5 Trilhas na Suíça – conheça 5 trilhas epicas no pais

Dicas Trilhas Suica

Que a Suíça é um país repleto de paisagens paradisíacas todo mundo sabe, mas a melhor forma de explorar e conhecer essas paisagens de perto com certeza é trilhando. Há diversas trilhas na Suíça, para todos os gostos e condições físicas, e não é a toa que caminhar é considerado esporte nacional suíço.

Eu que sempre gostei de natureza vi minha paixão por caminhadas e trilhas só aumentar desde que vim morar na Suíça e sempre que possível saio a explorar e conhecer novas trilhas por aqui. Divido então nesse artigo 5 trilhas na Suíça que acho sensacionais e considero algumas das mais épicas que já fiz pelo país.

Nessas 5 trilhas você também irá encontrar pelo caminho alguns dos lagos mais lindos de toda a Suíça!

1 – Trilha dos 5 Lagos em Pizol

trilha dos 5 lagos em pizol

Essa trilha em Pizol é uma das mais populares na Suíça e uma das mais bonitas também.

É uma trilha panorâmica de montanha que passa por 5 lagos alpinos de beleza única. São eles: Wangsersee, Wildsee, Schottensee, Schwarzsee e Baschalvasee.

Leia também meu relato sobre a Trilha dos 5 Lagos em Pizol

trilha pizol suica

Informações básicas sobre a trilha dos 5 lagos em Pizol

Tempo médio de duração: 4:30

Nível de dificuldade: Médio

Distância: 11,4 km

Rota: Pizolhütte – Wangsersee – Pizolhütte – Wildseeluggen – Wildsee – Schottensee – Schwarzplangg – Schwarzsee – Gamidaurspitz – Baschalvasee – Gaffia

n

Como chegar até lá: De transporte público é fácil, basta se dirigir às estações de trem Bad Ragaz ou Sargans localizadas a apenas 1 hora de distância de Zurique ou St.Gallen por exemplo. A partir de uma dessas estações pegar o ônibus que leva até a estação Pizolbahnen de onde sai o bondinho. Mais info aqui.

Essa trilha em Pizol exige bastante condicionamento físico apesar de não ser considerada uma trilha difícil mas há 3 descidas e subidas desafiadoras. Além disso, o ideal é começar a trilha bem cedo, antes das 11 da manhã para conseguir no final da trilha pegar o teleférico e o bondinho para voltar, sendo que o último desce as 16:30 de Gaffia ou as 16:00 de Pizolhütte.

2 . Trilha dos 3 Lagos em Appenzel

A região de Alpstein em Appenzel é uma das mais incríveis da Suíça especialmente para fazer trilhas e acabou se tornando muito famosa devido ao Lago Seealpsee e ao Aescher Restaurante que fica em uma localização única, praticamente encravado na montanha.

lago samtisersee em appenzel

Mas há muitos outros lugares para serem explorados e nessa trilha dos 3 lagos temos a chance de conhecer alguns deles.

dicas trilhas suiça
O incrível Lago Fälensee em Alpstein

Essa trilha foi a mais desafiadora que fiz até hoje por ser bastante longa e também por exigir muito condicionamento físico e esforço nos joelhos. Ao mesmo tempo foi a trilha mais linda. Eu a repetiria mas dividiria o percurso em 2 dias.

Cada um dos 3 lagos pelos quais passamos é incrível e possui sua beleza própria! São eles o Seealpsee, o Fälensee e o Samtisersee.

Leia também meu relato sobre a Trilha dos 3 Lagos em Appenzel

a vila d emeglisalp em appenzel
A Vila Meglisalp em Appenzel

Informações básicas sobre a trilha dos 3 lagos em Alpstein

Tempo médio de duração: 6:30

Nível de dificuldade: Médio

Distância: 17,4 km

Rota: Wasserauen – Seealpsee – Unterstrich – Meglisalp – Widderalpsattel – Bollenwees am Fählensee – Sämtisersee – Plattenbödeli – Brülisau (pode ser feita nas duas direções)

n

Como chegar até lá: Trem até a estação Wasserauen. Veja mais info aqui.

3 – Trilha dos Lagos Jöriseen em Davos

trilhas mais bonitas suiça
Trilha Lagos Jörisee

Essa é uma trilha circular que passa por alguns lagos chamados de Jörisee. São lagos formados com água de derretimento de glaciar em cores incríveis de azul a verde e de água cristalina sendo possível ver até o fundo do lago.

Informações básicas sobre a trilha para os Lagos Jörisee

Tempo médio de duração: 4:30

Nível de dificuldade: Médio a Difícil

Distância: 11 km

Rota: Wägerhus – Winterlücke – Jöriseen – Jöriflüelafurgga – Wägerhus

n

Leia também meu relato sobre a Trilha dos Lagos Joriseen

Ao invés de fazer a trilha circular eu continuei até um abrigo na montanha chamado de Berghaus Vereina onde passei a noite.

Como chegar: A trilha começa em uma parada do passo alpino Fluelapass de onde se pode chegar de carro (há algumas vagas para estacionar) ou de ônibus a partir de Davos.

4 – Trilha Klingestock até Fronalpstock em Stoos

trilha em stoos

Essa trilha se inicia na verdade acima da vila de Stoos e é uma trilha no cume da montanha. Mas não se assuste, eu que possuo um certo medo de altura achei a trilha relativamente tranquila e com vistas panorâmicas incríveis dos lagos e montanhas da região.

Informações básicas sobre a trilha de Klingenstock até Fronalpstock

Tempo médio de duração: 4:30

Nível de dificuldade: Médio

Distância: 4.5 km

Rota: Stoos – Klingenstock – Rot Turm – Huser Stock- Furgeli – Fronalpstock

n

Como chegar até lá: De trem até Schwyz e então ônibus até a estação do funicular que sobe até a vila de Stoos. Aliás esse funicular super moderno é relativemente novo e é considerado o mais inclinado do mundo! Saiba mais aqui.

Ao chegar em Stoos caminhar até o teleférico que leva até Klingenstock.

trilhas alpes suicos

5 – Trilha dos 3 lagos no Vale Piora em Ticino

trilhas ticino suiça

Essa é uma trilha circular que fica no cantão de Ticino na região italiana da Suíça Ela passa por 3 lagos lindíssimos: o Lago Ritom, o Lago Cadagno e o Lago di Tom.

Como chegar: Trem até Airolo e ônibus até Piotta de onde se pega o funicular, um dos mais íngremes da Suíça, até o Vale Piora.

trilha em ticino

Informações básicas sobre a trilha dos 3 lagos no Vale Piora

Tempo médio de duração: 5h30

Nível de dificuldade: Médio

Distância: 15.5 km

Rota: Piora – Pizzo Föisc – Lago Ritom – Lago di Tom- Lago Cadagno – Piora

n

Essas são 5 trilhas diferentes e espetaculares que recomendo na Suíça.

Algumas dicas para aproveitar as trilhas na Suica

  • Use sempre calçados específicos para trilhas que possuam solado especial para terrenos montanhosos
  • Leve sempre na mochila ao menos 1,5 litro de água em garrafas que podem ser enchidas novamente e snacks como frutas, frutas secas, barras de cereal e sanduíches
  • Cheque a previsão do tempo sempre e um dia antes e leve uma jaqueta corta-vento mesmo caso esteja calor pois a temperatura nas montanhas é mais baixa e as vezes muda rapidamente
  • Se puder ir com alguém é sempre mais indicado afinal caso algum acidente aconteça como um tornozelo torcido, essa pessoa pode te ajudar
  • Sempre confira os horários do transporte publico e de montanha para chegar e sair ao final da trilha
  • Siga o percurso e as placas amarelas. Não se arrisque e evite sair da trilha apenas para garantir uma foto em lugares não autorizados e perigosos.

Mais de Monique Bianchi

Lavaux, a região vinícola patrimônio da UNESCO na Suíça

Lavaux é uma região produtora de vinho entre Montreux e Lausanne. São...
Leia Mais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *