Dicas de Lucerne, uma das cidades suíças mais lindas

dicas roteiro lucerna

Saiba porque Lucerne precisa estar em seu roteiro de viagem pela Suíça

Lucerne ou Lucerna é uma das cidades mais famosas na Suíça e uma das que são mais divulgadas mundo afora. Certamente você já deve ter visto uma foto de Lucerne e se encantado com essa cidade que frequentemente é descrita como uma das mais lindas da Suíça! De fato, o cenário montanhoso, o lindo lago e o rio que cortam a cidade além do charme da arquitetura suíça medieval tornam a cidade especial!

Além de ser uma cidade belíssima, Lucerne é praticamente o que quase todo turista imagina de uma cidade suíça: rodeada pelos Alpes, com construções centenárias e de estilo medieval, possui um lago incrível e de água potável e muitas opções de turismo pela região.

Veja aqui 25 Fotos da cidade de Lucerne para te convencer a conhecê-la!


Não se esqueça de adquirir um Seguro de Viagem/Assistência de Viagem! Algo que possui um baixo investimento e pode evitar diversos problemas que poderiam causar stress à sua viagem. Recomendamos fazer a cotação no comparador de preços da Seguros Promo que trabalha somente com as melhores seguradoras e oferece diversos descontos. Parcele em até 12x e garanta mais 5% de desconto usando o código do blog: MEJOGUEINOMUNDO5

Na minha opinião, Lucerne é uma cidade que não pode passar batido em seu roteiro de viagem pela Suíça e são vários os motivos para visitá-la além de sua beleza. Como ela fica situada na Suíça central, torna-se uma excelente base para explorar outras regiões e fazer passeios pelos Alpes suíços.

Um dos símbolos e principal ponto turístico de Lucerne é a famosa ponte de madeira Kapellbrücke, acompanhada de uma torre de água em formato octagonal. A Kapelbrücke é um dos pontos turísticos mais fotografado da Suíça, competindo diretamente com a montanha Matterhorn em Zermatt. Ou seja, Lucerne realmente é um lugar para ser visitado!

dicas lucerne suiça

lucerne vista panoramica

Vista panorâmica da cidade de Lucerne


Para a cotação e reserva de Hotéis aos melhores preços recomendamos a Booking.com. Leia as reviews de outros hóspedes e pague a sua estadia apenas quando chegar ao hotel.

Alugar um carro na Suíça é uma boa ideia. Recomendamos usar a RentalCars para pesquisar e efetuar a reserva de um carro no país. Você pode comparar os preços entre as melhores locadoras e economizar.

 

Um pouco sobre Lucerne

Apesar de ser uma cidade relativamente pequena que oferece o charme medieval de pequena vila, Lucerne é uma cidade vibrante, cheia de turistas praticamente 365 dias por ano e que oferece uma ampla diversidade de serviços e atrações para todos os gostos, entre elas excursões pelos Alpes, hotéis de luxo, excelentes restaurantes, museus, cruzeiros pelo lago e diversos eventos ao ar livre como festivais de música.  

Veja todas as opções de excursões para explorar a região de Lucerne

O alemão é  a língua falada na cidade de Lucerne, um dos idiomas oficiais da Suíça. Leia mais sobre isso aqui.

Além da Ponte da Capela, outro ponto arquitetônico que chama a atenção na cidade é uma antiga muralha do século XIV e suas torres usadas anteriormente para defesa da cidade. Veja aqui como é o passeio. (gratuito e que pode ser feito a pé saindo da estação de trem principal)Lucerne muralhas

A cidade de Lucerne é muito fotogênica e encanta os turistas! Escrevi um post contando sobre 6 excelentes lugares para ter uma vista panorâmica de Lucerne! Não deixe de ler e se inspirar!

Já vi a cidade em todas as épocas, do inverno ao a primavera e , inclusive, escrevi um post dizendo 5 motivos pelos quais considero uma boa ideia viajar para a Suíça durante esse período do ano, mas admito que durante o inverno a cidade fica incrivelmente linda também com uma paisagem totalmente diferente com a neve cobrindo os telhados e paisagens.

Descubra algumas dicas para economizar em uma viagem à Suíça! Sim, é possível! Leia mais clicando aqui.

lucerne no inverno dicas

Visitar Lucerne em um dia ou se hospedar por lá?

A cidade de Lucerne pode ser visitada em apenas um dia, em um bate e volta partindo de Zurique, por exemplo, mas como a região possui diversas possibilidades turísticas, como a visita às montanhas Pilatus, TitlisRigi, por exemplo, normalmente muitos turistas optam por montar base por lá, o que é uma excelente ideia e dificilmente alguém irá se arrepender.

Veja todas as opções de excursões para explorar a região de Lucerne

Lucerne como base turística na Suíça alemã

Além de ser uma cidade linda, Lucerne também atrai muitos turistas pela sua localização estratégica, na Suíça Central, servindo de porta de entrada para diversos outros pontos turísticos do país. A cidade é uma excelente escolha de base para fazer o seu roteiro pelo país seja de trem ou de carro.

Leia aqui um comparativo entre alugar carro ou adquirir o swisspass para explorar a Suiça e decida qual a melhor opção para você.

A partir de Lucerne é possível chegar em 20 minutos a Zurique, por exemplo e as cidades de Berna e Interlaken ficam a cerca 1h30 de distância, além de que a parte italiana e francesa podem ser alcançadas em cerca de 2 horas.

roteiro lucerne suiçA

Para quem tem pouco tempo se hospedar na cidade de Lucerne é uma boa ideia, partindo para viagens bate e volta de um dia para outras cidades na Suíça alemã. Inclusive, se o seu roteiro estiver apertado e você quer ter a experiência de subir aos Alpes suíços na região de Interlaken, recomendo uma excursão que sai de Lucerne e leva até a Jungfraujoch, considerada o topo da Europa, conforme contei nesse post. O passeio começa com um trajeto de ônibus saindo de Lucerne no início do dia e retorna ao final dele. Vale muito à pena!

Se você escolher a cidade de Lucerne como sua base na Suíça alemã, não deixe de separar ao menos 1 dia ( o que é muito pouco) para explorar as belezas e possibilidades turísticas dessa cidade. Por exemplo o Lago Lucerne que na verdade se chama Vierwaldstätersee é bem grande e fazer um cruzeiro panorâmico por ele é um dos passeios turísticos mais populares, como cito mais a frente nesse post.

Adquira o seu Swisspass e explore ao máximo toda a Suíça! Saiba mais aqui!

Veja aqui algumas dicas de hotéis em Lucerne: Hotéis bem recomendados em Lucerne

Alugar um carro para explorar a região de Lucerne

Alugar um carro na região de Lucerne é uma excelente escolha e algo que a maioria dos turistas faz pois é possível conhecer muitos lugares e aproveitar ao máximo as opções de passeios.Essa escolha pode sair bem econômica (dependendo de quantas pessoas viajam juntas e quantas cidades deseja conhecer) e permite aumentar o leque de cidades a se conhecer em menos tempo.Veja aqui 6 Motivos para viajar de carro pelo país e leia também todas as dicas para dirigir pela Suíça.

Adquirir o Swisspass

Outra opção super recomendada para quem não gosta de dirigir ou não pensa em alugar um carro é adquirir o bilhete Swisspass que dá direito a utilizar toda a rede de transporte público da Suíça, incluindo os cruzeiros de barco, além de permitir gratuidade em museus e descontos em diversos passeios pelas montanhas. Com certeza é muito mais econômico adquirir este bilhete do que comprar diversos tickets de trem e ônibus separadamente. Leia mais sobre como o Swisspass funciona aqui e pesquise valores e adquira o seu Swisspass online com a RailEurope (site traduzido para português)

Adquira seus bilhetes de trem pela Europa com a RailEurope

Inclusive, uma das maiores vantagens desse ticket é que ele dá gratuidade também nos passeios de trem panorâmicos pela Suíça e um deles é o Goldenpass que sai de Lucerne e vai em direção a Montreux, na Suíça francesa. Leia aqui meu relato sobre esse passeio. O percurso passa por Interlaken e é um dos mais lindos com incríveis paisagens. Esse é um passeio que recomendo!

 

ponte lucerne turismo

 

Pontos turísticos da cidade de Lucerne 

A maior parte das atrações de Lucerne se localizam em seu centro histórico que é imperdível e destaco abaixo os principais pontos  que podem ser visitados com calma em cerca de meio dia, possibilitando assim um bate e volta na cidade caso esteja com um roteiro apertado e hospedado em Zurique, por exemplo. Todos esses passeios são gratuitos e é possível fazê-los a pé mas se você deseja uma imersão maior pela história do local pode contratar um tour com guia. Veja abaixo.

Excursão a pé pela cidade de Lucerne .Excursao (privada) com guia pela cidade de Lucerne

Veja algumas ideias do que fazer em Lucerne caminhando e de graça:

Ideia de roteiro em Lucerne ( para fazer caminhando em 1 dia)

Cidade antiga

O centro histórico de Lucerne é pequeno e fica bem próximo da estação principal de trem. Sendo assim, saindo de lá você já dá praticamente de cara com o ponto turístico mais importante e lindo da cidade:

A Ponte da Capela (Kappelbrücke)

É considerada a mais antiga ponte de madeira coberta da Europa .Essa incrível ponte foi construída no século XIV e recebeu esse nome devido à Capela de Saint Peter, localizada nas proximidades. Ao andar pela ponte, que corta o rio Reuss diagonalmente, repare nas pinturas no topo, ilustrações de cenas da historia local suíça, e algumas relacionadas aos santos patronos da cidade: Saint Leodegar e Saint Maurice. Essas pinturas foram adicionadas no século XVII e em determinada parte da ponte elas estão ausentes devido a um incêndio que aconteceu há muito tempo e quase destruiu este lindo monumento.

ponte da capela pontos turisticos lucerne

ponte da capela lucerne

pontos turísticos lucerne suiçA

Paisagem vista de dentro da ponte de madeira Kappelbrücke

A Torre de água Octagonal

impossível não reparar na torre ao lado da ponte. De formato octagonal e com 34 metros de altura  foi construída em 1300 e teve diversas utilizações entre elas câmera de tortura e prisão. Junto à ponte da Capela é o ponto turístico mais fotografado da cidade e pode ser visto de vários lugares! Mas não existe a possibilidade de entrar lá. Confesso que sou fissurada em tirar fotos dessa paisagem, já devo ter mais de 100 do mesmo lugar,rs! pontos turísticos suíça

Atravessando a ponte da capela você sai praticamente em frente ao próximo ponto turístico da cidade:

Igreja jesuíta

Foi construída em 1666 pelo Padre Christoph Vogler para os jesuítas e também foi a primeira grande Igreja Barroca da Suíça. Não deixe de entrar nessa Igreja! O interior é lindíssimo!

dicas lucerne

Partindo da Igreja você pode enxergar uma outra ponte de madeira mais a frente:

A Ponte Spreuer

Paralela à Ponte da Capela esta é outra ponte de madeira que foi construída em  1408 . Entre 1626 e 1635, pinturas que representam a “Dança da Morte” foram adicionadas à ponte. Atravesse a ponte e saia do outro lado do centro histórico. A partir dali fique atento a diversos edifícios que possuem em sua fachada desenhos pintados.

roteiro lucerne suiça

Na foto a ponte Spreuer e a algumas das torres medievais sobre a cidade

o que fazer em lucerne

Afrescos

Ao andar pelo centro antigo de Lucerne, você vai perceber que algumas ruas são apenas para pedestres e levam sempre a uma praça. Você irá se deparar com muitas construções históricas, entre elas alguns prédios decorados com afrescos, aparentemente uma moda da época, que também pode ser vista por outros países como França e Alemanha.

predios históricos lucerne

Continue andando por lá até chegar a uma praça principal chamada de Rathaus onde se localiza a torre abaixo

Ein von Monique Bianchi Ribeiro (@moniquebianchir) gepostetes Foto am

Se estiver disposto a partir dessa praça Rathaus você pode pegar o caminho até a muralha e torres que rodeiam a cidade. Vale muito à pena para ter a melhor vista panorâmica de Lucerne!

A Muralha e as Torres Musegg

A muralha medieval construída em Lucerne em 1386 está praticamente intacta e há 3 torres abertas ao público. Em uma delas chamada de Zyt està localizado o relógio mais antigo da cidade, construído em 1535 por Hans Luter, que badala a cada hora, um minuto antes de todos os outros relógios da cidade. Do alto da muralha e das torres se tem uma vista incrível da cidade. Imperdível! Veja aqui o post contando sobre a visita.

Depois de visitar a muralha e torres de Lucerne se dirija até um outro famoso monumento, um leão esculpido em rocha.

O Monumento do leão

Também é um dos mais famosos pontos turísticos da cidade e trata-se de uma figura de leão esculpida na rocha, em memória aos mercenários suíços que morreram em 1792 durante a revolução Francesa. A escultura mostra um leão mortalmente ferido e expressa a dor da morte.

monumento leao lucerne

 

Por último, bem próximo ao Monumento do leão você pode visitar uma das igrejas símbolo da cidade e depois dar um passeio pelo borda do lago Vierwaldstätersee!

Igreja Hof

Na minha opinião a igreja mais bonita da cidade é também a principal. Em 1633 foi destruída por um incêndio e  foi reconstruída em 1645. É a Igreja Renascentista mais importante da Suíça. igreja hof lucerne

Além desses pontos, há alguns outros não tão famosos como o Centro de Cultura e convenções KKL, uma construção futurista e um dos pontos arquitetônicos de destaque na cidade, onde concertos são apresentados entre outras atividades culturais.

Veja todas as opções de excursões para explorar a região de Lucerne

Museus em Lucerne e o lado cultural

  • Museu suíço de Transporte com mais de 3000 itens em exibição: um passeio pela historia do transporte! ( muito interessante!)
  • Museu Rosengart com uma grande coleção de Picasso, PaulKlee e outros 21 importantes artistas dos séculos 19 e 20.
  • Museu Richard Wagner – o famoso compositor viveu em Lucerne de 1866 to 1872, em uma mansão em frente ao Lago Lucerne, em Tribschen. O museu que foi sua antiga residência abriga uma coleção de mobília e objetos do compositor. O local é muito agradável para caminhadas, possui um café ao ar livre e também excelentes vistas do monte Pilatus e do Lago Lucerne. Quando for visitar Lucerne, principalmente se for durante o verão, fique atento à programação de festivais que incluem shows, barracas de comida e bebida.

A vida cultural de Lucerne geralmente é bem intensa e sempre há algo para ver ou curtir a cidade.

O Lago Lucerne e opções turísticas

lago lucerne

O  nome oficial é  Vierwaldstättersee, mas você pode chamá-lo simplesmente de Lago Lucerne. Este lago da cidade é uma atração turística à parte.  Sendo o quarto maior lago da Suíça, há várias formas de explorá-lo. Acredito que uma das mais famosas seja através de um dos cruzeiros que atravessam o lago. As opções são inúmeras. Um dos passeios mais famosos é fazer o passeio que vai até a montanha Rigi passando por Weggis e Vitznau, no outro lado do lago e que é rodeado de lindas vilas e paisagens.  Inclusive, a região de Weggis ficou famosa por receber a seleção brasileira para treinos na copa de 2006. Existe até uma rotatória batizada de Brasil na região.

.Reserve e compre aqui seu cruzeiro panorâmico pelo Lago Lucerne ( temos parceria com a Viator e agências de turismo locais da Suiça , pode confiar!)

É possível conhecer essas charmosas cidades também de carro e o passeio realmente compensa!

Dúvidas quanto a alugar um carro na Suíça? Leia mais aqui.

Se você tem o Swisspass todos os cruzeiros pelo lago da cidade estão inclusos e você não precisa pagar nada! Hà também um passeio panorâmico de 3h que vai em direção a Ticino e inclui também um passeio de trem passando pela montanha Gotthard.

Outra ideia caso você não tenha tempo é caminhar pelas bordas do lago na cidade, que é como um grande parque rodeado de incríveis hotéis e área verde, onde se vê muitas pessoas caminhando ou correndo e no verão, aproveitando o sol e até arriscando um mergulho nas águas do lago em um dos Lidos ( uma parte do lago onde é permitido nadar e se paga uma pequena taxa de entrada).

Na parte do lago próxima à estação principal de trem há alguns cafés como o World Café dentro do Centro KKL que é uma boa para fazer uma pausa, e curtir a vista do lago!

As Montanhas de Lucerne

Outro ponto que merece destaque na cidade de Lucerne são as montanhas, os famosos Alpes Suíços que a rodeiam. A Pilatus é uma das mais famosas e pode ser visitada através de um cable car ou  trem de cremalheira que possui a estrada de ferro mais íngreme do mundo! Veja abaixo algumas opções:

Para quem gosta de caminhar, existe a possibilidade de descer em uma estação intermediária com o bondinho e ir caminhando até o topo, ou fazer a descida a pé. Mas programe-se, essa caminhada exige tempo!

monte pilatus lucerne Luzern

Outra montanhas que merecem ser visitadas são: a Rigi, chamada de Rainha das Montanhas, também através de bondinho que sai de Vitznau.

Para quem quer ir mais alto recomendo o Monte Titlis que é um famoso resort de inverno e esqui e possui neve o ano todo.

Stanserhorn é um passeio muito interessante já que possui um dos primeiros bondinhos  do mundo com uma parte superior aberta.

Compre seu passeio com antecedência e economize!

Onde se hospedar em Lucerne

A região de Lucerne oferece diversos tipos de hospedagem , de hotéis de luxo que proporcionam uma vista incrível dos Alpes e do lago, a hostels e pensões econômicas.



Booking.com

Você não precisa se limitar ao centro da cidade pois pode escolher também outros hotéis ao redor do lago de Lucerne, na região de Weggis, Vitznau e Brünnen, por exemplo, que oferecem uma vista incrível. Na região de Vitznau, por exemplo se destaca o Park Hotel Vitznau, um hotel de luxo bastante procurado para casais em lua de mel na Suíça.

Outro hotel que costuma ser bem famoso e disputado é o Villa Honneg, localizado em Bürgenstock, no alto de uma montanha e o carro chefe é essa vista:

hotel vila honegg suiça lucerne

Foto: site oficial Vila Honegg

Se você prefere ficar bem próximo ao centro da cidade e da estação principal de trem os hotéis mais recomendados são: MonopolGrand Hotel National Luzern, Schweizerhof Luzern e Hotel dês Balances.

Outros dois hotéis que proporcionam uma vista incrível sobre o centro antigo da cidade são: Hotel Art Deco Montana e o Chateau Gutsch, lugares que inclusive mencionei num post onde dou dicas de melhores locais para observar a cidade do alto.

Quanto aos hotéis de rede mais econômicos, é possível encontrar hotéis da rede Ibis como Ibis Luzern e Ibis Budget e demais outros. Sugiro pesquisar no Booking.com e se atentar à nota recebida e as recomendações dos hóspedes anteriores.

Realmente os preços de hotel na cidade de Lucerne são bem altos comparando com outras cidades europeias, mas uma outra dica além de reservar o seu hotel antecipadamente é também optar por um hotel, hostel ou pensão em um local um pouco afastado do centro. Essa dica é especialmente útil para quem está de carro, mas não se torna um impeditivo se você estiver a fim de utilizar o transporte público da cidade que como todos sabem funciona muito bem. Algumas regiões que sugiro são: Emmenbrücke,Rothenburg e Ebikon.

A cidade de Lucerne realmente é muito disputada e os  hotéis mais econômicos acabam esgotando rapidamente.

Dicas úteis

  • Para saber onde nadar em Lucerne em dias de calor clique aqui.
  • Se você procura hotéis que oferecem serviços de spa, há dois pela região de Lucerne que são bem recomendados: Hotel Rigi Kaltbad e Hotel Waldegg em Engelberg, ambos com um vista sensacional dos Alpes e piscina indolor ou outdoor.
  • Acompanhe o calendário atual de eventos na cidade aqui.

Espero que esse post tenha sido útil e tenha te inspirado a conhecer a linda cidade de Lucerne!

travel-icon-183+ Dicas para planejar a sua viagem pela Suíça

  
  • Seguro de Viagem - Nunca se esqueça de contratar um Seguro de Viagem/Assistência Médica para a sua viagem pela Suíça! Algo que possui um custo baixo e pode evitar diversos problemas que poderiam causar stress à sua viagem. Recomendamos a Seguros Promo, um comparador de preços para você fazer a sua pesquisa e encontrar o melhor seguro de viagem de acordo com as suas necessidades ao melhor custo benefício. Cote os valores e garanta 5% de desconto usando o código do blog: MEJOGUEINOMUNDO5
 
  • Swiss Travel Pass: A melhor opção para explorar a Suíça utilizando toda a rede de transportes, o que inclui trem, ônibus e barcos em viagens ilimitadas mais gratuidade em rotas de trem panorâmicas pelo país e descontos em passeios aos Alpes e entradas em museus. Escolha o seu Swisspass aqui.
 
  • Global Pass: Caso seu roteiro inclua mais países pela Europa, talvez o Globalpass seja a melhor opção para você viajar de trem pela Europa. Informações e venda aqui.
 
  • Aluguel de carro na Suíça e Europa: Para quem quer ter a liberdade de explorar a Suíça e outros países da Europa que ficam na fronteira, o aluguel de carro é uma excelente opção! Recomendamos o site RentalCars, que é um buscador que mostra diversas locadoras de carros e os melhores preços.
 
  • Excursões e passeios pela Suíça com excelente custo benefício: Testamos a Viator e recomendamos. É uma das principais companhias que vendem passeios mundialmente e eles possuem parceria com diversas agências de turismo na Suíça. Mais de 100 opções de passeios pela Suíça, transfers de/para aeroportos nas principais cidades suíças e excursões aos Alpes com preços mais baratos até mesmo do que comprando diretamente no guichê. Veja aqui todas as opções de passeios oferecidos.
 
  • Pesquisa e reserva de hotéis: utilize o Booking.com, uma plataforma de busca e reserva de hotéis reconhecida mundialmente. Sempre pesquiso e acabo reservando hospedagem por lá por vários motivos, entre elesa possibilidade de muitas vezes reservar sem o cartão de crédito ou optar por pagar apenas na chegada e também é possível ler as avaliações de outros hóspedes. Veja aqui, por exemplo uma relação das hospedagens mais recomendadas nas principais cidades suíças:
   

Mais posts sobre a Suíça para te inspirar

Planejamento de Viagem à Suíça

Transporte na Suíça

Suíça nas diferentes estações

Principais cidades

Principais passeios em montanha

Lagos na Suíça

Vilas Suíças e dicas de passeios

Este post contém links de afiliados o que permite que um percentual de comissão seja repassado ao Blog em caso de reservas realizadas por aqui mas você leitor não paga nada a mais por isso e ainda contribui para manter o blog ativo e atualizado. Em caso de dúvidas consulte nossa Política de Publicidade. 

You Might Also Like

48 Comments

  • Reply Hammetschwand - um elevador outdoor nos Alpes | Me joguei no Mundo 9 de outubro de 2017 at 6:21 PM

    […] O Hammetschwand é um elevador outdoor considerado o mais alto da Europa e fica localizado na Suíça, proximo à cidade de Lucerne. […]

  • Reply Alugar carro ou comprar o Swisspass em uma viagem à Suiça? | Me joguei no Mundo 27 de setembro de 2017 at 5:20 PM

    […] na suíça são meio complicadas para achar vagas para estacionar o carro e uma delas é a famosa Lucerne. Apesar de haver vários estacionamentos pela cidade, se você optar por ir em um final de semana […]

  • Reply Cavernas Beatus - Dica de passeio em Interlaken | Me joguei no Mundo 20 de setembro de 2017 at 11:18 AM

    […] . Lucerne – cerca de 1h de carro a 1h30 se for de trem ( dicas e roteiro em Lucerne clique aqui) […]

  • Reply 5 motivos para fazer uma viagem a Suíça no Verão e Primavera | Me joguei no Mundo 27 de agosto de 2017 at 3:47 PM

    […] primavera e a neve dá lugar à muitas flores e campos verdes. Alguns picos como o Monte Pilatus em Lucerne podem ser acessados via gôndolas ou […]

  • Reply Rheinfalls: as Cataratas do Reno na Suiça | Me joguei no Mundo 22 de junho de 2017 at 10:40 AM

    […] Dicas para explorar Lucerne […]

  • Reply Monte Pilatus: conheça a montanha símbolo de Lucerne | Me joguei no Mundo 30 de maio de 2017 at 6:26 PM

    […] Dicas sobre Lucerne e o que visitar pela cidade […]

  • Reply Como é o passeio a Jungfraujoch, Top of Europe | Me joguei no Mundo 21 de maio de 2017 at 4:57 PM

    […] maioria dos turistas que estão hospedados nas cidades de Lucerne ou Zurique e gostariam de fazer esse passeio até a Jungfraujoch não sabem que existe uma opção […]

  • Reply Rigi, passeio de barco e montanha em Lucerne | Me joguei no Mundo 21 de maio de 2017 at 11:26 AM

    […] Dicas para explorar Lucerne […]

  • Reply Victor Cardoso 1 de março de 2017 at 4:30 PM

    Oi Monique, tudo bem?
    Estarei na Suiça na segunda quinzena de Março e na parte inicial da minha viagem a minha base será em Zurique. Pretendo fazer um daytrip até Lucerna e minha ideia inicial era subir ao Monte Pilatus logo no início do dia (chegaria em Lucerna no trem que chega às 08h49 ou 09h07) e logo que acabar fazer esse “city tour” focado nas atrações principais do centro, mas excluindo os museus indicados e a subida ao topo das muralhas (só visitarei por fora mesmo já que elas estarão fechadas). Acha que dá tempo ou tá apertado? A área turística principal da cidade parece tão pequena…
    E tem outro dia no roteiro que ainda está em aberto, mas consideramos ir até o Monte Titlis a partir de Zurique (1h49 de trem) e quando acabar voltar para Lucerna, fazendo um dos passeios de barco.
    É viável isso nos dois dias? Ou to sendo otimista demais? rsrs…
    Obrigado e parabéns pelo Blog!

    • Reply Monique Bianchi 17 de março de 2017 at 12:21 PM

      Oi Victor, se você subir e descer da Pilatus via Kriens dá tempo sim de visitar o centrinho de Lucerne, mas sem aproveitar muito, meio na correria. Na verdade depende também do tempo que você passar na montanha que tb tem muitas atraçoes.
      A Titlis é bem legal mas nao combina com passeio de barco, fica mto apertado para um dia só. Recomendaria trocar pela montanha Rigi. Vc pode subir de trem e descer de bondinho e de la pegar um barco até Lucerne. Abraços

  • Reply Sabrina 12 de janeiro de 2017 at 5:00 PM

    Olá Monique!
    Esse teu blog foi um achado, estou pegando muitas dicas ótimas por aqui!
    Estarei em Lucerna com minha família de 16 a 19 de fevereiro e a minha dúvida é quanto ao cruzeiro no lago. É possível comprar na hora ou só com antecedência? Como vou com minha filha pequena e essa época o tempo pode ser instável, não quero correr o risco de comprar antes e perder o bilhete.
    Abraço e obrigada!

    • Reply Monique Bianchi 19 de janeiro de 2017 at 3:23 PM

      Oi Sabrina que bom, fico contente que o blog esteja sendo útil! Quanto ao bilhete para o passeio de barco, não precisa comprar com antecedência não, não há problemas em comprar na hora! Abraços!!

  • Reply Como conhecer a Suíça de forma econômica | Me joguei no Mundo 4 de dezembro de 2016 at 5:37 PM

    […] Dicas para explorar Lucerne […]

  • Reply Monica 25 de novembro de 2016 at 1:21 PM

    Olá Monique! Td bem? Me diz uma coisa, em novembro, qual é imperdível: Titlis ou Pilatus? Vou ter que encurtar em 1 dia a permanência em Lucerna (estão confirmados no meu roteiro: Jungfrauchoch, Golden Pass (Lucerne – Montreaux) e um dia livre para ficar em Lucerna. Ou de repente eu consigo fazer os dois em um único dia? (considerando que os dias são mais curtos nessa época do ano). Obrigada! Bjinhos PS AMOOOO SEU BLOG

    • Reply Monique Bianchi 27 de novembro de 2016 at 7:40 AM

      Oi Monica tudo bem? Poxa, as duas montanhas sao muito legais. A Pilatus tem a vantagem de ter duas formas de se chegar até o topo. Você pode subir de trem por exemplo ( o trem de cremalheira mais inclinado do mundo) e descer de cable car, ou o oposto. A Titlis, por outro lado tem o cable car rotatorio, se bem que é apenas no último trajeto até o topo, dura cerca de 5m e està sempre lotado. Acho que eu pessoalmente, escolheria a Pilatus que é a mais importante de Lucerne, o símbolo da regiao inclusive. Mas, se optar pela Titlis, também tem a vantagem de conhecer o vilarejo de Engelberg, de onde sai o cable car. O vilarejo é bem bonito apesar de pequeno e tem tab algumas atraçoes! Beijaaao e obrigada pelo elogio ao blog, fico muito feliz 🙂

  • Reply juliana Alves 24 de novembro de 2016 at 12:51 PM

    Oi Monique tudo bem?
    Estou indo para suiça em jun/17 e tenho 8 dias. Nestes dias, pensei em :
    3 em Montreux
    2 noites Interlaken ( precisa disso ou 1 noite é suficiente? Seria para passeio mesmo não esquio nem faço esportes)
    3 Lucerna
    o que vc acha?

    • Reply Monique Bianchi 24 de novembro de 2016 at 8:19 PM

      Oi Juliana tudo bem? Achei legal o roteiro mas na verdade é bem relativo porque depende o que vc pretende fazer ver. No meu caso eu preferiria ficar mais twmpo em Interlaken que é a minha regiao favorita da Suíça e cheia de atrações e passeios. Acho que vale à pena pesquisar e de repente incluir Berna que é uma linda e interrssante cidade tb além de ser a capital do país! Espero ter ajudado. Bjs

  • Reply TALITHA Marion Mantovani 15 de novembro de 2016 at 11:08 AM

    Olá Monique, adoro seu site e dicas! É sem duvida meu favorito!!! Irei para a Suíça agora em Dez/Jan. Eu, meu marido e dois filhos 9 e 7 anos. Vamos passar o reveillon em Lucerna, no Des Balances, depois vamos para Berna, mas de 4 a 8 de jan estamos sem , pois dia 8 iremos para Sankt Anton esquiar. Estou apelando a vc pois estou muito sem saber pra o de ir nessas 4 noites. Nao sei se devemos ir a Lugano ou a Interlaken???! Será que pode me ajudar??? Vc acha que devemos fazer isso tudo de carro? Ou trem? Temo q as estradas estejam fechadas de neve… o q vc acha? Muito obrigada. Bjs Talitha

  • Reply Paulo Santos 5 de novembro de 2016 at 10:46 AM

    Monique
    Primeiramente, parabéns pelo seu Blog! Gostaria de te pedir um conselho. Tenho 5 noites para ficar na Suíça, com minha esposa e filha de 09 anos. Estava pretendendo ficar como base ,Lucerna e Interlaken. Qual seria a melhor configuração de pernoite em cada uma delas? Abs

    • Reply Monique Bianchi 18 de novembro de 2016 at 7:54 PM

      Oi Paulo desculpe a demora em.responder! Poxa depende muito da época e dos tipos de passeios que preferem fazer. Recomendaria passar mais dias em Interlaken poraue tem muitas opções de passeios pela região mas pelo menos 2.noites em Lucerne tb vale à pena! Abraços

  • Reply JANINE 12 de outubro de 2016 at 1:38 PM

    Boa tarde! Ficarei em Lucerna dois ou três dias(no verão) e gostaria de saber como poderia conciliar estes programas? O Monte Pilatus , o Monte Titlis , o Monte Rigi , city tour pela cidade e o passeio de barco pelo Lago de Lucerna? E no caso do passeio de barco qual passeio você recomenda? Alguns desses passeios às montanhas tem como fazer dois em um só dia?

    • Reply Monique Bianchi 12 de outubro de 2016 at 2:29 PM

      Oi Janine, minha dica é começar o dia fazendo o passeio de barco até Weggis ou Vitznau. De Weggis você pode pegar o bondinho até Rigi Kaltbad e depois o trem até Rigi Kulm. A volta é de trem até Vitznau e você ode pegar o barco novamente e voltar a Lucerne, com tempo para fazer um city tour. É meio complicado dizer se é possìvel fazer 2 passeios de montanha em 1 dia sò pq depende das atividades que você possui em mente. A Titlis, por exemplo, é um pouco mais afastada de Lucerne, 40m de trem e sò tem trem de hora em hora. Portanto se você for bem cedinho e pegar o primeiro trem, pode ser que termine o passeio até a hora do almoço e depois pegue o trem até Lucerne e o ônibus até Krienz de onde sai o bondinho até a Pilatus.Mas, particularmente acho muito cansativo para um dia só. Abraços e espero ter ajudado

  • Reply Breno Nobrega 2 de agosto de 2016 at 7:35 PM

    Olá Monique! Estou aqui devorando todas as suas excelentes dicas sobre a Suíça! Parabéns e muitissimo obrigado.
    Terei 6 dias em outubro (9/10 até 15/10) pra conhecer uma parte da Suíça. A ideia seria conhecer Lucerna, alguma cidade de montanha (interlaken?) e fazer uma viagem em um trem panorâmico (William Tell express), pois meu voo de volta sairá de Milão.
    Vc me recomendaria a montar base em Lucerna e Interlaken? Ou só Lucerna?

    • Reply Monique Bianchi 5 de agosto de 2016 at 4:03 PM

      Olà Breno, obrigada pelos elogios! Olha, jà que vc vai sair de Milao, talvez o passeio de trem panoramico Bernina Express seria tb uma excelente opçao pq ele vai até Tirano na Italia (cerca de 3h de Milao ou menos) e é incrìvel. Se vc tem 6 dias eu recomendaria dividi-los entre essas cidades Lucerne e Interlaken pq ha mta coisa para se ver. A cidade em si de Lucerne vc vê em meio dia, mas tem o passeio de barco pelo lago e passeios pelas montanhas como Rigi, Pilatus e Titlis além de estar relativamente perto de Zurique tb, q vc poderia conehcer em um bate e volta. Se hospedando em Interlaken vc pode conhecer a cidade em meio dia tb e pular para os passeios mais interessantes, como Jungfraujoch ou Grindelwald, Lauterbrunen, Wengen.Espero ter ajudado! Abraços

  • Reply Geú Henrique 29 de junho de 2016 at 4:32 PM

    Olá Monique, parabéns pelo blog, excelente qualidade. Sobre o passeio pelo lago de Lucerna ofertado pela Viator, você sabe dizer se o barco para em Weggis e se é possível descer em cada parada e pegar o próximo barco? E sobre os montes, qual você aconselharia, Pilatus, Rigi ou Titlis?! Desde já agradeço a atenção.

    • Reply Monique Bianchi 30 de junho de 2016 at 10:26 AM

      Oi Geù tudo bem? Normalmente sim, todos os barcos param em todas as paradas, mesmo que ninguém desça! Porém se for esse pasesio aqui que vc se refere, o barco nao pàra pq é um cruzeiro de paenas 1 hora. https://www.partner.viator.com/pt/16908/tours/Lucerna/Cruzeiro-Turistico-Panoramico-pelo-Lago-de-Lucerna/d576-6400SAPHIR
      Sobre as montanhas, é difìcil escolher mas a Rigi casa mto bem com o passeio de barco! Recomendo pegar o barco em Lucerne até Vitznau e de là pegar o trem até o topo da Rigi. Na volta, recomendo descer de bondinho porque a vista é inmpressionante e aì vc vai parar em Weggis e pode pegar o barco e retornar para Lucerne, ou de ônibus! Abraços

  • Reply Fernando N. Curty 16 de maio de 2016 at 5:15 PM

    Olá, Monique! Muito legal o seu blog! Parabéns!
    Na primavera do próximo ano planejo ficar, com minha família, uma semana na Alsácia (França) e uma semana na Suíça. Portanto, tenho pesquisado alguns roteiros e seu blog me ajudou a optar por umas 2 ou 3 noites em Lucerna. Porém, fiquei com uma dúvida. Gosto de ficar ao menos uma ou duas noites em cidades pequenas no interior, para aproveitar o sensacional clima interiorano europeu. Pois bem, pretendo conhecer Interlaken, Lauterbrunnen e Jungfrau. Você acha que seria interessante ou suficiente ficar 2 noite em Lucerna, 2 em Interlaken e 2 em Lauterbrunnen (para neste dia ir no Jungfrau)? Essa seria uma divisão adequada, tendo em vista as atrações de cada cidade? Teria alguma outra opção legal?
    Desde já. muito obrigado pela sua atenção.
    Atenciosamente,
    Fernando

    • Reply Monique Bianchi 18 de maio de 2016 at 9:06 AM

      Olà Fernando, tudo bem? Obrigada pelo elogio ao Blog! Olha, vale muito à pena se hospedar em Lucerna e em Interlaken. Lauterbrunnen é um vilarejo sensacional, mas muito pequeno. Você poderia conehcer em meio dia. De repente vale à pena usar um dos teus dias em Interlaken para fazer esse passeio e esticar pra Wengen ou Grindelwald ou Schilthorn. Daì eu te recomendo de repente se hospedar na cidade de Berna, a capital da Suìça, que é uma cidade linda! D elà você pode conhecer Thun e se der tempo nao perca o passeio de barco no lago de Thun! Espero ter ajudado de alguma forma. Abraços

  • Reply Dicas de Zurique: conheça a metrópole suíça | Me joguei no Mundo 16 de maio de 2016 at 1:06 PM

    […] Lucerne – Uma das cidades mais lindas da Suíça! Um dos pontos turísticos mais fotografados do país fica lá, a famosa ponte de madeira chamada Kappelbrücke. Leia aqui meus posts sobre Lucerne. Distância média em tempo de Zurique – 1 hora. […]

  • Reply Eud de Moraes 28 de março de 2016 at 10:02 PM

    Olá! Monique.

    O que eu deveria fazer para morar na suíça? É uma pergunta simples, mas que dá para entender o que alguém simples quer saber.
    Obrigado pela atenção.
    Abs.

    Eud de Moraes
    Fortaleza, Ceará.

    • Reply Monique Bianchi 29 de março de 2016 at 9:53 AM

      Sao varias as possibilidades, estudo, trabalho, turismo? rs. Depende do seu objetivo. 🙂

  • Reply Larissa 26 de março de 2016 at 11:05 AM

    Muito bom o seu blog!
    Obrigada por compartilhar suas experiências, que estão
    me ajudando muito para montar meu roteiro de viagem à Suíça!
    😉

    • Reply Monique Bianchi 29 de março de 2016 at 9:57 AM

      Que legal Larissa, fico felize espero que curta bastante a Suiça!

  • Reply RONALDO A LAMPRECHT 26 de fevereiro de 2016 at 12:34 PM

    Olá, minha querida.
    Gostaria de pedir sua ajuda. Tenho o dia 11 de abril livre, segunda, e estarei hospedado no Ibis Budget. Quero nesse dia conhecer Lucerna e mais algum monte (Rigi ou Pilatus). Qual vc indicaria? Dá pra fazer isso num único dia? Como faço pra sair do hotel e chegar no monte e vc tem idéia do custo que terei? Tenho 40 anos, muita disposição pra conhecer tudo e apenas um nível básico de inglês. Desculpe as muitas dúvidas… e desde já agradeço a atenção.

    • Reply Monique Bianchi 29 de fevereiro de 2016 at 3:47 PM

      Olà Ronaldo tudo bem? Entre a Rigi e a Pilatus, recomendo a Pilatus que é mais alta e tem uma maior estrutura. Além dessas, hà também a Titlis que é incrível! Fica no vilarejo de Engelbert, a 40m de trem de Lucerne. É algo para se pensar tb viu, eles possuem um teleférico la que gira 360 graus e neve o ano todo!
      Esses passeios em montanha são bem fáceis de ser acessados, via trem ou ônibus a partir de Lucerne mesmo. Para chegar até a Pilatus, vc deve pegar um bus na estação de Lucerne e em 15 minutos você chega a Kriens, de onde sai o bondinho. Abs!

  • Reply Vladimir 2 de fevereiro de 2016 at 4:39 PM

    Oi, Monique!

    Muito Maneiro o Post!
    Peguei várias dicas aqui! 🙂

    Tenho uma dúvida e talvez possa me ajudar!

    Estarei em Interlaken e tenho opção de fazer um bate-volta para Lucerna ou Zermatt!
    Qual Você faria??? 🙂

    Obrigado de coração,
    Vladimir.

  • Reply O que você precisa saber para dirigir na Suíça | Me joguei no Mundo 12 de dezembro de 2015 at 3:02 PM

    […] Dicas para explorar Lucerne […]

  • Reply Lago Gelmer e Gelmerbahn, o funicular mais inclinado da Europa | Me joguei no Mundo 6 de dezembro de 2015 at 1:46 PM

    […] Dicas para explorar Lucerne […]

  • Reply Wengen, uma vila livre de carros no meio dos Alpes Suiços | Me joguei no Mundo 22 de novembro de 2015 at 12:37 PM

    […] Dicas para explorar Lucerne […]

  • Reply 25 fotos para te convencer a conhecer Lucerne na Suiça | Me joguei no Mundo 21 de outubro de 2015 at 11:08 AM

    […] Dicas para conhecer Lucerne, uma das cidades suíças mais lindas | Me joguei no Mundo 27 de agosto de 2015 at 9:05 […]

  • Reply Camila caires 7 de outubro de 2015 at 6:01 PM

    Olá,
    Eu e meu marido chegamos a Suiça dia 04 de novembro. Gostaria de saber o clima é bem frio já? Essa paisagem de neve na cidade toda? E chegamos no aeroporto Mulhouse/Euro em Basel… Qual a melhor forma de já ir para Lucerna de lá? Trem ou ônibus?
    Adorei as dicas estou montando meu roteiro com o blog!
    Obrigada!
    Camila

    • Reply Monique Bianchi 9 de outubro de 2015 at 9:45 AM

      Oi Camila, sim em Novembro a temperatura jà começa a ficar perto do zero, apesar de ser apenas comecinho do mês, pra gente que ö brasileiro jà é muito frio. Bom trazer blusas. calças e meias térmicas, algum sapato de couro ou proprio pra neve e um bom casaco corta vento. Ano passado nevou nas cidades apenas a partir da terceira semana do mês se não me engano mas pode ser q esse ano comece antes ou depois. De Basel a Lucerne vc precisa pegar um trem, não hà ônibus!
      Abraços e obrigada, fico contente que o blog esteja ajudando. =)

  • Reply 6 Lugares para ver a cidade de Lucerne do alto | Me joguei no Mundo 27 de agosto de 2015 at 8:33 AM

    […] Dicas para conhecer Lucerne, uma das cidades suíças mais lindas | Me joguei no Mundo 27 de agosto de 2015 at 5:03 […]

  • Reply Dicas para conhecer a Jungfraujoch, no topo da Europa - Diário Radical 9 de outubro de 2014 at 5:20 PM

    […] varia de 2h a 2h30. Mas vou contar aqui a respeito de um passeio que fiz pela Viator, saindo de Lucerne, de ônibus executivo. Para quem nunca ouviu falar, a Viator é o maior site de pesquisa, […]

  • Reply Conhecendo Vevey na Suíça - Diário Radical 30 de setembro de 2014 at 5:54 AM

    […] de carro saindo de Luzern e chegamos lá em 2 horas. Como contei aqui nesse post, indico bastante alugar um carro em sua […]

  • Reply 6 Motivos para viajar de carro pela Suíça - Diário Radical 26 de setembro de 2014 at 10:21 AM

    […] da Suíça são incríveis, bem asfaltadas e sinalizadas e partindo de um ponto central como a cidade de Luzern, por exemplo, é possível chegar ao lado italiano e francês em média de 2 […]

  • Reply Lago Caumasee, um dos lagos mais incríveis na Suíça - Diário Radical 17 de agosto de 2014 at 3:03 PM

    […] duas vezes em que estive por lá fui de carro saindo de Luzern, em um trajeto marcado no mapa abaixo de cerca de 1h40, praticamente o mesmo tempo saindo de […]

  • Reply Bate-volta de Luzern a Bern, a capital da Suìça - Diário Radical 22 de julho de 2014 at 4:59 PM

    […] Luzern, foi uma das primeiras cidades que conheci aqui na Suiça e uma das coisas que mais gostei é a proximidade a outras cidades da Suìça como Zurique e Bern, o tema do post de hoje.Em cerca de uma hora de carro é possível chegar ao destino, mas é claro que o trajeto também é possível via trem. […]

  • Leave a Reply