Colmar, um charme de cidade na França

colmar alsacia

Colmar é uma cidadezinha francesa linda e encantadora na região da Alsácia e é um dos vilarejos mais importantes na famosa Rota do Vinho.

A Alsácia fica na fronteira entre a França, Alemanha e a Suíça e ao longo dos anos a região teve seu controle alternado entre a Alemanha e a França, por isso apresenta um mix das duas culturas como a influência alemã na arquitetura, por exemplo.

Colmar é a terceira maior cidade da Alsácia, depois de Mulhouse e Strasburgo e é um dos destaques da região.  Pessoalmente, acho que em uma viagem pela Alsácia, uma visita a Colmar é imperdível e considero uma das cidades mais lindas, principalmente por causa da sua famosa `La petite Venise‘,(pequena Veneza) alguns canais rodeados de casas charmosas,  lembrando a famosa cidade italiana Veneza.

O que ver em Colmar

Todas as atrações turísticas de Colmar se localizam no centrinho antigo que não é tão pequeno assim mas que pode ser explorado facilmente a pé. Ao flanar pelas ruas do centro antigo de Colmar repare na arquitetura, as cores e os detalhes das casas.É impossível não se encantar. Por alguns momentos pensamos estar dentro de um cenário de filme de conto de fadas.

colmar frança
Em frente a um dos canais próximos a Pequena Veneza em Colmar

Colmar é um exemplo de cidade que é preciso ser explorada sem pressa. Caminhando pela cidade, as paisagens vão se revelando. Como citei anteriormente, não deixe de ver e tirar fotos na Pequena Veneza de Colmar! Existe até um passeio de barco de 30 minutos pelo canal.

É muito mais fácil planejar viagens com o Me Joguei no Mundo!
Utilize os links dos nossos afiliados logo a seguir para conseguir descontos em hospedagens, seguro viagem, ingressos e muito mais!

Uma das principais atrações da cidade de Colmar é o Museu Bartholdi, casa em que Auguste Bartholdi, o escultor francês e criador da Estátua da Liberdade, residiu! Como eu estava apenas de passagem pela cidade, acabei não tendo tempo de entrar no museu, apenas apreciei a parte externa. Em uma próxima oportunidade quero visitá-lo, pois é possível observar varias outras obras do artista.

colmar museu bartholdi
Pàtio externo do Museu Bartholdi

Uma hora ou outra você irá dar de cara também com a Igreja Gótica de San Martin, a principal igreja da cidade e considerado monumento histórico francês.

Em relação às casas, uma das mais curiosas é a Maison dês Tetes com várias cabeças humanas esculpidas na fachada. Data de 1609 e abriga atualmente um Hotel e Restaurante, super bem recomendados pelos hóspedes no Booking.com, sendo uma ótima opção de hospedagem na cidade. Veja aqui.

A Maison Pfister é um palacete difícil de não ser notado, uma verdadeira jóia arquitetônica. A Maison Pfister é um dos símbolos de Colmar; foi construída em 1537 por Ludwig Scherer e também é considerado monumento francês.

maison pfister colmar
Maison Pfister em Colmar

Além disso há dezenas de restaurantes que servem pratos locais como o Chucrute e padarias com delícias de encher os olhos. Outra dica é também dar uma passadinha no mercado central coberto onde também há opções de alguns restaurantes e lanchonetes.

A cidade de Colmar é muito famosa também pelo mercado de Natal em dezembro onde a cidade toda fica enfeitada e consegue ficar ainda mais encantadora.

Leia também sobre o Mercado de Natal Medieval que acontece na cidade de Ribeauville!

colmar vilarejo frança

Como encaixar Colmar no seu Roteiro

Montar base em Colmar para visitar mais cidades da Alsácia Francesa

Muitas pessoas acabam conhecendo Colmar porque fizeram um roteiro passando também por outras cidades da Alsácia, o que é uma excelente ideia. São várias cidadezinhas e vilarejos e existe até a possibilidade de fazer a Rota do Vinho de bike passando pelas cidades.

Há diversas opções de hotéis charmosos pela região e Colmar é uma excelente escolha para montar a sua base pela Alsácia Francesa. Veja aqui no Booking.com diversas opções de Hoteis em Colmar.

Bate e volta a partir da Suíça

De carro

No meu caso, eu que moro na Suíça, sempre visitei Colmar até o momento no esquema de bate e volta afinal a cidade fica a menos de 2 horas de carro de onde moro.

Na minha última visita, inclusive, consegui encaixar outra cidade da Alsácia no roteiro: Eguisheim, que me agradou ainda mais do que Colmar por ser menor e mais pitoresca! Fui pela manhã, almocei em Colmar e usei a parte da tarde para conhecer Eguisheim, voltando no final da tarde para a Suíça. Esse mesmo percurso você pode fazer no sentido oposto.

Se está na região francesa e pretende conhecer um pouco da Suíça a cidade mais próxima é Basel, mas Colmar também não fica muito longe de outras cidades charmosas suíças como Lucerne ou Zurique. ( cerca de 2 horas de carro).

Na alfândega saindo da Suíça em direção à França, normalmente não há muito controle. Mas de qualquer forma nunca esqueça o passaporte, documentos do carro e um adesivo circular com as iniciaIs CH identificando o carro como sendo de território suíço. Normalmente carros alugados jà vêm com ele, mas confirme com a locadora. Saiba mais aqui neste post informações úteis  e dicas para quem pretende dirigir na Suíça.

De transporte público

A forma mais fácil de chegar a Colmar a partir da Suíça, de transporte público é a partir de Basel, também conhecida como Basileia, utilizando o trem. Há um trecho direto para a cidade. Para pesquisar e comprar bilhetes de trem veja veja o site da Rail Europe.

colmar dicas viagem

Outras cidades e pontos turísticos por perto

Na Alsácia Francesa

  • Castelo Haut-Kœnigsbourg : Um castelo medieval restaurado no alto de uma montanha, com uma vista incrível da região
  • Strasburgo, Eguisheim, Riquewihr, Ribeauvillé, Kayserberg

Além de outras cidades da Alsácia Francesa, Colmar fica próximo a diversos outros locais de interesse turístico, tais como:

Na Alemanha:

  • Floresta Negra e a cidade Friburg ( a 1 hora de carro)
  • Baden Baden ( 1h30 de carro)

Na Suíça

.Basel, a Basiléia

Se você ama cidades históricas e charmosas como Colmar, não deixe de conhecer essas outras que também ficam na Europa:

 

Espero que tenha gostado desse artigo e que ele tenha sido útil no planejamento de sua viagem!

Monique Ribeiro

travel-icon-183+ Dicas para planejar a sua viagem pela Europa

 
  • Encontre a hospedagem para sua viagem

    Recomendamos efetuar a pesquisa e reserva de seu hotel no Booking.com, uma plataforma de busca e reserva de hotéis reconhecida mundialmente. Sempre pesquiso e acabo reservando hospedagem por lá por vários motivos, entre elesa possibilidade de muitas vezes reservar sem o cartão de crédito ou optar por pagar apenas na chegada e também é possível ler as avaliações de outros hóspedes, o que auxiliar muito na decisão ao escolher um hotel.
 
  • Encontre seu Seguro de Viagem ao melhor preço 

    Nunca se esqueça de contratar um Seguro de Viagem/Assistência Médica para a sua viagem pela Europa! Um Seguro de Viagem é essencial para garantir que tudo corra bem em sua viagem e é algo que possui um custo baixo e pode evitar diversos problemas que poderiam causar stress à sua viagem. Recomendamos comparar os preços na SEGUROS PROMO e para garantir 5 % DE DESCONTO NA COMPRA DO SEU SEGURO VIAGEM você pode utilizar esse código: MEJOGUEINOMUNDO5
 
  • Global Pass e Bilhetes de Trem

    Está fazendo uma eurotrip e considera viajar de trem pela Europa? Excelente ideia! Saiba mais sobre o Globalpass que provavelmente é a melhor opção para você viajar de trem  sem stress pela Europa. Informações e venda aqui.
 
  • Compare preços de varias locadoras para alugar um carro na Europa

    Para quem quer ter a liberdade de fazer uma roadtrip pela Europa o aluguel de carro é  sem dúvida uma excelente opção! Recomendamos o site RentalCars, que é um buscador que mostra diversas locadoras de carros e os melhores preços.
 
  • Excursões e passeios com excelente custo benefício/Compre tickets das principais atrações turísticas de cada país com antecedência

    Recomendamos a GetyourGuide. que é uma empresa líder mundialmente na venda de excursões e tickets para atrações em diversos países.
  Este post contém links de afiliados o que permite que um percentual de comissão seja repassado ao Blog em caso de reservas realizadas por aqui mas você leitor não paga nada a mais por isso e ainda contribui para manter o blog ativo e atualizado. Em caso de dúvidas consulte nossa Política de Publicidade. 

Mais de Monique Bianchi

Roma – Visita ao Coliseu

Neste post relato como é  a Visita ao Coliseu, uma incrível incursão por...
Leia Mais

31 Comments

  • Ola, estou indo agora em junho e gostaria de saber como fazer para me deslocar do aeroporto EuroAirport Basel-Mulhouse-Freiburg para Colmar.
    Vc me daria alguma sugestão?
    tem trtansporte dentro ou perto do aeroporto?

    Além de COlmar, qual seria a sua sugestão proxima. Ficarei hospedada em COlmar.

    Grata e abs

    • Olá Fabiola tudo bem? Tem um serviço de ônibus chamado Flixbus que leva direto do aeroporto a Colmar em 1h20. É a opção mais prática e barata. Acess eo site da flixbus pra ver se consegue comprar o ticket online. Senão outra opção é pegar um ônibus comum do aeroporto até a estação de Basel e de lá pegar o trem a Colmar. Espero que curta a viagem. Abraços

  • Olá Monique, tudo bem? estou planejando uma viagem pela Suíça com meu esposo agora em Janeiro… Vamos ficar em Interlaken alguns dias como sede. Gostaria de saber se você acha viável fazer um bate e volta a Colmar, saindo de lá e passando em Berna? Se sim, vale a pena alugar um carro ou é mais tranquilo ir de trem. Muito obrigada! Amei as dicas! Bjs

  • Olá! Muito legal seu post! 🙂 Será que vc poderia me ajudar? Como tinha milhas a expirar em alguns meses e tenho férias no fim do ano (2 semanas), peguei passagens de volta para mim e meu marido Paris – Rio… e agora estou na dúvidaaa do que fazer, para onde ir… Não quero ficar em Paris, pois já conheço e a Alemanha tb… pensei muito em fazer Alsácia e mais algum(ns) lugar(es)… eu conheço muitos países da Europa, mas não conheço a Suiça, Bélgica e Luxemburgo. Sabe como seria a melhor maneira de encaixar algum desses lugares na viagem? E como eu chegaria à Alsácia? Não queria alugar carro… principalmente no inverno. Gostaria de conhecer, pelo menos, Estrasburgo e Colmar. Muitooo obrigada!

    • oi Vanessa tudo bem? Se vc não alugar carro, uma forma de chegar até a Alsácia é de trem e de lá bus para as cidades menores. A região fica próxima da Suíça, da cidade de Basel, o que recomendaria conhecer em pelo menos um bate e volta. Daria para encaixar facilmente a Suíça com a Alsacia, como exemplo!

      Abraços

  • Oi Monique adoro o seu blog,acompanho ha um tempo.Eu morei em Colmar por 2 anos,com o meu marido frances,na verdade ainda moro só estou de ferias por 4 meses no Brasil.
    Adoro seu blog bjoos

  • Ola, Monique, obrigada pela resposta.
    Mexi muito no seu blog e achei ele incrível, queria mais tempo na Suíça 🙁 Principalmente nos Alpes, que não vai dar para conhecer, pq é caro e não tenho muito tempo, nem dinheiro.
    Ja comprei minha passagem e chegarei pela Suíça, mas não por Basel e sim por Zurich.
    Acho melhor trocar euro por franco no aeroporto. Compensa? E vou comprar a passagem pelo site da sbb.ch.
    Zürich Hauptbahnhof é perto do centro e da rua Bahnhofstrasse? E as igrejas St. Peterkirche, Fraumünster e Grossmünster estão neste meio também? Da para fazer tudo a pé?

    • Oi Laucelly vc vai ter que trocsr no aeroporto mesmo até para comprar o bilhete de trem, acho que vale mais à pena. Em relação a esses pontos turísticos de Zurique são todos perto da estação, em uma caninhada de 15 a 20m vc chega lá! Abs e boa viagem

  • Olá Monique,

    Estou indo para esta região em dezembro. Devo chegar em Basileia e ir direto para Alemanhã, Freiburg. Porque é a cidade mais perto.
    Ficarei em Freiburg e vou passar um dia em Colmar e Estrasburgo.
    Em um outro vou para Berna e Basileia.

    Como faço em relação a moeda? Troco por Franco? Ou na Suiça aceita Euro normal? Contando que chego na Suiça e pego um trem para Alemanha (gastando em Franco) (ou é melhor reservar?) e ficarei 1 dia depois na Suiça. Vou em um evento na pequena cidade de Freiburg e essas viagens é pelo evento (pra França e Suiça).
    Obrigada.

  • Monique boa tarde.
    Como estão as coisas ai na Suíça, tudo bem.
    Achei por um acaso seu blog quando fui falar com amigo Jerome que mora em Colmar.
    Muita linda a cidade.
    Eu estou requerendo minha cidadania italiana, meu avô veio da cidade de
    Pignataro Interama Lazio.
    Pretendo viajar para lá e conhecer a cidade de meu avô.
    Não sei como começar a me organizar. Podes me ajudar!
    Meu face: Giovani Manetta
    meu email: giomanetta@gmail.com
    Sou de Blumenau Santa Catarina.

  • Olá Monique!

    Gostaria de algumas informações sua de roteiro.

    Em dezembro pretendo ir para Itália (Milão e os Lagos). Já no Lago Maggiore proximo a Suiça, pretendo conhecer Ascona ou Locarno.

    Depois de todo esse roteiro penso em ir para a Alsácia.

    A pergunta é: da Itália divisa a Suiça, fica muito distante para Alsácia?

    A ideia é fazer tudo de carro a partir de Milão.

    Tenho aproximadamente 20 dias no total.

    Do dia 19/12 a 07/01/16

    Desde já agradeço sua atenção

    Evian Rose

    • Olà Evian tudo bem? Acho que jà te vi pelo Instagram… Então, vamos là, a parte italiana da Suiça na divisa ali com Milao não fica muito longe da Alsácia. Mas é um caminho de mais de 300km, porque você tem que atravessar praticamente toda a SuiçA central pra chegar na borda com a divisa com a França. Fiz uma simulaçao no Google Maps de Ascona a Colmar e deu 3h40 minutos.Porém você tem que considerar a passagem pelo túnel Gothard que quase sempre tem trânsito e costuma dar uma travada. Ah e sem contar que nessa época que vc vem é inverno. Na Suiça eles limpam muito bem as rodovias e quase nunca acontece de você passar por là e ter gelo o que dificulta e faz com que os carros dirijam em uma velocidade reduzida mas jà não digo o mesmo da Italia.Fora isso tem também as snowshower que atrapalha visibilidade. Ou seja nessa época um caminho que levaria umas 3h para ser feito vai levar um pouco mais de 4h considerando todos esses fatores. Eu acho um caminho meio cansativo mas claro que dà pra fazer. O ideal seria ter alguma parada na metade do caminho claro, mas dependendo da hora que fizer esse trajeto ainda dà tempo de chegar na Alsacia e fazer algum passeio por là,a pé mesmo para curtir as cidades.
      Espero ter ajudado.
      Abraços

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *