monique Bianchi 11 de abril de 2018 at 7:34 AM

            Oi Livia, parece que sim. Talvez eles tenham esquecido de atualizar o site todo com a nova informação. Abs

  • Reply Visita à Fábrica de chocolates Cailler na Suíça | Me joguei no Mundo 23 de março de 2018 at 9:32 AM

    […] tem como planejar um roteiro de viagem à Suíça sem pensar em chocolate, não é […]

  • Reply Curiosidades da Suíça: dicas para quem quer conhecer mais sobre o país | Me joguei no Mundo 21 de setembro de 2017 at 11:28 AM

    […] Leia também esse post com Dicas para planejar um roteiro de viagem à Suíça […]

  • Reply Dagmilson 11 de julho de 2017 at 9:38 AM

    Olá monique,
    Tenho um dúvida sobre como usar o Golden Pass Line.
    Eu desjo fazer só o trajeto Montreux Zweismman, com o Swiss Pass, e descer em algumas cidades do percurso, bastando para isso ficar de olho nos horarios. Minha intencao seria reservar o assento Vip, mas si que vem a duvida, esta reserva serviria para usar novamente ao embarcar novamente para seguir viagem ao meu destino final? ,ou tenho que reservar para cada trecho? Ou seria melhor entao nao reservar nenhum assento? E posso viajar no Golden Pass Line, sem reservar assento?
    Obrigado
    Dagmilson

    • Reply Monique Bianchi 11 de julho de 2017 at 12:08 PM

      Oi Dagmilson tudo bem, sim no Goldenpass vc nao precisa reservar assento, nao é obrigatório, mas é recomendado se tiver em grupo por exemplo ou se quiser ir naquele assento VIP na parte frontal do trem. Aí sim, vc precisa reservar aqui: http://www.goldenpassline.ch/en/reservation-procedure-for-the-goldenpass-line/. O assento reservado é de acordo com o trem, entao imagino que se vc fizer paradas e pegar outro trem, perde o direito ao assento, é o que faz sentido. Eu acho que nesse caso, eu nao reservaria assento nao. As janelas laterais sao grandes eda para curtir o passeio assim mesmo. Um abraço

  • Reply Dagmilson 29 de junho de 2017 at 8:14 PM

    Respondendo as perguntas:
    Qual o seu budget disponível?
    Meu orcamento nao é engessado
    Quantos dias disponíveis possui?
    13 dias
    Qual o objetivo da viagem? Lua de mel, viagem em família, viagem-solo
    Viagem de um casal de aposentados.
    Prefere focar nas grandes cidades ou vilas nos Alpes?
    Algumas cidades e tb algumas volas nos Alpes
    Gosta de viajar devagar ou prefere ver o máximo possível?
    Gostamos de uma viagem devagar, mas sem perda de tempo
    Quer ter uma visão geral de todas as regiões suíças ( alemã, italiana e francesa) ou prefere escolher apenas uma ou duas regiões e explorar mais a fundo?
    Mais a francesa, mas umas pequena parte da Alemã, proxima da francesa
    Quer praticar esportes como mountain bike?
    Nao

    • Reply Monique Bianchi 30 de junho de 2017 at 8:05 AM

      Oi Dagmilson tudo bem? Vi que vc respondeu as perguntas aqui mas eu nao trabalho com roteiros personalizados. Esse artigo sao dicas de perguntas que cada pessoa deve responder a si mesmo para montar de forma independente um roteiro de viagem à Suíça. Claro que o blog tb pode servir de inspiraçao. Abraços

  • Reply Verão na Suíça: 13 dicas de passeios e lugares | Me joguei no Mundo 25 de junho de 2017 at 10:52 AM

    […] Dicas para montar o seu roteiro pela Suíça […]

  • Reply Lavaux, a região vinícola patrimônio da UNESCO na Suíça | Me joguei no Mundo 22 de junho de 2017 at 11:11 AM

    […] Dicas para montar o seu roteiro de viagem na Suíça […]

  • Reply Harderkulm, uma das melhores vistas de Interlaken | Me joguei no Mundo 12 de junho de 2017 at 5:20 AM

    […] Dicas para você montar o seu roteiro de viagem à Suíça […]

  • Reply Monte Pilatus: conheça a montanha símbolo de Lucerne | Me joguei no Mundo 30 de maio de 2017 at 6:36 PM

    […] Dica para montar o seu roteiro de viagem à Suíça […]

  • Leave a Reply