Dicas para planejar uma viagem à Suíça

Dicas de viagem à Suíça
Dicas e informações práticas para o planejamento de uma viagem à Suíça

Está planejando a sua sonhada viagem à Suíça? Então você já deve ter percebido que apesar de ser um país pequeno, a Suíça oferece muitas possibilidades para os mais diversos viajantes. Aproveite as dicas desse artigo para planejar a sua viagem para o país dos Alpes e do chocolate.

Desde que vim morar na Suíça em 2014 já escrevi cerca de 100 artigos aqui no Blog com dicas sobre o país e inspiração de roteiro! Nesse post você encontra as principais informações para montar uma viagem pela Suíça, de forma consolidada.

Planejando a sua viagem à Suíça

dicas de viagem suiça

Utilize o índice abaixo e anote todas essas dicas sobre a Suíça:

Tópico: Passaporte, Visto e tempo de estadia permitida

Tópico: Vacinas, e Seguro Viagem/Assistência Médica

Tópico: Dinheiro

Tópico: Língua

Tópico: Tomadas e voltagem

Tópico: Fuso horário

Tópico: Localização e Como Chegar

Tópico: Transporte na Suíça – como se locomover

Tópico: Como montar seu Roteiro

Tópico: Clima na Suíça

Tópico: Comidas e bebidas típicas

Tópico: Trilhas

Tópico: Cultura e Entretenimento

Tópico: Tipos de Hospedagem na Suíça

Consulados Brasileiros na Suíça e Números de Emergência

dicas viagem suiça
Cidade de Meiringen vista do alto das cachoeiras Reichenbach famosa por ter sido o local da provável e fatídica morte se Sherlock Holmes! O autor da história Sir Artur Conan Doyle visitou a Suíça em 1893 e ficou tão impressionado com a vila de Meiringen e a cachoeira que resolveu “matar” seu famoso personagem por lá! Muitos fãs da história visitam a cidade,que tb possui um museu dedicado ao Sherlock e um Hotel com seu nome!

Passaporte, Visto e Demais Documentos

  • Preciso de visto para viajar para a Suíça?
  • Qual a validade do passaporte exigida para viajar para a Suíça?
  • O que irão me perguntar na imigração e quais documentos preciso ter?

Preciso de visto em uma viagem à Suíça?

Acho que essa é um dos primeiros questionamentos dos viajantes em relação ao pais. Muita gente planeja as suas viagens pela Europa e acaba deixando a Suiça de fora por achar que o custo é muito alto.

Não. Brasileiros estão isentos de visto em viagens de turismo para a Suiça em um periodo de até 90 dias corridos a cada 6 meses (180 dias) de acordo com o Tratado de Schengen. Porém a partir de 2021, brasileiros deverão pedir uma autorização online chamada de ETIAS. Essa autorização valerá por 5 anos e servirá para múltiplas entradas no país.

É muito mais fácil planejar viagens com o Me Joguei no Mundo!
Utilize os links dos nossos afiliados logo a seguir para conseguir descontos em hospedagens, seguro viagem, ingressos e muito mais!

Qual a validade do passaporte exigida para viajar à Suíça?

O passaporte do turista que viaja para a Suíça deve estar válido por um período mínimo de 3 meses durante toda a viagem até a data de saída do país.

:: Compre o SwissPass e use toda a rede de transportes públicos da Suíça além de garantir gratuidade ou descontos em museus e diversos passeios pelos Alpes ::

O que irão me perguntar na imigração e quais documentos preciso ter em uma viagem à Suíça?

Se o seu vôo vem é direto do Brasil e sem conexões, você passará pela imigração suíça no aeroporto de chegada. Caso o voo possua conexões, a imigração será no primeiro país de parada.

O procedimento é padrão de outros países da Europa, irão pedir o passaporte, perguntar de onde está vindo, o motivo de viagem para a Suíça, quantos dias pretende ficar e quando partirá.

Em alguns casos, quando as respostas não são suficientes, ou dependendo do agente de imigração, podem pedir a passagem de volta para verificação e aprofundar as perguntas como o hotel de estadia, quanto de dinheiro está levando e se conhece alguém no país.

Em relação a documentos, é necessário ter tudo certinho em mãos: o passaporte com data de validade superior a 3 meses, reservas de hotel e a passagem de volta.

Caso vá se hospedar na casa de amigos, parentes ou conhecidos, peça a eles para providenciar uma carta convite no idioma local e em inglês explicando que estarão te recebendo por um determinado período.

Vacinas e Seguro Viagem

  • É preciso ter seguro–saúde para viajar para a Suíça?
  • Vacinas são exigidas para turistas brasileiros na Suíça?

É preciso ter seguro–saúde para viajar à Suíça?

Sim! Um Seguro de Viagem/Assistência Médica é obrigatório para praticamente todos os viajantes que visitam a Europa, de acordo com as regras do Tratado de Schengen.

O Seguro de Viagem/Assistência Médica deve ter uma cobertura mínima de EUR 30.000 e cobrir qualquer despesa que venha a acontecer em caso de repatriação por razões médicas, tratamento médico de urgência, emergência ou até mesmo a morte.

Leve bem a sério essa questão do Seguro Viagem/Assistência Médica ao visitar a Suíça. Aqui no país não existe sistema de saúde público e qualquer atendimento que você venha a precisar ou no caso de algum acidente como quebra de perna, braço, você terá que desembolsar uma pequena fortuna, algo que irá custar muito mais caro do que adquirir um Seguro Viagem.

Pesquise aqui valores e seguros de viagem na Suíça com diferentes seguradoras.

Vacinas são exigidas para turistas brasileiros na Suíça?

Não se trata de algo obrigatório mas existe uma recomendação de estar em dia com as vacinas de Hepatite A, Hepatite B, Raiva e outras de rotina como Sarampo, Rubéola, Catapora e Meningite.

Dinheiro na Suíça

  • A Suíça é um país caro?
  • Qual a moeda utilizada na Suíça?
  • Posso utilizar Euro na Suiça?
  • Quanto dinheiro levar para uma viagem à Suíça? Quantidade mínima recomendada?
  • Devo comprar francos suíços no Brasil ou levar Euro para trocar?
  • Cartão de crédito é amplamente aceito?

A Suíça é um país caro?

Sim, a Suíça está entre um dos países mais caros para se viver ou viajar na Europa. Gastos com hospedagem e comida são um dos que mais contribuem para o alto custo de uma viagem à Suíça. Frequentemente há pesquisas ilustrando os preços da Suíça comparados com outros países, com relação por exemplo ao preço de um cafezinho como mostra o gráfico abaixo e pesquisa do jornal inglês The Sun.

preços suiça

Outra pesquisa que ilustra os altos valores praticados na Suíça é o chamado indíce Big Mac que compara o valor do lanche da popular rede de fast-food por todo o mundo. Adivinha o país onde o lanche é mais caro?

suíça é cara

Outro fator que contribuiu para as despesas aumentarem é o valor dos passeios em montanha que realmente são bem caros. O passeio a Jungfraujoch que é o mais popular na Suíça custa cerca de CHF200 por pessoa, por exemplo.

Contudo existe muitas formas de baixar os custos e recomendo a leitura desse artigo: Dicas para economizar em uma Viagem à Suiça onde listo diversas dicas para que você consiga fazer uma viagem pela Suiça de forma mais econômica.

Qual a moeda utilizada na Suíça?

franco suiço moeda suiça
Notas de Franco Suíço

A Suíça não faz parte da União Europeia e portanto não utiliza o euro pois tem sua moeda própria, o Franco suíço (CHF). O Franco suíço vale um pouco menos do que o Euro. No momento 1 CHF vale 0,88 EUR. Para facilitar a conversão pense que o Franco suíço é similar ao Dólar Americano (USD).

Em relação às notas de Franco Suíço, o que pode causar um certo estranhamento é que há notas de grande valor como CHF 200 e até CHF 1000!

Preste atenção também nas moedas. Uma das menores moedas vale cinquenta centavos de franco e a maior moeda vale CHF5.

Posso utilizar Euro na Suiça?

É recomendável trocar a sua quantia em euro por franco suíço, pois apesar de alguns hotéis e outros estabelecimentos como supermercado aceitarem o euro, você pode sair perdendo na conversão.O troco nunca é dado em Euros.

Além disso, em vários locais como nos supermercados de rede por exemplo Migros e Coop eles aceitam apenas notas e nunca moedas de Euro.Muitos restaurantes também aceitam, mas é preciso verificar com antecedência.

Quanto dinheiro levar para uma viagem à Suíça?

Considerando que você já tenha comprado antecipadamente as passagens de ida e volta de avião, pago pelo aluguel do carro ou comprado um Swisspass (ou bilhetes de trem), e reservado todos os hotéis antecipadamente, a recomendação mínima de dinheiro a ter por dia é na média de CHF 50 francos por pessoa.

Esse valor seria para gastos com alimentação, passeios e possíveis gastos adicionais, como ir ao banheiro ( alguns lugares são pagos), estacionamento e gasolina.

Claro que esse valor pode aumentar ou diminuir com o dia dependendo dos passeios que pretende fazer e que tipo de refeições está disposto a ter. O ideal para ficar sossegado é ter um pouco mais do que essa quantia, considerando que um fondue por exemplo sai em média de CHF 25 -30 por pessoa, sem considerar bebida.

A Suíça é sim um país caro e é fácil de gastar dinheiro por aqui, portanto atenção e siga também as dicas desse outro artigo para economizar na sua viagem pela Suíça.

Tenha sempre um cartão de crédito internacional em mãos ( não se esqueça de desbloqueá-lo) e use para o pagamento dos hotéis, passeios ou outros gastos que julgue necessário mas não se esqueça do IOF.

Troque o dinheiro e tenha algumas moedas em mão, principalmente se você alugar um carro, pois a maioria dos estacionamentos na rua são pré-pagos por tempo com máquinas que aceitam apenas moedas. Alguns estacionamentos maiores como garagens podem ser pagos na retirada do veiculo, com cartões e notas.

Cartão de crédito é amplamente aceito?

Sim, nas cidades e nos principais estabelecimentos como postos de gasolina, supermercados de rede, pode se usar o cartão de crédito.

Muitos restaurantes também aceitam, mas é preciso verificar com antecedência.

As compras de bilhetes de trem/ônibus e os passeios de montanha mais famosos também aceitam cartão de crédito para pagamento. Você também pode comprar passeios e excursões com antecedência com seu cartão pela GetyourGuide.

Verifique antecipadamente ao reservar o hotel, se o mesmo aceita o pagamento em cartão de crédito a ser pago na chegada.

Devo comprar francos suíços no Brasil ou levar Euro para trocar?

Se você estiver planejando a sua viagem pela Suíça com alguns meses de antecedência, recomendo ir acompanhando a cotação do Franco Suíço e ir comprando aos poucos do Brasil mesmo. Aquela regra de que se perde dinheiro a cada vez que se converte é real, portanto não vale a pena trocar por euro primeiro.

Língua/Idiomas da Suíça

  • Qual o idioma oficial da Suíça?
  • Consigo me virar apenas com o Inglês?
  • Falo apenas português, terei problemas?
Fonte: Ilustração de Victoria Fernández.

Qual o idioma falado na Suíça?

Na Suíça, há 4 idiomas oficiais. São eles: Alemão, Francês, Italiano e Romanche. Cada idioma é falado em sua região específica do país e o Romanche é falado apenas por 1 % da populacão no cantão de Graubunden.

Além disso, é fácil de perceber que há outros idiomas falados devido a alta quantidade de imigrantes que vivem no país. Por exemplo há uma grande concentração de portugueses vivendo na Suíça, então pode ser que você escute o nosso idioma pelas ruas.

Além disso há dialetos, versões de cada língua oficial de acordo com a região da Suíça e principalmente em vilarejos mais afastados nas montanhas.

Consigo me virar apenas com o inglês em uma viagem à Suíça?

Sim. Nas cidades mais turísticas que estão acostumadas a receber turistas, isso realmente não é um problema. É perfeitamente possível se virar apenas com o inglês.

Não apenas as pessoas que trabalham em hotéis e atrações turísticas falam inglês. Os suíços, principalmente nas cidades maiores, dominam bem o inglês, até porque muitos deles aprendem desde pequenos nas escolas. Além disso há também muitos imigrantes vivendo no país que falam bem ou nativamente o inglês.

Pode ser que em regiões mais isoladas como vilas pequenas nas montanhas, algumas pessoas não falem o inglês.

Meu Inglês é básico ou falo apenas português, terei problemas?

Sim, um pouco. O ideal é aprender pelo menos algumas expressões básicas para se virar e pedir informação.

Um dos principais momentos em que você precisará usar o Inglês é no guichê de imigração na chegada à Suiça para explicar o motivo de sua viagem, portanto esteja preparado.

Durante o voo, por exemplo, pode acontecer de não ter nenhum tripulante falante de português, ou você pode voar de TAP o que irá facilitar bastante sua vida.

Nos hotéis pode ser que a comunicação seja um pouco difícil caso você não saiba o básico de inglês. O ideal é que consiga ter tudo reservado antecipadamente e sempre tenha em mãos os comprovantes de reserva e seus documentos para evitar qualquer problema.

Em relação aos passeios, uma excelente alternativa para aqueles que estejam se sentindo inseguros em relaçao à lingua, é contratar um guia brasileiro.

Tomadas e voltagem na Suíça

Qual o tipo de tomada e voltagem na Suíça?

A maioria das tomadas na Suíça possuem 3 pinos mas em um formato diferente do usado no Brasil chamado Tipo J sendo necessário a compra de um adaptador universal. A voltagem aqui é de 230 V, 50Hz

Na Suíça também se usa o plug C de 2 pinos que também serve para as tomadas de 3 pinos. De qualquer forma recomendo trazer ou comprar um adaptador universal.

tomada padrão suica

Fuso horário na Suíça

A Suíça encontra–se no horário da Europa Central (CET) (UTC+1) durante o inverno, o que significa 6 horas de diferença do Brasil considerando o horário de Brasília.

Já no verão adotado a partir do final de Março até o final de Outubro, a Suíça adota o horário de verão e se situa na CEST – Central European Summer Time ou UTC+2, o que são 5 horas de diferença do Brasil.

Onde fica a Suíça, principais aeroportos e cias aéreas

  • Em que parte da Europa está localizada a Suíça?
  • Há vôos diretos do Brasil para a Suíça
  • Quais as melhores companhias aéreas para voar para a Suíça?

Em que parte da Europa está localizada a Suíça?

onde fica a suiça

Há vôos diretos do Brasil para a Suíça?

A Suíça está localizada na parte considerada como Europa central e faz fronteira com cinco países: Áustria e Liechtenstein no lado leste, França no oeste, Itália ao sul e Alemanha ao norte. Essa localização mega privilegiada facilita a entrada e saída para outros países e portanto coloca a Suíça como uma excelente base para a sua viagem pela Europa seja de trem ou de carro.

Sim. A companhia Swiss Airlines oferece vôos diretos de São Paulo para Zurique e a companhia Edelweiss que também é suíça oferece voos diretos do Rio de Janeiro para Zurique. O voo leva em média 12 horas

Quais as melhores companhias aéreas para voar para a Suíça?

Certamente as companhias suíças citadas acima são a melhor opção por oferecem voos diretos e também um excelente serviço de bordo mas nem sempre os voos estão com um bom preço então recomendo considerar as seguintes companhias aéreas: TAP, AirFrance, KLM, Lufthansa e British Airways.

voos para a suiça

Voos dessas companhia aéreas chegam normalmente por Zurique ou Genebra e fazem conexões em outras cidades europeias.A KLM por exemplo pára em Asmterdam e a Lufthansa em Frankfurt. Você pode inclusive aproveitar essas passagens para fazer um stopover, uma parada de alguns dias na cidade de conexão e depois seguir viagem para  a Suíça.

Verifique com a companhia diretamente, até quantos dias você poderia ficar na cidade de conexão sem ter que pagar a mais por isso.

Pesquise os voos com pelo menos 3 meses de antecedência para garantir um bom preço.

Transporte na Suíça – como se locomover

  • Como se locomover na Suíça? Transporte público ou alugar carro?
  • Preciso da PID –Permissão Internacional para Dirigir, na Suíça?
  • As 3 rotas clássicas de trem panorâmicas da Suíça

Como se locomover na Suíça? Transporte público ou alugar carro?

Transporte público – A Suiça possui um dos sistemas de transporte publico mais eficientes da Europa e talvez do mundo. Para se locomover de uma cidade a outra usa-se o serviço de trens da companhia SBB CFF FFS, com exceção de algumas regiões como a Jungfrau, onde os trens fazem parte da Jungfrau Railways.

As conexões de trem na Suiça são excelentes com praticamente uma estação de trem em cada vila. Para se locomover dentro de uma cidade ou entre vilas menores há também o sistema de ônibus públicos além dos ônibus PostBus Auto, os ônibus amarelos que geralmente fazem as vilas de montanhas, onde o trem não chega. Além disso existe também os ferries e barcos.

goldenpass suíça
No caminho de Lucerne a Montreux, rota panorâmica de trem GoldenPass, gratuita com o Swiss Travel Pass

Uma das formas de se ter acesso a toda essa rede de transportes é comprando um ticket múltiplo de transporte chamado Swisspass. Essa é também uma das formas mais práticas e econômicas de viajar pela Suíça pois oferece também gratuidade ou descontos em atrações como passeios em montanhas e museus.Tire todas as suas dúvidas sobre o Swisspass aqui nesse artigo.

viajar de carro suiça

Alugar carro na Suíça – Se você prefere a flexibilidade de ter um carro, alugar um carro na Suíça pode ser uma boa ideia. Provavelmente sairá mais caro do que comprar o SwissPass caso você esteja sozinho ou apenas em 2 pessoas para dividir o aluguel do carro e o combustível. Claro que isso também depende dos dias de viagem e do seu roteiro. Pesquise os valores para aluguel de carro na Suíça no buscador da RentalCars.

As vantagens incluem as estradas suíças que possuem excelentes condições, o fato do país ser pequeno e o fato de não haver pedágio, apenas um adesivo que se compra uma vez e deve ser colado no vidro dianteiro do carro. Para mais informações e dicas para dirigir na Suíça leia esse outro artigo.

Se você tem duvidas entre alugar um carro ou comprar um dos bilhetes de transporte chamado Swiss Pass, para a sua viagem de ferias pela Suiça, recomendo esse post aqui: “Swiss pass ou aluguel de carro, o que vale mais à pena?”

Preciso de uma carteira internacional (PID- Permissao Internacional para Dirigir) para dirigir na Suiça?

A PID é solicitada em alguns países da Europa para brasileiros mas a Suíça não é um destes países.

Brasileiros podem dirigir com a sua carteira de motorista nacional no pais, desde que possua no mínimo 20 anos de idade e possua a carteira há pelo menos 1 ano.

Mesmo que não seja obrigatório, eu recomendo fazer a Permissão Internacional para dirigir. Ela vai te dar mais liberdade e tranquilidade pois é traduzida em vários idiomas e isso facilita muito, principalmente se você planeja cruzar a fronteira. Na Itália por exemplo a PID é exigida.

As 3 rotas clássicas de trem panorâmicas da Suíça

A Suíça é um dos melhores países para se viajar de trem e há 3 rotas panorâmicas famosas internacionalmente: Glacier Express, Bernina Express e Goldenpass.

viaje de trem europa
Bernina Express

Certamente uma das melhores experiências de viagem pelo país. Saiba mais detalhes sobre cada rota nesse outro artigo aqui.

Como montar seu roteiro de viagem à Suíça

  • Suíça e suas 3 regiões: alemã, francesa e italiana
  • Principais cidades para se visitar na Suíça
  • Principais passeios de montanha na Suíça
  • Dicas de lagos para visitar na Suíça
  • A Suíça é um bom destino para lua de mel?
  • Que cidades funcionam bem como base para uma viagem à Suíça?
capital da suiça

Suíça e suas 3 regiões

A esta altura do campeonato acredito que você já saiba que a Suiça basicamente é dividida em 3 regiões, a alemã, a italiana e a francesa.Não é apenas a língua e a proximidade com as fronteiras da França, Itália, Áustria e Alemanha que fazem essas regiões diferentes. O clima, os costumes e até mesmo a geografia muda, portanto é interessante conhecer um pouco mais sobre cada uma dessas Suíças dentro do mesmo país. Isso também facilita a montar o seu roteiro pelo país caso pretenda combinar a viagem com outro país na fronteira ou próximo dela.

Grande parte do país está na Suíça alemã como Zurique, Lucerne,Interlaken, Zermatt e a capital do país Berna.

A principal cidade na Suíça francesa é Genebra e a principal cidade na parte italiana da Suíça conhecida também como Ticino é Lugano próximo já à cidade e Lago de Como.

Principais cidades suíças

Para quem está planejando uma viagem pela Suíça e não tem ideia das cidades para incluir no roteiro, confira abaixo as principais cidades suíças:

  • Berna – a capital da Suíça
  • Genebra – a cidade da paz e diplomacia
  • Zurique – a maior cidade da Suíça
  • Lucerna – entrada para a Suíça Central é uma das cidades mais bonitas e mais visitadas no país
  • Interlaken – a capital da aventura na Suíça e porta de entrada para diversos passeios nos Alpes
  • Basel – capital da cultura e onde se localiza o euroaeroporto que divide fronteiras com a França e a Alemanha
  • Zermatt – resort de esqui e vila suíça onde se localiza a famosa montanha Matterhorn também conhecida como montanha Toblerone
  • St.Moritz – um dos resorts alpino de luxo mais famosos do mundo
  • Montreux – a cidade da música na Suíça que conquistou celebridades como Fred Mercury and Charles Chaplin
  • Lugano – a maior cidade de Ticino, na Suíça italiana

Principais passeios de montanha na Suíça

passeio topo da europa
No Topo da Europa – Passeio Jungfraujoch
  • Jungfraujoch – conhecida como topo da Europa é onde se localiza a estação de trem de maior altitude no continente europeu e onde há neve o ano todo
  • Gornergrat – um dos passeios em Zermatt para se chegar mais perto da montanha Matterhorn
  • Ebenalp – a montanha onde se localiza o restaurante Aescher que ficou famoso por estar na extremidade da montanha e penhasco
  • Grindelwald First – uma montanha na vila alpins de Grindelwald que oferece muitas atrações como um lago alpino cristalino e uma ponte de vidro ao redor da montanha
  • Schilthorn – montanha em Lauterbrunnen onde foram gravadas cenas de um dos filmes James Bond e com um restaurante rotatório no topo
  • Montanha Pilatus – conhecida como a montanha dos dragões e um dos principais passeios em Lucerne
  • Montanha Rigi – vista 360 graus da região de Lucerne
  • Montanha Titlis – destino de inverno com neve o ano todo e o primeiro bondinho rotatório do mundo

Dicas de lagos para conhecer na Suíça

Os lagos precisam estar em seu roteiro de viagem pela Suíça. De fato há centenas de lagos alpinos que merecem uma visita seja através de um passeio de barco ou apenas para apreciar a paisagem e tirar fotos:

passeio de barco lago lucerne
Passeio de barco pelo Lago de Lucerne
  • Lago Vierwaldstätersee ou Lago de Lucerne

Veja todas as opções de passeios de barco pelo Lago de Lucerne

passeio de barco em interlaken
Passeio de barco pelo Lago de Brienz em Interlaken
  • Lagos de Brienz e Thun em Interlaken

Veja como são os passeios de barco pelo Brienzersee e Thunersee

lago blausee suica
  • Lago Blau (Blausee) – O Lago Blausee é um lago pequeno mas que impressiona pela água azul e cristalina.
lago oeschinensee
Lago Oeschinensee
  • Lago Oeschinen (Oeschinensee) – relativamente próximo ao Blausee o Oeschinensee é um lago bem maior no alto de uma montanha e que também é muito bonito e oferece diversas trilhas
caumasee suíça
  • Lago Cauma (Caumasee) – localizado na região de Graubünden é um dos lagos mais bonitos da Suíça em minha opinião. É possível nadar no verão.
  • Lago de St.Moritz
lago riffelsee reflexo matterhorn
O incrível Lago Riffelsee e o reflexo da Montanha Matterhorn
  • Lago Riffelsee em Zermatt – localizado no alto da montanha Gornergrat onde é possível ver a montanha Matterhorn refletida
lago seealpsee appenzel
  • Lago Seealp (Seealpsee) – localizado em Appenzel, pode ser alcançado via trilhas

Veja mais dicas e lagos nesse artigo aqui e me siga também no Instagram.

A Suíça é um bom destino para lua de mel?

Com certeza! As paisagens naturais que parecem ter saído de um quadro, os hotéis de luxo e com vista para os Alpes e ou lagos, e as cidades medievais contribuem para um clima romântico e perfeito para uma ocasião especial.

Confira esse artigo com ideias de hoteis de luxo pelo país.

Além disso a Suíça é considerada o local berço da hospitalidade e mundialmente reconhecida pela prestação de serviços de alta qualidade nesse setor.

Certamente uma viagem de lua de mel para a Suíça será inesquecível.

Que cidades funcionam bem como base de viagem em uma viagem à Suíça?

Minha opinião é de que em um roteiro de viagem à Suíça com mais de 5 dias é necessário não apenas uma cidade base mas 2 ou mais de acordo com os passeios que você deseja fazer.

  • Lucerne – uma das melhores cidades para fazer base em uma viagem pela Suíça pois é porta de entrada para a Suíça Central, fica próxima de Zurique e possibilita diversas opções de passeios às montanhas da região.
  • Basel ou Basiléia: Funciona bem como base caso você também pretenda viajar para cidades próximas da França como a região da Alsácia ou caso seu voo saia do Euroaeroporto.
  • Interlaken: A cidade é uma excelente base para explorar a região e vilas alpinas além dos diversos passeios pelos Alpes.
  • Genebra: Se seu voo chega ou parte de Genebra é uma boa ideia passar uns dias por lá, principalmente se você pretende viajar para cidades próximas como Chamonix ou Annecy.

Clima na Suíça

  • Em que época visitar a Suíça? Como são as estações do ano?
  • É possível ver neve o ano todo?

Em que época visitar a Suíça?

As estações do ano na Suíça costumam ser bem definidas apesar de muitas mudanças nos últimos anos.

A realidade é que você precisa definir primeiro o tipo de experiência que deseja ter na Suíça e quais os principais passeios que pretende fazer. Assim, fica mais fácil escolher a época do ano para planejar a sua viagem à Suíça.

A cidade de Lugano durante a primavera

As paisagens na Suiça se transformam completamente entre uma estação e outra. Durante a primavera por exemplo, as montanhas e colinas são tomadas por um verde exuberante e flores por toda a parte. Os lagos estão começando a descongelar e ainda é possível ver neve em alguns picos de montanhas.

Já no inverno, a maior parte das paisagens se torna branca. Muitos lagos congelam e varios passeios pelas montanhas param de funcionar e retornam apenas na primavera.

Cidade de Zug durante o inverno

No outono pode haver bastante chuva e neblina mas as árvores se colorem em tons de amarelo e vermelho, criando paisagens cênicas em todo o país.

Durante o verão ha diversos festivais de rua e é possível nadar em vários lagos, rios ou piscinas pelo pais.

Recomendo a leitura desse artigo: Em que época do ano visitar a Suiça? com os períodos de cada estação e mais dicas.

É possível ver neve o ano todo?

Uma das principais motivações de quem visita a Suiça é ver neve, muitos pela primeira vez e de fato há diversas oportunidades para ver neve na Suiça, mesmo que não seja inverno.

Basicamente, se você tem como maior objetivo durante a sua viagem à Suiça ver neve, recomendo viajar para o pais no inverno, pois a maioria das cidades estarão cobertas pela neve e terão aquela atmosfera e charme frequentemente mostrados em fotos e reportagens sobre o país. Além disso, você tem a oportunidade de ver a neve caindo do céu, um espetáculo especial para nós brasileiros que não estamos acostumados com o fenômeno.

lago blausee suiça
Lago Blausee durante o inverno

Adicionalmente você pode experimentar pela primeira vez esportes de inverno como esqui e snowboard, ficar hospedado em chalés e resorts na montanha, curtir piscinas aquecidas enquanto neva e experimentar os famosos pratos típicos fondue e raclette.

Porém, para aqueles que pretendem viajar para a Suiça durante outras épocas do ano, também é possível ver neve no alto de algumas montanhas como a Jungfraujoch e o Monte Titlis. Você terá a oportunidade de ver a neve cobrindo algumas das paisagens mas dificilmente verá a neve caindo do céu, porém nessas montanhas é possível experimentar algumas atividades na neve.

Comidas e bebidas típicas

  • O que experimentar na Suíça e pratos típicos
  • Fábricas de chocolate para visitar

O que experimentar na Suíça e pratos típicos

Um dos prazeres de uma viagem pela Suiça certamente é apreciar a culinária local e alguns dos produtos e pratos típicos do país, conforme abaixo:

Leite, iogurtes –  Nao deixe de provar os produtos de leite e derivados.

Queijos – Queijos tìpicos como o Gruyéres e Emmental além de diversos outros queijos produzidos nas montanhas.

Pães: Seja em padarias locais ou supermercados como Migros e Coop, a variedade de pães é imensa e geralmente há pães fresquinhos a qualquer hora do dia, mesmo em algumas lojas de conveniência em postos de gasolina.

Chocolates – Claro que você nao pode deixar de experimentar um dos produtos símbolo da Suiça. Nos supermercados Coop e Denner você pode encontrar a famosa marca Lindt e a Cailer que é da Nestlé. Na rede de supermercados Migros a marca Frey que é uma marca propria é a estrela.

Se você quer experimentar chocolates mais artesanais recomendo as lojas Sprungli e Läderach.

Salsichas – os suiços também possuem uma versão do que chamamos de linguiça no Brasil e talvez pela influência alemã são bastante consumidas no pais.

As principais são: cervela e salsicha de saint gallen.

Rösti: prato tìpico suìço
Rösti: prato tìpico suìço

Alguns restaurantes servem como prato principal rösti acompanhada de uma dessas salsichas ou em eventos de rua sempre se pode encontrar salsichas grelhadas vendidas junto com pão e mostarda.

Glüwein : Uma versão do nosso vinho quente no Brasil, o Glühwein é bastante consumido nas noites frias de inverno e pode ser encontrado em restaurantes nas montanhas e também em barraquinhas em mercados de natal.

Cervejas e coquetéis: Devido também à influência alemã há muitas cervejas locais. Algumas das mais famosas encontradas em supermercados são: Feldschlösschen de Basel, Quöllfrisch de Appenzel, Calanda de Graubünden e Rugenbräu de Interlaken.

É possível também encontrar cervejarias locais menores em cada cidade.

Um dos coquetéis locais mais apreciados especialmente por mulheres é chamado de Hugo que é feito de de Prosecco, erva-cidreira ou xarope de flor de sabugueiro, hortelã fresca e água mineral ou soda; muitas vezes também pedaços de limão ou suco são incluídos.

Vinhos – a região de Valais na Suiça é produtora de vinho produzido principalmente com a uva Chasselas. O vinho branco é o mais famoso e pode ser provado em uma visita em Lavaux, ou comprado em uma das lojas da região.

Nos supermercados também se encontra vinhos muito bons e com preços acessíveis.

luxemburgeli doce suiça

Luxemburgeli – Trata-se de uma versão suíça do francês macarron, mas aqui na Suiça produzido com mais recheio. Você encontra essa especialidade nas lojas Sprüngli.

Pratos típicos: Batata Rösti, Fondue de Queijo, Raclette, Äpler Macarroni, Zürcher Geschnetzeltes que é uma espécie de strogonoff feita com carne de vitela.

Sobremesas: Torta de cereja em Zug, Torta de Cenoura em Argau.

Frutas vermelhas: Cerejas, framboesas, mirtillo

Trilhas na Suíça

A Suíça é um país ideal para praticar caminhadas. Há centenas de trilhas de diversos níveis espalhadas pelo país. Os suíços levam caminhadas a sério e as trilhas são bem demarcadas e sinalizadas.

Quem pretende fazer trilhas na Suíça, organize a sua viagem entre a Primavera e o Verão. No inverno as opções de trilhas são bem reduzidas e elas são feitas na neve com sapatos especiais.

Sempre pesquise sobre uma trilha antes de fazê-la, imprima a rota e se prepare com roupas adequadas e tênis ou bota para trilhas. Use esse site para pesquisar trilhas, rotas e fazer o download de mapas.

Mesmo que uma trilha seja marcada como fácil, não se esqueça que trilhas em terreno montanhoso exigem uma certa condição física e cuidado. Verifique também se há restaurantes pelo caminho para se abastecer com bebidas ou comidas além de levar o básico em sua mochila.

Você pode combinar o seu passeio à montanha com uma trilha. Há muitas opções por exemplo nas montanhas Pilatus, Rigi, Titlis e Jungfraujoch.

Destaco abaixo algumas das trilhas que já fiz e recomendo:

  • Trilha pelos terraços de Lavaux, região vinícola e património da Unesco – nível fácil, diversas rotas e duração.
lavaux dicas montreux
  • Trilha dos 5 Lagos em Pizol – 5 lagos no alto de uma montanha – nível de dificuldade: médio – duração: cerca de 5 horas
trilha dos 5 lagos pizol suiça
Just waiting Summer to go back to this marvelous landscape!!! Se você curte trilhas e vem à Suíça fora do inverno coloque esse lugar na sua lista: trilha dos 5 Lagos em Pizol. Esse é o Lago Wildsee, o segundo da trilha e o simplesmente o mais incrível que já vi na vida! Não parece de mentira essa cor?

Localizado no alto de uma montanha a cerca de 40 minutos de Lucerne, se encontra o Lago Bannalp. O local é ótimo para uma trilha curta ao redor do lago ( cerca de 5km) ou também para quem procura trilhas mais avançadas como a Walenpfad.

trilha lago bannalp
  • Trilha dos 3 lagos em Alpstein, Appenzel

Essa foi uma das trilhas mais longas que já fiz aqui na Suíça com quase 19km e que passa por algumas das paisagens mais incríveis da região de Alpstein e 3 lagos: Seealpsee, Fälensee and Sämtisersee, além de lugares mega pitorescos como a vila Megglisalp accessível apenas via trilha.

É possível fazer apenas partes dessa trilha. Dependendo da parte escolhida o nível pode ser fácil ou médio.

trilha appenzel
  • Trilha em Ritom Piora

Nessa trilha em Ticino, região italiana da Suíça, passei por 3 lagos, o incrível Lago Ritom, Lago Cadagno e Lago de Tom.

Nível fácil a moderado em uma trilha de 6 horas.

  • Trilha em Brienzer Rothorn

Trilha de Brienzer Rothorn a Planalp – nível fácil – duração: cerca de 2 horas

  • Trilha pelos lagos Jöriseen

Essa trilha na região de Davos passa pelos belíssimos lagos alpinos chamados de Jörisee. Em um percurso de 11 km com partes de nível médio a difícil a trilha leva no mínimo 4h30.

Essas são apenas algumas ideias de trilhas para você se inspirar.

Cultura e entretenimento

  • Principais eventos na Suíça durante o ano
  • Dicas de museus para visitar

Principais eventos na Suíça durante o ano

Há uma grande oferta de eventos na Suíça anualmente. Abaixo alguns dos principais:

  • Competição internacional de Esqui Laubenhorn em Wengen – 17 a 19 de janeiro em 2019
  • World Economic Forum em Davos – 19 a 24 de janeiro de 2020
  • White Turf – corrida de cavalos no lago congelado de St.Moritz – 2, 9 e 16 de fevereiro de 2020
  • Salão do Automóvel em Genebra – 05 a 15 d março de 2020
  • Sechseläuten – queima do boneco de neve Böög em Zurique para saber se o verão será bom – 20 de abril de 2020
  • Art Basel – a feira internacional de arte mais famosa – junho de 2020
  • Montreux Jazz Festival – o segundo maior festival de jazz do mundo que acontece na cidade de Montreux às margens do lago Lemán – sempre entre junho e julho
  • Zurich Street Parade – festival de música eletrônica que ocupa as ruas de Zurique – sempre em agosto
  • Locarno Film Festival – Festival internacional de cinema – acontece em agosto na cidade de Locarno
  • Natal na Suiça – época em que os mercados de natal aparecem em praticamente todas as cidades. Excelente atmosfera e cidades decoradas em um clima mágico.

Dicas de museus para visitar na Suíça

Há mais de 1000 museus na Suíça, de todos os tamanhos e para todos os gostos. Quem tem o SwissPass se beneficia da gratuidade ou descontos na maioria deles.

Abaixo alguns dos principais e mais legais museus que merecem uma visita na Suíça:

  • Museu Olímpico em Lausanne – para conhecer sobre a história das Olimpíadas
  • Landesmuseum em Zurich – O Museu nacional suíço fica dentro de uma construção que parece um castelo e é um dos museus culturais históricos mais visitados da Suíça.
  • Museu do Albert Einstein em Berna – Aprenda mais sobre Albert Einstein e sua teoria da relatividade que foi criada quando ele morava na capital da Suíça
  • Chaplin-s World em Vevey – a antiga casa em que Charles Chaplin e sua família viveram por mais de 20 anos na Suíça até sua morte abriga hoje um museu com réplicas do cenário dos mais famosos filmes e muito mais.
  • Museu Nacional do Transporte em Lucerne – Esse é o museu mais visitado da Suíça. Lá você aprende sobre a evolução dos meios de transporte em exibições interativas

Onde se hospedar na Suíça?

  • Como escolher hotéis pelo país?
  • Opções de hospedagem econômica

Como escolher hotéis pelo país?

Independentemente das cidades que você escolha como base para sua viagem pela Suiça, há basicamente opções de hospedagem em todos os lugares, mesmo em vilas alpinas mais isoladas.

Há hospedagens de todos os níveis e estilos na Suíça. Quem procura algo para uma ocasião especial encontrará uma grande variedade de hotéis de luxo e spas pelo país. Para ter uma ideia veja esses 10 hotéis de luxo na Suíça.

dia de spa no bürgenstock resort
Na piscina infinita externa do luxuoso resort Bürgenstock

Já para quem quer conforto mas não pretende gastar muito com hospedagem em uma viagem à Suíça o ideal é procurar por hotéis de rede como Ibis. Ás vezes, dependendo da cidade ao invés de hotéis de rede, o ideal é alugar um chalet ou apartamento privado no estilo airbnb.

Para quem está de transporte público dê prioridade a hotéis bem localizados próximos a estações de trem ou pontos de ônibus. Já quem tem um carro a disposição acaba tendo mais opções pois pode considerar hospedagens um pouco fora da rota central e que muitas vezes são mais baratos e oferecem excelentes vistas para paisagens naturais.

Nossa recomendação é utilizar o site Booking.com para a pesquisa de hotéis/pousadas/hostels e também para ler as recomendações de outros viajantes.

Há opções de hospedagem econômica pelo país?

Sim, até mesmo na Suíça é possível encontrar hostels e campings além de hotéis mais em conta, por isso o ideal é pesquisar bem.

Acampar pela Suíça é uma excelente ideia porque há vários campings espalhados pelo país e além do preço convidativo, eles oferecem uma super estrutura até mesmo com alojamentos para quem não quer ficar em uma barraca. Procure campings na Suíça utilizando esse site.

Em relação a hostels, há também muitas opções praticamente em todas as cidades e normalmente eles também oferecem alguns quartos duplos privados para quem viaja em dois mas quer economizar.

Quem gosta de fazer trilhas também pode se hospedar em algum Bergrhaus, restaurante de montanha que também oferecem quartos a preços acessíveis.

 Consulados brasileiros e números de emergência

  • Quantos consulados do Brasil existem na Suíça e em que cidades estão localizados?
  • Quais os principais números de emergência na Suíça?

Quantos consulados do Brasil existem na Suíça e em que cidades estão localizados?

Há 3 consulados brasileiros na Suíça em caso você precise de ajuda. Eles estão localizados nas cidades de Zurique, Genebra e Berna. Veja endereços abaixo

Consulado do Brasil em Zurique

Endereço: Stampfenbachstrasse 138 – 8006 – Zurich

Telefone:  +41 44 206 90 20 

Consulado do Brasil em Genebra

Endereço: 4, rue de Lausanne – 1202 Genève

Telefone: +41 22 906 94 20

Consulado do Brasil em Berna

Endereço: Monbijoustrasse 68 – 3007 Bern

Telefone: +41 31 371 85 15  

Quais os principais números de emergência na Suíça?

Anote esses números de emergência e os tenha sempre contigo em sua viagem à Suíça:


117 Polícia

118 Bombeiros

144 Ambulância

1414 Swiss Rescue – para acidentes graves e resgate em áreas alpinas

112 European emergency number – se você não tem certeza se está em território suíço ou fronteiras use este número

Dicas de viagem à Suíça

Espero que tenha gostado do artigo e que ele tenha sido útil no planejamento de sua viagem!

Monique Ribeiro

travel-icon-183+ Dicas para planejar a sua viagem pela Suíça

 

  • Seguro de Viagem - Nunca se esqueça de contratar um Seguro de Viagem/Assistência Médica para a sua viagem pela Suíça! Algo que possui um custo baixo e pode evitar diversos problemas que poderiam causar stress à sua viagem. Recomendamos a Seguros Promo, um comparador de preços para você fazer a sua pesquisa e encontrar o melhor seguro de viagem de acordo com as suas necessidades ao melhor custo benefício. Cote os valores e garanta 5% de desconto usando o código do blog: MEJOGUEINOMUNDO5

 

  • Swiss Travel Pass: A melhor opção para explorar a Suíça utilizando toda a rede de transportes, o que inclui trem, ônibus e barcos em viagens ilimitadas mais gratuidade em rotas de trem panorâmicas pelo país e descontos em passeios aos Alpes e entradas em museus. Escolha o seu Swisspass aqui.

 

  • Global Pass: Caso seu roteiro inclua mais países pela Europa, talvez o Globalpass seja a melhor opção para você viajar de trem pela Europa. Informações e venda aqui.

 

  • Aluguel de carro na Suíça e Europa: Para quem quer ter a liberdade de explorar a Suíça e outros países da Europa que ficam na fronteira, o aluguel de carro é uma excelente opção! Recomendamos o site RentalCars, que é um buscador que mostra diversas locadoras de carros e os melhores preços.

 

  • Excursões e passeios pela Suíça com excelente custo benefício: Recomendamos a GetyourGuide. que é uma empresa líder mundialmente na venda de excursões e tickets para atrações em diversos países.  Mais de 100 opções de passeios pela Suíça feitos por agências locais como transfers de/para aeroportos nas principais cidades suíças e excursões aos Alpes, muitas vezes com preços mais baratos até mesmo do que comprando diretamente no guichê.

 

  • Pesquisa e reserva de hotéis: utilize o Booking.com, uma plataforma de busca e reserva de hotéis reconhecida mundialmente. Sempre pesquiso e acabo reservando hospedagem por lá por vários motivos, entre elesa possibilidade de muitas vezes reservar sem o cartão de crédito ou optar por pagar apenas na chegada e também é possível ler as avaliações de outros hóspedes.
    Veja aqui, por exemplo uma relação das hospedagens mais recomendadas nas principais cidades suíças:

 

 

Mais posts sobre a Suíça para te inspirar

Planejamento de Viagem à Suíça

Transporte na Suíça

Suíça nas diferentes estações

Principais cidades

Principais passeios em montanha

Lagos na Suíça

Vilas Suíças e dicas de passeios

Este post contém links de afiliados o que permite que um percentual de comissão seja repassado ao Blog em caso de reservas realizadas por aqui mas você leitor não paga nada a mais por isso e ainda contribui para manter o blog ativo e atualizado. Em caso de dúvidas consulte nossa Política de Publicidade. 

Mais de Monique Bianchi

Mercado de Natal medieval na Alsácia francesa

A Europa se transforma durante a época de Natal e uma das...
Leia Mais

7 Comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *