Exposição Van Gogh Alive Experience em Zurique

Chegou em Zurique essa semana a exposição Van Gogh Alive Experience para mais uma temporada. Devido ao sucesso de público a exposição que já havia terminado na cidade foi renovada até Dezembro deste ano.

Essa exposição traz à vida as obras únicas do artista Van Gogh em um show multimídia. É um show de projeções e luzes combinadas com animações e uma trilha sonora. Certamente uma exposição diferente da original no Museu Van Gogh em Amsterdã.

Admito que fiquei curiosa para visitar este evento depois de ter assistido a série Emily em Paris da Netflix onde a personagem visita a exposição. 🙂

Fui então visitar a exposição Van Gogh Alive Experience em Zurique e conto mais um pouco sobre ela aqui neste artigo.

Exposição itinerante e sucesso de público

A exposição Van Gogh Alive Experience já passou por diversos outros países e cidades como Atenas, Madri, Verona e outras no total de mais de 50 cidades pelo mundo.

Os organizadores da exposição afirmam que esta é a exposição multi-sensorial mais visitada do mundo, com um número que já ultrapassou os 6 milhões de visitantes!

Como é a exposição Van Gogh Alive Experience?

Faz mais sentido chamar a Van Gogh Alive Experience de uma experiência mesmo ao invés de exposição tradicional, pois o conceito é bem diferente de apenas observar passivamente obras de arte em um museu.

Uma experiência multi-sensorial

Para citar alguns diferenciais desta experiência o tamanho das obras é em maior escala nos permitindo observá-las mais de perto e ver melhor os detalhes que talvez não seriam possíveis de ser identificados em uma visita ao museu que coloca uma distância de entre os visitantes e as obras de arte.

São mais de 3000 imagens das obras de Van Gogh que são projetadas em telas gigantes, paredes, no teto e até mesmo no chão. Uma trilha sonora clássica acompanha a exibição e é sincronizada com a passagem das imagens.

Somos convidados a andar pelo local explorando as famosas obras de Bam Gogh que entram em movimento em alguns momentos ou podemos apenas sentar ou deitar no chão para apreciar o show multimídia.

A trajetória de Van Gogh através de suas obras

A exibição das obras de Van Gogh é separada de acordo com as fases e vida do artista do ano de 1880 a 1890.

Há uma introdução com texto antes de cada fase em que o artista passou em Arles, Saint Rémy ou Auvers-sur-Oise.

Algumas fotografias e vídos antigos também aparecem na exibição para demonstrar algumas das fontes de inspiração do artista.

Onde fica e até quando vai a Van Gogh Alive Experience em Zurique ?

A exposição Van Gogh Alive Experience retornou a Zurique para mais uma temporada no dia 16 de Outubro de 2020 e vai até o dia 30 de Outubro de 2020.

O local da expsoição é o centro de eventos Maag Halle localizado no Kreis 4 em Zurique West, bem próximo do Viadukt, Frau Gerolds Garten, Freitag e o Restaurante Clouds no topo da Prime Tower.

O endereço do Maag Halle é Hardstrasse 209.

Como chegar e horários de visita

A forma mais fácil de chegar é de transporte público, descendo na estação de trem Hardbrücke e andando cerca de 3 minutos até o Maag Halle.

Quem vai de carro pode estacionar em alguma das garagens da região como a Parkhaus Pfingstweid ou Puls5 Park Garage.

A exposição pode ser visitada nos seguintes horários

  • Terças e Sábados: 10.00 – 18.00* h
  • Quintas-feiras 10.00 – 19.00* h
  • Domingos: 10.00 – 17.00* h

*) última entrada

Quanto custa e como adquirir o ingresso?

O ingresso para a exibição Van Gogh Alive pode ser adquirido online no site oficial aqui.

O preço do ingresso para adultos é de CHF 26 francos. Veja demais valores na tabela abaixo.

Ao comprar o ingresso você precisa definir um horário que gostaria de visitar a exposição. Há horários a cada meia hora. Não há porém limite de tempo que você pode ficar na exibição.

O ingresso de Família vale para 4 pessoa, incluindo 2 adultos e 2 crianças (até 16 anos).

preços exposicao van gogh zurique

Criança pode visitar?

Sim! Essa aliás é uma das vantagens dessa exibição. As obras de Van Gogh se tornam muito mais atrativas para os pequenos devido ao show de luzes, som e movimento que acompanham suas famosas pinturas.

Dicas e respostas para perguntas frequentes

  • É obrigatório utilizar máscaras durante todo o período de exibição
  • Para ver todas as obras leva-se em média 1 hora, mas você pode permanecer mais tempo se desejar
  • É permitido tirar fotos e filmar. Mas seja consciente, não leve tripé ou acione o Flash. Respeite os outros visitantes e tente ser discreto.
  • Animais de estimação não podem entrar

Vale a pena?

Eu gostei bastante da exibição, até porque sou super fã de exposições multimídia e fora do tradicional, além de ser fã das obras do incrível Van Gogh.

Um dos pontos altos para mim e acredito que para a maioria é o momento que a obra Noite Estrelada é exibida. Além de ser uma das obras mais icônica a obra é perfeita para o show de movimento e sons que a acompanham. Aliás a obra original Noite Estrelada não está no Museu Van Gogh em Amsterdam mas sim no MoMA em Nova Iorque.

Confesso, porém, que imaginava a exposição um pouco diferente, maior e com mais ambientes. Mas na verdade é apenas uma sala.

Mesmo assim gostei bastante. Ter a chance de apreciar as obras do Van Gogh de perto e acompanhadas por música e animações nos transportam para um estado de contemplação e nos fazem esquecer por um momento da vida lá fora.

Só acho que o ticket poderia ser mais barato, mas enfim, estamos em Zurique, uma das cidades mais caras da Suíça.

Recomendo programar a visita com alguma outra atração na região como a visita ao espaço Frau Gerolds Garten ou Viadukt, ou jantar em algum dos restaurantes locais como o Brisket onde acabei indo após a exibição.

Espero que tenha gostado do artigo e que ele tenha sido útil no planejamento de sua viagem! Se este conteúdo foi útil para você, uma forma de retribuir é reservar um dos serviços abaixo usando nossos links de afiliado. Assim uma pequena comissão é repassada ao blog, você não paga nada a mais por isso, e nos ajuda a manter o blog sempre atualizado. 🙂 Monique B. Ribeiro

travel-icon-183+ Dicas para planejar a sua viagem pela Suíça

  • Seguro de Viagem - Nunca se esqueça de contratar um Seguro de Viagem/Assistência Médica,algo que é obrigatório e essencial à sua viagem pela Suíça! Um Seguro de Viagem possui um custo baixo e pode evitar diversos problemas que poderiam causar stress à sua viagem. Recomendamos a Seguros Promo, um comparador de preços para você fazer a sua pesquisa e encontrar o melhor seguro de viagem de acordo com as suas necessidades ao melhor custo benefício. Cote os valores e garanta 5% de desconto usando o código do blog: MEJOGUEINOMUNDO5
  • Swiss Travel Pass: A melhor opção para explorar a Suíça utilizando toda a rede de transportes, o que inclui trem, ônibus e barcos em viagens ilimitadas + gratuidade em rotas de trem panorâmicas pelo país e descontos em passeios aos Alpes e entradas em museus. Buscar um passe de trem
  • Global Pass: Caso seu roteiro inclua mais países pela Europa, talvez o Globalpass seja a melhor opção para você viajar de trem pela Europa. Buscar um passe de trem
  • Aluguel de carro na Suíça e Europa: Para quem quer ter a liberdade de explorar a Suíça e outros países da Europa que ficam na fronteira, o aluguel de carro é uma excelente opção! Recomendamos o site RentalCars, que é um buscador que mostra diversas locadoras de carros e os melhores preços.
  • Excursões e passeios pela Suíça com excelente custo benefício: Recomendamos a GetyourGuide. que é uma empresa líder mundialmente na venda de excursões e tickets para atrações em diversos países.  Mais de 100 opções de passeios pela Suíça feitos por agências locais como transfers de/para aeroportos nas principais cidades suíças e excursões aos Alpes, muitas vezes com preços mais baratos até mesmo do que comprando diretamente no guichê.
  • Pesquisa e reserva de hotéis: utilize o Booking.com, uma plataforma de busca e reserva de hotéis reconhecida mundialmente. Sempre pesquiso e acabo reservando hospedagem por lá por vários motivos, entre elesa possibilidade de muitas vezes reservar sem o cartão de crédito ou optar por pagar apenas na chegada e também é possível ler as avaliações de outros hóspedes. Veja aqui, por exemplo uma relação das hospedagens mais recomendadas nas principais cidades suíças:

Mais posts sobre a Suíça para te inspirar

Planejamento de Viagem à Suíça

Transporte na Suíça

Suíça nas diferentes estações

Principais cidades

Principais passeios em montanha

Lagos na Suíça

Vilas Suíças e dicas de passeios

Este post contém links de afiliados o que permite que um percentual de comissão seja repassado ao Blog em caso de reservas realizadas por aqui mas você leitor não paga nada a mais por isso e ainda contribui para manter o blog ativo e atualizado. Em caso de dúvidas consulte nossa Política de Publicidade. 
Mais de Monique Bianchi

Os clubes de compra para viajantes sofisticados

Talvez eu esteja um tanto atrasada para falar sobre este assunto, mas...
Leia Mais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *