Zermatt em um final de semana

zermatt-roteiro

Um dos destinos de sonho na Suíça

A cidade de Zermatt é uma das queridinhas da Suíça e há vários fatores que contribuem para isso.  Zermatt é uma vila nos Alpes relativamente pequena mas conhecida e visitada por turistas de todo o mundo. Uma das principais razões e motivos para essa fama tem nome e se chama Matterhorn, a montanha de formato peculiar que se localiza acima da cidade.

zermatt-suiça dicas

Zermatt e a Matterhorn

Matterhorn é uma das montanhas mais altas dos Alpes, com 4478 m de altitude. Chamada de Monte Cervino em italiano é a única montanha que possui um formato triangular lembrando uma pirâmide. Por causa disso exerce um grande fascínio, e muitos dos que já tentaram alcançar o topo acabaram perdendo a sua vida por lá (cerca de 500 alpinistas). Além disso, é também conhecida como a montanha Toblerone porque foi a inspiração para a criação e formato do chocolate homônimo.

zermatt-reflexo

A Mattterhorn e o efeito espelhado no lago Riffelsee. Percebm que a foto está de ponta cabeça? 🙂


Não se esqueça de adquirir um Seguro de Viagem/Assistência de Viagem! Algo que possui um baixo investimento e pode evitar diversos problemas que poderiam causar stress à sua viagem. Recomendamos fazer a cotação no comparador de preços da Seguros Promo que trabalha somente com as melhores seguradoras e oferece diversos descontos. Parcele em até 12x e garanta mais 5% de desconto usando o código do blog: MEJOGUEINOMUNDO5

O que faz Zermatt tão especial

Não bastasse ser o local da montanha mais fotografada do mundo, Zermatt é uma cidade de muitas outras peculiaridades:

  • Car free – apenas pequenos veículos elétricos circulam pela cidade, como ônibus, táxis e carros comerciais para entregas ou transporte de turistas para os hotéis
  • Possui neve nas montanhas 365 dias por ano, ou seja, esqui por ali é praticado em qualquer época do ano
  • Apesar de ser uma pequena vila há cerca de 110 hotéis com capacidade para até 7000 turistas ( sem contar os Airbnb e apartamentos de temporada que somam mais lugar para 4000 turistas)
  • Possui cerca de 100 restaurantes na vila e 50 nas montanhas
  • Possui a mais longa pista de esqui da Europa somando 25km!
  • É onde fica o hotel mais alto da Europa ( 3100 Kulmhotel Gornegrat)



Booking.com

vila-de-zermatt


Booking.com

Como chegar a Zermatt

De trem

Como Zermatt é uma cidade livre de carros a melhor opção para se chegar à cidade é de trem. Há inclusive a opção de mesclar a visita à cidade com a rota de de trem panorâmica Glacier Express, considerada uma das mais cênicas do mundo.


Para a cotação e reserva de Hotéis aos melhores preços recomendamos a Booking.com. Leia as reviews de outros hóspedes e pague a sua estadia apenas quando chegar ao hotel.

Alugar um carro na Suíça é uma boa ideia. Recomendamos usar a RentalCars para pesquisar e efetuar a reserva de um carro no país. Você pode comparar os preços entre as melhores locadoras e economizar.

Para quem tem o Swisspass, que é uma mão na roda para explorar o país e dá passe livre ao transporte público no país, a rota do Glacier Express está inclusa! Você precisará apenas arcar com o custo de reserva do assento que é obrigatória.

Conheça o Swisspass, um passe de trem que permite transporte ilimitado dentro de toda a Suíça mais outros benefícios como descontos em museus.

cidade-zermatt

 

De carro

Se você alugou um carro durante a sua viagem para a Suíça, o que é uma boa ideia, existe a possibilidade de dirigir até o vilarejo de Täsch, que fica apenas a 15 minutos de Zermatt. Lá você precisa estacionar o carro ( pagamento por diária) e pegar o trem até Zermatt ou um táxi.

Leia também:

1 – Tudo o que você precisa saber para dirigir na Suíça

2 – 6 Motivos para fazer uma roadtrip pela Suíça

3- Swisspass ou alugar um carro?

Abaixo as distâncias médias de carro saindo de outras cidades europeias próximas:

  • Charmonix – 2.5h
  • Milão – 3.5h
  • Munique – 6.5h
  • Innsbruck – 6.5h

De avião

Para quem chega à Suíça e quer ir direto a Zermatt, abaixo as distâncias médias dos principais aeroportos no país:

Do Aeroporto de Zurique – 3.5 h de trem ou (de carro)

Do Aeroporto de Genebra – 4h (de trem) 3h(de carro)

Do Aeroporto de Basel (Basiléia) – 4h (de trem) 3.5h (de carro)

matterhorn-zermatt

Caminhando na região de Gornegrat

Minha rota

Eu fui de trem saindo de Zurique. Há 1 troca de trem nesse trajeto. O trem sai de Zurique em direção a Brig e devemos trocar de trem em Visp. O trajeto total levou cerca de 3.5h e é um pouco cansativo porque as paisagens não são muito interessantes, portanto não se sinta culpado caso o sono bata, e economize as energias para quando chegar em Zermatt.

mapa zurique zermatt

zermatt-suic%cc%a7a

 

Em que época visitar Zermatt

Zermatt é muito famosa no inverno, sem dúvidas, afinal é um dos principais resorts de esqui e esportes de inverno. São cerca de 360km de pista! Além disso, a cidade se torna ainda mais charmosa no inverno, com toda a neve cobrindo as paisagens e o número de turistas aumenta.

Contudo, se você não consegue se planejar para visitar Zermatt no inverno, durante as outras épocas a cidade também oferece muitas vantagens. Uma delas é a quantidade de trilhas presentes nas montanhas da região para hiking e biking.

matterhorn-montanha-toblerone

Em abril por exemplo existe um famoso festival de musica chamado Zermatt Unplugged.

Eu visitei Zermatt no comecinho do outono e achei a paisagem linda, já começando a ficar em tons coloridos, porém o tempo é bem instável e momentos de sol se alternam com momentos em que a Matterhorn pode ser totalmente encoberta pelas nuvens.

Leia aqui mais sobre visitar a Suíça no Outono

Ou

Vantagens de visitar a Suíça na primavera e verão

Como se locomover na cidade

Essa é uma das principais dúvidas que surgem ao organizar uma viagem para Zermatt, afinal não há a possibilidade de alugar carros, porém como a cidade é relativamente pequena a locomoção é bem fácil. Se você se hospedar em um hotel na parte central da vila estará perto de relativamente todos os pontos turísticos em questão de minutos de caminhada. Caso o hotel seja um pouco mais afastado, existe a opção de ônibus elétricos, taxis elétricos ou até mesmo carruagens.

glaciar zermatt inverno

Um glaciar incrível no alto da Gornergrat

cidade historica zermatt

Onde se hospedar em Zermatt

Não se assuste ao pesquisar os valores de hotéis na região de Zermatt, pois sim, o preço é alto. Se você está procurando algo para uma data especial, como lua de mel, provavelmente Zermatt é o lugar certo pois é onde se localiza alguns dos melhores hotéis da Suíça.



Booking.com

 

Um deles é o Hotel 5 estrelas The Omnia que foi eleito Hotel do Ano pelo TripAdvisor.

Outros hotéis tão bons quanto e também famosos e bem avaliados são:

Caso você queira uma experiência diferente eu recomendaria o 3100 Gornegratt, o hotel mais alto da Europa, no topo da Gornegratt ou o Hotel Riffelhaus que citei acima, que possui uma das vistas mais incríveis da Matterhorn e você ainda pode curtir a vista de dentro de um ofurô.

dica hotel zermatt

Hotel Riffelhaus!! É de apaixonar uma vista dessas né? Foto: myswitzerland

Caso a maioria dos hotéis estejam esgotados, outra opção é procurar por apartamentos ou chalés para alugar por diárias. No Booking.com é possível encontrar várias opções e se você estiver viajando em grupo, é algo que compensa bem.

Se você está procurando algo mais low-budget não se preocupe pois há sim outras opções, mas tente pesquisar com muita antecedência.Faça a sua pesquisa utilizando o Booking.com.

Outra dica é procurar um quarto ou apartamento no Airbnb. Foi o que fiz dessa vez e achei que valeu bem à pena. Meu apartamento não possuía vista para a Matterhorn de dentro do quarto, mas bastava subir uns degraus na parte exterior e eu conseguia ter uma vista maravilhosa da montanha! Além disso, ficava bem pertinho do centro me permitindo fazer tudo a pé e ainda possuía uma mini cozinha com microondas.

Atrações – O que fazer em Zermatt

passeios-zermatt

Zermatt oferece muitas opções de passeios, mas os principais são os passeios a montanhas para ver mais de perto a Matterhorn. São eles:

Principais passeios em montanhas

  • Gornergraté o passeio mais popular de Zermatt que nos leva mais perto da Matterhorn! Um passeio de trem que leva ao topo da montanha Gornergrat em cerca de 33 minutos. Paisagens impressionantes começam a aparecer já nos primeiros minutos após a partida do trem. Lá no topo há mais de 3000m de altitude (3135m para ser exata) existe uma plataforma de onde é possível apreciar melhor a Matterhorn e uma cadeia de 29 Alpes. Além disso, é lá que fica o Hotel 3100 Gornegrat, simplesmente o hotel mais alto na Europa. Há estações intermediárias até chegar ao topo e recomendo muito parar na estação chamada Rotelboden que é onde se localiza o fabuloso lago Riffelsee. Se você der sorte com o tempo conseguirá ver o efeito espelho da Matterhorn nesse lago! Confira meu post sobre esse passeio incrível!

 

  • Sunegga & Rothorn – é outra opção de passeio para ver a Matterhorn de pertinho. A subida é feita numa espécie de trem inclinado e em apenas 4,5m se chega a estação Sunegga. Entre todas as atrações disponíveis por lá destaco a trilha dos 5 lagos, uma trilha de 10km com algumas das paisagens mais fotografadas de Zermatt

 

  • Matterhorn Glacier Paradise e Schwarzsee – neste passeio você chega até o topo da estação de bondinho mais alta da Europa! Algumas atrações por lá são uma plataforma que proporciona uma visão 360 graus da região e dos Alpes e um palácio de gelo. No verão há também a opção de descer de boia pela neve. A Juliana do Eu Ando pelo Mundo conta mais desse passeio aqui.

    Demais passeios e pontos turísticos em Zermatt

    • Passear pela vila e centrinho histórico
    • Conhecer a parte antiga da cidade com casas de até 500 anos
    • Esquiar ou praticar outros esportes de inverno
    • Cemitério dos Alpinistas – um cemitério dedicado aos 500 alpinistas que morreram tentando escalar a Matterhorn
    • Gornerschlucht – cachoeiras
    • Matterhorn Museum – localizado no centrinho da cidade
    • Experimentar a culinária local

    Verifique também algumas opções de tours e excursões oferecidas por agências locais através do site Viator.

    ruas-zermatt

    Quantos dias ficar em Zermatt?

    A resposta depende muito das atividades que você está planejando realizar por lá.Para quem gosta de esquiar com certeza vale à pena ficar mais tempo, mas eu achei 3 dias um bom período para conseguir explorar os principais pontos turísticos de Zermatt. O único porém é que existe a possibilidade do clima nao colaborar e atrapalhar os passeios de montanha, sem muito tempo hábil de replanejá-los.

    Minhas expectativas sobre Zermatt foram alcançadas e confesso que imaginava que a cidade nem era tudo isso, e que talvez fosse muito uma questão de marketing, mas posso afirmar que é uma das cidades mais belas e especiais da Suíça!

    Espero que você tenha a oportunidade de conhecê-la! Eu pretendo voltar agora no inverno, para ver a diferença das paisagens! E você, quando pretende visitar Zermatt?

    Espero que você tenha se inspirado com esse artigo e caso tenha algo a acrescentar não se intimide e comente abaixo 🙂

travel-icon-183+ Dicas para planejar a sua viagem pela Suíça

  
  • Seguro de Viagem - Nunca se esqueça de contratar um Seguro de Viagem/Assistência Médica para a sua viagem pela Suíça! Algo que possui um custo baixo e pode evitar diversos problemas que poderiam causar stress à sua viagem. Recomendamos a Seguros Promo, um comparador de preços para você fazer a sua pesquisa e encontrar o melhor seguro de viagem de acordo com as suas necessidades ao melhor custo benefício. Cote os valores e garanta 5% de desconto usando o código do blog: MEJOGUEINOMUNDO5
 
  • Swiss Travel Pass: A melhor opção para explorar a Suíça utilizando toda a rede de transportes, o que inclui trem, ônibus e barcos em viagens ilimitadas mais gratuidade em rotas de trem panorâmicas pelo país e descontos em passeios aos Alpes e entradas em museus. Escolha o seu Swisspass aqui.
 
  • Global Pass: Caso seu roteiro inclua mais países pela Europa, talvez o Globalpass seja a melhor opção para você viajar de trem pela Europa. Informações e venda aqui.
 
  • Aluguel de carro na Suíça e Europa: Para quem quer ter a liberdade de explorar a Suíça e outros países da Europa que ficam na fronteira, o aluguel de carro é uma excelente opção! Recomendamos o site RentalCars, que é um buscador que mostra diversas locadoras de carros e os melhores preços.
 
  • Excursões e passeios pela Suíça com excelente custo benefício: Testamos a Viator e recomendamos. É uma das principais companhias que vendem passeios mundialmente e eles possuem parceria com diversas agências de turismo na Suíça. Mais de 100 opções de passeios pela Suíça, transfers de/para aeroportos nas principais cidades suíças e excursões aos Alpes com preços mais baratos até mesmo do que comprando diretamente no guichê. Veja aqui todas as opções de passeios oferecidos.
 
  • Pesquisa e reserva de hotéis: utilize o Booking.com, uma plataforma de busca e reserva de hotéis reconhecida mundialmente. Sempre pesquiso e acabo reservando hospedagem por lá por vários motivos, entre elesa possibilidade de muitas vezes reservar sem o cartão de crédito ou optar por pagar apenas na chegada e também é possível ler as avaliações de outros hóspedes. Veja aqui, por exemplo uma relação das hospedagens mais recomendadas nas principais cidades suíças:
   

Mais posts sobre a Suíça para te inspirar

Planejamento de Viagem à Suíça

Transporte na Suíça

Suíça nas diferentes estações

Principais cidades

Principais passeios em montanha

Lagos na Suíça

Vilas Suíças e dicas de passeios

Este post contém links de afiliados o que permite que um percentual de comissão seja repassado ao Blog em caso de reservas realizadas por aqui mas você leitor não paga nada a mais por isso e ainda contribui para manter o blog ativo e atualizado. Em caso de dúvidas consulte nossa Política de Publicidade. 

You Might Also Like

22 Comments

  • Reply Dicas de Lucerne, uma das cidades suíças mais lindas | Me joguei no Mundo 30 de maio de 2017 at 6:51 PM

    […] Dicas para passar um final de semana em Zermatt […]

  • Reply Dicas para montar o seu roteiro na Suíça de forma independente | Me joguei no Mundo 29 de maio de 2017 at 6:29 AM

    […] Zermatt – a vila alpina mais famosa onde se encontra a montanha Toblerone(Matterhorn) […]

  • Reply Luciano 9 de abril de 2017 at 10:46 AM

    Olá Monique, tudo bem?

    Minha esposa e eu estaremos indo passar a lua de mel na Suíça e estaremos em Zermatt somente no dia 16/05/2017. Gostaríamos de saber qual o valor da tarifa para subir e descer ao Matterhorn Glaciar Paradise, parando em Schwarzsee para conhecer o lago que existe lá.

    Não conseguimos entender o site para compra dos tickets para a subida e descida.

    Achamos nesse site: https://www.matterhornparadise.ch/en/winter/tickets-skipasses/single-ride-tickets e não temos certeza se o Return Tickets é de ida e volta, ou só volta.

    Tens como nos ajudar?

    Desde já agradecemos!

    • Reply Monique Bianchi 18 de abril de 2017 at 5:49 PM

      Olá Luciano, tudo bem? Desculpe a demora em responder, mas estava de férias e só agora vi seu comentário! Bom, o return ticket é mesmo ida e volta. Nesse caso, esse passeio até o Glaciar Paradise custa CHF 100 por pessoa caso não possua o Swiss Pass. Abraços!

  • Reply Nei Alves 11 de março de 2017 at 2:34 PM

    Olá, Parabéns pelo Blog e pelo post.
    Estou indo para Zermatt daqui duas semanas e terei um casamento no Iglu Dorf e gostaria muito de dar uma esticada no Lago Riffelsee. Você sabe me dizer se há algum tipo de controle para visitar o Lago ou horário permitido? Pois como vou dormir no Iglu queria ir bem cedo ver o lago, porém não sei se há horário, quando você foi tinha alguma placa e tudo mais?
    Muito Obrigado!

    • Reply Monique Bianchi 17 de março de 2017 at 12:30 PM

      Olá Nei tudo bem_? Infelizmente nao sei te dizer. Acredito que não haja um controle, porém se tiver muita neve por lá, pode ser que nao seja mto recomendado andar por aquela parte. Melhor se informar lá na estaçao ok? Abraços

  • Reply Tatiana 3 de dezembro de 2016 at 2:05 PM

    Com todas estas dicas e fotos estou conpletamente apaixonada pela Suíça! E também adoro frio! Já entrou para a lista de próximas viagens. 🙂

  • Reply Juliana Moreti (www.turistando.in) 3 de dezembro de 2016 at 1:02 PM

    Muito lindo teu post! Tenho lido vàrias coisas sobre Zermatt e tenho ficado com muita vontade de conhecer! Tuas fotos são lindas!
    😉

  • Reply Ana Coutinho 3 de dezembro de 2016 at 7:56 AM

    Parabéns pelo post, mas principalmente pelas fotos incríveis. Estou de queixo caído com tanta beleza.
    Já esta na minha lista de prioridades. Amei, amei, amei.

  • Reply Lucas Nascimento 3 de dezembro de 2016 at 3:21 AM

    Parou tudo, que post é esse? Que lugar é esse? FANTÁSTICO!!
    Adorei o artigo, fotos lindas. Vendeu o passeio. Muita vontade de conhecer agora. Parabéns

  • Reply Nanda Castelo Branco 3 de dezembro de 2016 at 12:07 AM

    Que lugar lindo, entrou para a lista de viagens dos sonhos! *-*

  • Reply Caren Sales 2 de dezembro de 2016 at 11:58 PM

    Que cantinho mais lindo de se ver.!
    Da vontade de conhecer… amei o post.!

  • Reply Keul Fortes [Turistando no Mundo] 2 de dezembro de 2016 at 11:44 PM

    Que lugar lindo! E essas fotos? Maravilhosas! Parabéns pelo post, eu ameiii. =)

  • Reply Fernanda Souza 2 de dezembro de 2016 at 9:16 PM

    Queria muito ter tido tempo de conhecer Zermatt e esse post só me trouxe a certeza que preciso voltar para a Suíça. As fotos estão MARAVILHOSAS, Monique. Parabéns!

  • Reply Zudi 2 de dezembro de 2016 at 6:50 PM

    Monique, adorei conhecer seu blog, ótima fonte sobre a Suiça. E Zermatt já foi para minha lista de lugares para visitar.

  • Reply Gê Azevedo 2 de dezembro de 2016 at 5:37 PM

    Que post sensacional! Adorei tudo, fiquei encantada. E essas fotos estão dignas de revista! Parabéns!

  • Reply Fábio Junior Alves 2 de dezembro de 2016 at 4:47 PM

    Que fotos maravilhosas!!! Sonho em conhecer Zermatt, este post está entre meus favoritos da Suiça, um dos mais completos que já li, parabéns!

    • Reply Monique Bianchi 2 de dezembro de 2016 at 5:10 PM

      Muito obrigada Fabio! Zermatt realmente é demais e vale mesmo a visita! Beijoos 🙂

  • Reply passaporte no bolso 18 de outubro de 2016 at 9:11 AM

    Suas fotos são muito bonitas, parabéns! Na Suiça estive apenas em Saint Moritz, acho que tenho de visitar outras cidades. Fiquei com vontade de conhecer Zermatt.

    • Reply Monique Bianchi 24 de outubro de 2016 at 4:35 PM

      Muito obrigada! Sim, a Suíça possui paisagens sensacionais. Sao muitas as cidades a visitar! Beijos

  • Reply Débora Rodrigues 17 de outubro de 2016 at 11:26 PM

    Oi Monique, tudo bem? Vou a Zermatt em novembro e gostaria de fazer a trilha dos 5 Lagos. Você que fez, poderia me fornecer mais informações? Tipo onde devo fechar esse passeio ou se faço de forma individual, qual o valor, se existe época do ano que não pode fazer, etc.

    • Reply Monique Bianchi 24 de outubro de 2016 at 4:42 PM

      Oi Débora, é uma trilha na montanha Sunegga. Nao se trata de um passeio guiado. Você só precisa comprar o ingresso até Sunegga e de lá ir seguindo as plaquinhas. Começa em Blauherd e no total sao 5 km de trilha. Abraços!

    Leave a Reply