Lagos Plitvice, a maior atração turística da Croácia

Cachoeiras do Lago Plitvice
Uma das cachoeiras dos Lagos Plitvice

Se você procura por paisagens naturais de tirar o fôlego e que parecem ser de mentira, os Lagos Plitvice na Croácia não irão decepcionar pois são um verdadeiro fenômeno da natureza, com paisagens únicas e de extrema beleza localizados na Croácia Central.

O Parque Nacional dos Lagos Plitvice é a atração mais popular da Croácia e foi a primeira grande razão que me fez montar um roteiro pelo país. Uma simples foto dessa beleza natural me convenceu totalmente de que deveria fazer esta viagem e acho que assim como eu várias pessoas não se arrependeram da escolha!

Cachoeiras do Lago Plitvice
Uma das cachoeiras dos Lagos Plitvice – foto de Monique Bianchi Ribeiro

 

Lagos plitvice dicas

O PARQUE NACIONAL DOS LAGOS PLITVICE

Também chamado de Plitvicka Jezera em croata, o Parque dos Lagos Plitvice é o maior dos 8 Parques Nacionais presentes na Croácia, com uma área de praticamente 300 km2

É muito mais fácil planejar viagens com o Me Joguei no Mundo!
Utilize os links dos nossos afiliados logo a seguir para conseguir descontos em hospedagens, seguro viagem, ingressos e muito mais!

Os Lagos Plitvice conseguiram o titulo de Parque Nacional em 1979 quando foram incluídos na lista da UNESCO de Patrimônios Naturais da Humanidade e não é para menos, afinal as cachoeiras, cascatas e lagos presentes formam espetaculares paisagens, daquelas que dificilmente se esquece.

São 16 lagos conectados por uma série de cachoeiras. As cores das águas são de cair o queijo, numa variação entre diversos tons de azul e verde. O Parque dos Lagos Plitvice é gigante! Formado por uma rica fauna e flora local, já foram catalogadas mais de 1267 espécies de plantas, 55 tipos diferentes de orquídeas, 161 espécies de pássaros e 321 espécies de borboletas.

tudo sobre os lagos plitvice
Diversas paisagens dos Lagos Plitvice – foto por Monique Bianchi Ribeiro
paisagem lagos plitvice
foto por Monique Bianchi Ribeiro

 

trilha lagos plitvice
Uma das paisagens pelas quais passamos fazendo a trilha F dos Lagos Plitvice – foto por Monique Bianchi Ribeiro
paisagem incrivel lagos plitvice croacia
foto por Monique Bianchi Ribeiro

COMO CHEGAR AO PARQUE LAGOS PLITVICE NA CROACIA

O Parque Nacional dos Lagos Plitvice fica localizado na Croácia Central, cerca de 140 km do Aeroporto de Zagreb, um dos aeroportos mais próximos.

  • De carro –>No meu caso, eu e minhas amigas alugamos um carro, e fomos de Zagreb até os Lagos Plitvice. Fomos seguindo o GPS que causou uma grande confusão, pois ao passarmos por uma placa indicando a direção dos Lagos Plitvice (ATENÇÃO pois nas placas em croata está sempre escrito Plitvicka Jezera) ele nos mandou irmos para o outro lado e foi o que fizemos, porém uma série de enganos ocorreu e o caminho que deveria nos levar até o Parque em 2 horas, levou um pouco mais de 3.

 

parque nacional dos lagos plitvice
Foto por Monique Bianchi Ribeiro

Imaginem que estávamos em uma autoestrada, super tranquila, com bom asfalto, placas e a velocidade permitida era de 130 km/h. Assim que seguimos as indicações do GPS, fomos parar em uma estrada com partes de terra, que passava entre umas cidades que mais pareciam vilas e a velocidade era de 30 a 50km/h.

Foram 2 as situações em que tivemos de parar e certificar de que o caminho estava correto, afinal as placas haviam sumido.Paramos em um posto de gasolina num primeiro momento e surpresa: nenhum funcionário falava em inglês. Por sorte havia um grupo de adolescentes que nos viu e uma delas que nos entendeu e se dispôs a perguntar para alguém e nos traduzir o caminho .

Após perguntar para alguém do posto, essa garota voltou com um papel com nome de 5 cidades croatas, que deveríamos seguir as placas para assim alcançarmos os Lagos Plitvice. Continuamos o caminho, mas ele ficava cada vez mais estranho e resolvemos parar novamente, em meio a uma cidade, onde praticamente teríamos que tocar a campainha de alguém, pois não havia pessoas andando nas ruas. Achamos uma espécie de bar, lanchonete e fomos lá tentar a sorte. Não foi mais surpresa ao descobrirmos que ninguém falava inglês, mas mesmo sem nos entender um senhor começou a falar croata conosco e pediu um papel anotando os nomes das placas que deveríamos seguir. Foi uma experiência e tanto, ouvindo aquele senhor explicando incansavelmente em croata as instruções do caminho e a gente tentando absorver algo daquilo. O senhor e uma senhora foram muitos simpáticos conosco e lá fomos seguir viagem.

placa estrada lagos plitvice
placa estrada lagos plitvice – Foto por Monique Bianchi Ribeiro

Finalmente conseguimos ter um pouco mais de certeza de que estávamos no caminho certo e eis que algo acontece. Um guarda escondido em uma curva nos manda parar o carro e pede o documento. Disse que estávamos acima da velocidade permitida de 50km/h. Não havia placas naquele trecho, mas admito que estávamos a uns 60 km/h, pois mostrava no GPS e foi um momento de distração numa estrada deserta croata. Maaaaas a maior surpresa de todas foi que o guarda nos pediu dinheiro: 500 KUNAS!! Ao ver que ficamos muito surpresas, ele foi logo abaixando o valor para 200 kunas e resolvemos pagar logo e ir embora, sem arranjar problema. Trash, mas até nas estradas desertas da Croácia, tem que ficar ligado!

Estacionamento—>Há 2 estacionamentos, um em cada entrada do Parque e o valor cobrado para carros é de 7 Kunas por hora. . O horário de funcionamento é das 7h00 a.m às 10h00 p.m.

viagem croacia lagos plitvice

  • De ônibus–> Da estação principal de ônibus de Zagreb saem vários ônibus que passam pelos Lagos Plitvice. Caso esteja no aeroporto de Zagreb, há do lado de fora alguns ônibus que conectam o aeroporto ao terminal de ônibus. Em média o tempo de Zagreb até os Lagos Plitvice é de 2 horas e 20 minutos.

Outra opção é sair da cidade de Zadar que fica mais próxima ainda dos Lagos Plitvice, cerca de 130km. Do terminal de ônibus da cidade , também há algumas opções de ônibus que levam cerca de 2 horas até o Parque.

Abaixo o tempo que se leva de cada cidade até os Lagos Plitvice:

  • de Zagreb: 2 horas e 20 minutos
  • de Zadar: 2 horas
  • de Split: 5 horas e 50 minutos
  • de Dubrovnik: 9 horas 35 minutos (Somente um ônibus por dia, que parte de manhã bem cedo. O ideal é pegar um ônibus até Split e de lá pegar outro para os Lagos!)
  • de Varazdin: 4 horas e 20 minutos (apenas um ônibus por dia)
  • Excursões –-> Uma outra opção para visitar os Lagos Plitvice é através das excursões de 1 dia, que partem de várias cidades da Croácia. Veja abaixo algumas opcoes:

HORÁRIOS DE FUNCIONAMENTO E EM QUE ÉPOCA DO ANO VISITAR OS LAGOS PLITVICE

Apesar de o Parque Nacional dos Lagos Plitvice atingir sua maior visitação durante o verão, época em que os turistas normalmente escolhem a Croácia como destino, o Parque está aberto durante todo o ano com horários diferenciados durante cada estação. Veja abaixo:

horários lagos plitvice

A entrada 2 fecha em Outubro e reabre em Março ou Abril.

Durante o inverno há uma programação diferenciada, sendo que os lagos superiores normalmente ficam fechados e há a possibilidade de praticar Ski em algumas partes do parque. Imagino que as paisagens devem ficar especialmente lindas nessa época do ano com as águas coloridas contrastando com o branco da neve além de cachoeiras e lagos congelados.

Nevar é bem comum durante o inverno nos Lagos Plitvice, e essa região é uma das que possui maior queda de neve da Croácia. Janeiro é mês mas frio do ano e a temperatura mínima é de -5 ºC e a máxima de 6,8 ºC.

dicas lagos plitvice

Eu fui em pleno verão, na metade de Agosto e achei que o parque estava cheio demais. Muita gente e pouca estrutura. Inclusive houve alguns momentos desesperadores de muita gente grudada esperando por um dos barcos para atravessar os Lagos. ( Fui em 2012, então se você foi recentemente e tem algo diferente para compartilhar comente aqui para que eu possa atualizar o post e assim as infos poderão ajudar novas pessoas)

Outro detalhe é que estava muito quente. Certamente estava uns 40 ºC ou bem próximo disso, o que torna a caminhada pelo parque bem difícil, ainda mais quando não se tem muitos pontos de reabastecimento e banheiros.

QUANTO CUSTA 

( valores referente a 2012-2013) Lembre de se atualizar com o site oficial.

O Valor da entrada inclui a travessia de ferry boat e o ônibus elétrico.

Cartões de crédito são aceitos (Mastercard, Visa, American Express, Maestro e Diners)

O parque tem 2 tipos diferentes de tickets de entrada: um que vale por 1 dia, e um que vale por 2 dias.

As pessoas que estiverem hospedadas nos hotéis dentro do Parque Nacional, podem usar os tickets diários por todo o período de estadia. Basta apenas mudar a data todos os dias na recepção do hotel.

ingresso lagos plitvice
Há tours disponíveis em Inglês, alemão, italiano, francês, espanhol e croata, porém é necessário verificar a disponibilidade e agendar com bastante antecedência, cerca de 2 semanas no mínimo antes da data desejada da visita. Deve ser enviado um email com a solicitação para o departamento de vendas – e-mail: info@np-plitvicka-jezera.hr

TOUR GUIADO –> Existe a possibilidade de contratar um guia para grupos durante o passeio. De acordo com o site do próprio parque o valor para grupos de no mínimo 15 participantes e no máximo 60 é de 700 kunas por 4 horas. A cada hora adicional é cobrado 200 kunas.

ACOMODAÇÃO – HOTEIS DENTRO DO PARQUE DOS LAGOS PLITVICE

Não foi o meu caso, mas confesso que adoraria voltar no tempo e adicionar um dia extra optando por me hospedar em algum dos hotéis dentro do parque dos Lagos Plitvice

Essa realmente é a melhor opção para quem deseja apreciar com calma todas as paisagens e a atmosfera que os Lagos Plitvice tem a oferecer.

AS TRILHAS NOS LAGOS PLITVICE

Assim que você compra o ingresso de entrada para o parque perceberá que há algumas opções de trilhas a serem escolhidas, de acordo com a sua disponibilidade e disposição. Indico comprar um mapa do parque junto com o ingresso, porque a sinalização entre as trilhas é péééésima. Não é fácil de se localizar entre elas e entender claramente as direções que deve seguir para manter o seu caminho escolhido, fora que praticamente não cruzei com um funcionário do parque nas 6 horas em que estive andando por lá.

As trilhas são dividas de acordo com seu tempo de duração e o caminho a ser percorrido. Estávamos na entrada 2 e como havíamos perdido muito tempo na estrada e chegamos ao parque próximo ao meio dia optamos por fazer a trilha F, que levaria de 3 a 4 horas. O problema é que nos perdemos feio e acabamos misturando parte de outras trilhas, que nos aumentou o tempo para 6 horas e ainda nos deu uma canseira, pois fizemos o percurso totalmente a pé, com exceção da travessia de ferry boat no início da trilha.

Trilha F Lagos Plitvice na Croácia
Essa foi a nossa trilha escolhida, mas que não conseguimos chegar até ao fim por falta de sinalização.

Caso queira dar uma olhada nas trilhas disponíveis e já se planejar para não se perder quando estiver por lá, clique aqui.

ESTRUTURA DO PARQUE PLITVICE – PERRENGUES

Nem tudo que reluz é ouro meus caros amigos. Posso dizer que passei muuuuitos perrengues nesse dia de passeio aos Lagos Plitvice que claro foram esquecidos e recompensados com as inebriantes paisagens. O fato é que até o momento me pergunto como um Parque daquele tamanho e importância turística para a Croácia tem problemas tão graves de estrutura. Explico.

Não bastasse a falta de placas indicando a direção das trilhas e dos barcos e ônibus, a falta de profissionais dentro do parque parece ser comum. Em 6 horas de andança, encontramos apenas 1 funcionário, para perguntar a respeito dos caminhos. O resultado é que caso você se perca, assim como nós, e não tenha um mapa, provavelmente, ficará andando em círculos e trombará com mais pessoas perdidas até conseguir se localizar por sorte.

Como disse, entrei pela entrada 2 e logo no início havia um restaurante e uma lanchonete. Optamos por apenas comprar uma água grande e comer uma porção de batatas fritas, para forrar a barriga, tendo a certeza de que encontraríamos pelo caminho outras opções de lugares para comer. Ledo engano. Após umas 4 horas de andanças, não tínhamos trombado ainda com nenhum lugar onde pudéssemos nos abastecer com líquidos ou algo para comer. Além disso, em um determinado ponto da trilha, houve um acúmulo de turistas, todos grudados sem conseguir se movimentar e além de não entendermos no momento o que acontecia, ficamos 1 hora de pé ao sol, sem espaço para se locomover e passando sede e fome. Nada de funcionários neste momento também para informar que estávamos esperando numa espécie de fila o ferry boat que nos levaria até o outro lado do lago. Foi bem trash e rolou um certo stress por parte de todos os presentes.

Nada supera a parte da alimentação. Logo depois que conseguimos enfim sair da muvuca de turistas e entrar no ferry boat, encontramos um lugar para comer. A felicidade durou pouco ao perceber que as opções de lanches eram limitadas a um hambúrguer pingando óleo e totalmente nojento, que era colocado com a mão dentro de um pão por uma funcionária mal humorada, com uma folha de alface e um pedaço de queijo. Mas a fome era tanta né que mesmo sendo vegetariana peguei lá o hambúrguer e uma porção de batata frita, doei a carne a minhas amigas e comi o pão com a salada e o pedaço de queijo. Para beber, apenas refrigerante e água. Sério, não entra na minha cabeça até o momento, como um lugar como aquele, que poderia ter um super investimento e melhores opções para os turistas, sobrevive com uma lanchonete que mais parece ter saído de uma estrada lá dos cafundós do Judas.

Não há bebedores pelo parque. Imagina se não tivéssemos comprado uma garrafa grande de água, o que teria sido de nós durante essas 4 horas andando ? Então a minha dica é estudar bem as rotas, comprar um mapa e levar água e lanches para ir beliscando pelo caminho, porque caso você precise comer na metade do caminho, prepare-se para um show de horrores e má vontade.

DICAS PARA APROVEITAR MELHOR SUA VISITA PELO PARQUE DOS LAGOS PLITVICE

  • Complementando o tópico anterior, sobre levar bebidas e comidas para se garantir durante seu passeio pelo parque, indico também ir com um calçado bem confortável. Estava muito calor no dia em que fui visitar e a esperta aqui foi de chinelo. Nem preciso dizer que após 6 horas andando, apareceram bolhas e dores incontáveis. Então tênis e as famosas botas de caminhadas continuam sendo as melhores opções
  • Estude as rotas antes e compre o mapa do parque na entrada
  • Se puder programe-se para chegar bem cedo, o que evita a grande quantidade de turistas e permite que consiga ver mais paisagens em menos tempo
  • Se possível, hospede-se no parque e divida a visita em 2 dias. Há muito para se ver por lá e é impossível fazer tudo em apenas 1 dia.
  • Procure não levar muito peso. Uma mochila pequena é o suficiente com seus documentos, dinheiro, a câmera, água  e lanches.

Todos os Posts sobre a Croácia

Veja aqui todos os posts que escrevi sobre a minha viagem pela Croácia

  1. Meu Roteiro de 9 dias pela Croácia passando pelos Lagos Plitvice, Zagreb, Zadar, Split, Hvar, Bol e Dubrovnik : Inspire-se com fotos e informações dessas lindas cidades da Croácia, as quais escolhi para visitar na minha viagem pelo país. Nesse post também dou uma previa de como foi a logística entre essas cidades.
  2. informações sobre a Croácia para ajudar a montar o seu Roteiro pelo País: Conheça mais sobre esse incrível país, suas regiões, clima característico, melhor época para ir ao país, um pouco da história e cultura da Croácia, informações sobre Visto e logística, como circular pelo país.
  3. Informações sobre Hospedagem na Croácia: Listei todos os locais em que me hospedei durante a minha viagem para a Croácia e dou as dicas das melhores formas de encontrar hotéis com bons preços por là, reservando antecipadamente.
  4. Como, onde e quanto custa alugar um carro na Croácia: Conto aqui o procedimento que fiz para aluguel de carro na Croácia, quanto custou e conto alguns dos pontos positivos e negativos dessa escolha, além de alguns causos que aconteceram percorrendo o país.
  5. Zagreb, a capital da Croácia : saiba o que visitar na cidade que pode ser a porta de entrada ou saída do país.
  6. Os Lagos Plitvice: com certeza um dos melhores pontos turísticos da Croácia, o Parque Nacional dos Lagos Plitvice possui várias fotos em sites da web naquelas listas de lugares que você precisa conhecer antes de morrer e eles não estão exagerando. Foi um dos lugares mais lindo em que estive! Neste post conto como chegar até lá, melhores épocas para se visitar, as opções disponíveis de trilhas a percorrer dentro do parque é gigante e também dicas de onde se hospedar para aproveitar melhor o passeio.
  7. Zadar: Essa cidadezinha possui algo muito especial e tem se tornado cada vez mais turística por isso. Há um orgão gigante que é tocado pelas ondas do mar fazendo música ! Ao lado há um painel solar que fica todo iluminado durante a noite. Além disso a cidade é uma graça e porta de entrada para belíssimas praias.
  8. Split e o Palàcio de Diocleciano: também é um dos lugares mais visitados pela Croácia, principalmente por ser o ponto de partida para diversas ilhas como Hvar!
  9. A Ilha de Hvar: Um post com fotos e informações dessa ilha encantadora da Croácia. Como chegar até lá, quais são os atrativos da ilha, quanto custa o ferry de Split até lá e qual a melhor época do ano para visitar.
  10. Hvar: os melhores bares e baladas da ilhaA ilha de Hvar é bem famosa pela sua nightlife e atrai muitos jovens por isso, em busca de festa e diversão. Conheça nesse post os melhores points para curtir a ilha.
  11. Hvar: o passeio pelo forte e muralhas. Para quem quer ter uma vista incrível da ilha esse é o passeio.
  12. Hvar: o passeio pelas ilhas Pakleni. Um dos melhores boat tours para quem quer curtir lindas praias em Hvar. Veja fotos e se inspire!
  13. Zlatni Rat em Bol é uma das praias mais incríveis da Croácia. Certamente você já deve ter visto alguma foto dela entre as praias mais lindas do mundo. Fiz um bate-volta de Hvar até lá e recomendo fortemente!
  14. Dubrovnik: Um post resumo com tudo o que você precisa saber sobre a cidade que é considerada a Pérola do Adriático. Dicas de atrações a visitar.
  15. Passeio pelas muralhas de Dubrovnik: uma das melhores formas de visualizar a cidade do alto. As muralhas são o símbolo de Dubrovnik e com certeza deve fazer parte de seu roteiro pela cidade ainda mais se você é fã da série Game of Thrones que utilizou as paisagens de Dubrovnik como cenário.
  16. Passeio de Cable Car em Dubrovnik:  Um passeio incrível para ter uma vista aérea da cidade e das muralhas de Dubrovnik. Um belo local para apreciar o pôr do sol na cidade.
  17. Ilha de Lokrum: essa ilha bem próxima de Dubrovnik é um dos principais passeios saídos da cidade e vale muito à pena. Conheça os atrativos que ela oferece.
  18. Ilhas Elafite: outro popular passeio saindo de Dubrovnik para quem quer ver lindas praias.
  19. Esportes Radicais na Croácia: um post com as opções de esportes para quem busca aventura na Croácia

Espero que tenha gostado desse artigo e que ele tenha sido útil no planejamento de sua viagem!

Monique Ribeiro

travel-icon-183+ Dicas para planejar a sua viagem pela Croácia

 
  • Encontre a hospedagem para sua viagem

    Recomendamos efetuar a pesquisa e reserva de seu hotel no Booking.com, uma plataforma de busca e reserva de hotéis reconhecida mundialmente. Sempre pesquiso e acabo reservando hospedagem por lá por vários motivos, entre elesa possibilidade de muitas vezes reservar sem o cartão de crédito ou optar por pagar apenas na chegada e também é possível ler as avaliações de outros hóspedes, o que auxiliar muito na decisão ao escolher um hotel.
 
  • Encontre seu Seguro de Viagem ao melhor preço 

    Não se esqueça de contratar um Seguro de Viagem/Assistência Médica para a sua viagem pela Croácia! Um Seguro de Viagem é essencial para garantir que tudo corra bem em sua viagem e é algo que possui um custo baixo e pode evitar diversos problemas que poderiam causar stress à sua viagem. Recomendamos comparar os preços na SEGUROS PROMO e para garantir 5 % DE DESCONTO NA COMPRA DO SEU SEGURO VIAGEM você pode utilizar esse código: MEJOGUEINOMUNDO5
   
  • Dicas para alugar um carro na Croácia

    Para quem quer ter a liberdade de fazer uma roadtrip pela Croácia, o aluguel de carro é  sem dúvida uma excelente opção! Recomendamos o site RentalCars, que é um buscador que mostra diversas locadoras de carros e os melhores preços.
 
  • Excursões e passeios com excelente custo benefício/Compre tickets das principais atrações turísticas de cada país com antecedência

    Recomendamos a GetyourGuide. que é uma empresa líder mundialmente na venda de excursões e tickets para atrações em diversos países.
  Este post contém links de afiliados o que permite que um percentual de comissão seja repassado ao Blog em caso de reservas realizadas por aqui mas você leitor não paga nada a mais por isso e ainda contribui para manter o blog ativo e atualizado. Em caso de dúvidas consulte nossa Política de Publicidade. 
Mais de Monique Bianchi

#FlyingDagger : Jeb Corliss em mais uma tarefa impossível na China

Jeb Corliss, um dos atletas mais radicais dos últimos tempos, realizou mais...
Leia Mais

43 Comments

  • Boa tarde,
    Estarei em Zadar (chego 23:00 do dia 14/08) e pretendo ir ao plitvice lakes no dia 15/08. Pelo horário, é improvável que eu consiga fechar um tour, mas os ônibus que acho na internet saem só a partir de 8:00 a.m. Como vou embora no dia 15/08 de zadar, gostaria de ir mais cedo. Sabe se existem ônibus mais cedo e se é tranquilo comprar direto no terminal assim que chegar em zadar?

  • Oi Monyque!! Tudo bem?

    Estou com os dias contados em Outubro desse ano em minha visita pela Croácia.
    Inicialmente pensei em só visitar Dubrovnik e Hvar (incluindo bate-volta para Bol e Vis)
    Agora estou cogitando tirar um dia em Hvar para ir até os lagos Plitvice. Vale mesmo apena saindo de Split?
    Vi que tem alguns passeios bate-volta inclusive a partir de Split. Imagino que deve ser cansativo pela longa distância. O que vc sugere? Alugar um carro em Split e ir direto para Plitvice e me hospedar no parque e no dia seguinte seguir estrada para Zagreb e de lá pegar o meu vôo? Vale mesmo a pena dirigir tanto pela visita aos lagos ou será melhor deixar pra próxima oportunidade e seguir minha viagem como o planejado incialmente ? – pegando um vôo direto de Split para meu próximo destino
    Abs!!!
    Giuliana

    • Oi Giuliana a visita aos lagos Plitvice é sim imperdível na minha opinião. Foi um dos lugares que mais gostei na minha viagem pela Croácia. É um passeio que dura praticamente o dia todo porque o parque é imenso fora que você chegará dirigindo entáo acho que o ideal é dormir por lá mesmo dentro do parque. Nao foi o que eu fiz mas acho que ao visitar de novo eu ficaria por la para aproveitar o parque com calma. Mas na verdade nao se trata de um caminho tao longo assim. De Split aos Lagos Plitvice dá apenas 3 horas e de lá para Zagreb 2h30 mais ou menos.

  • Oi Monique, tudo bem?

    Estou planejando ir pra Croácia mês que vem e adorei suas dicas. Mas ainda ficaram algumas dúvidas, como por exemplo quanto levar (em dólares, pra ter uma ideia melhor) e como exatamente é o clima em outubro. Adoraria se você pudesse me ajudar com essas dúvidas. E parabéns pelo blog!

    • Oi Jeannie, tudo bem? Legal que o blog esteja te ajudando =) Poxa, esse lance de grana é muito relativo, porque depende do seu estilo de viagem. Eu sempre me baseei na quantia padrao de 50 euros por dia, considerando alimentação, transporte, passeios e demais gastos. Daí se gastasse mais em algum dia tentava compensar no próximo. Nao sei como estão os preços na Croácia neste momento, mas acho que esse valor aì seria uma boa base. quanto ao clima recomendo pesquisar em sites metereologicos mesmo. Eu estive por là em setembro e estava bem quente, provavelmente m outubro as temperaturas estão bem mais amenas e talvez não tenha tanto sol, mas realmente nao sei, vale à pena googlar! Abraços

  • Oi Monyque,

    Estou indo pra lá e adorei seu relato. Estou lendo todos, por sinal.
    Só fiquei curiosa pois você colocou que de Split até lá leva 5h50, mas no maps mostra 2h20 e em vários outros blogs que andei lendo li que o trecho leva em torno de 2h30.
    Você tem certeza absoluta dessa informação que colocou?

    Obrigada =)

    • Oi Nathalia, tudo bem? Bom, eu não fiz esse trecho, pq como comentei nos posts fui de Zagreb até Plitvice. Me lembro de ter usado a informaçao do site oficial do parque mas pesquisando agora no site que vende tickets dos ônibus, aparentemente leva mesmo mais de 4 horas para completar o trajeto. Veja o site ( http://voznired.akz.hr/VozniRed.aspx?lang=en). Claro que de carro é outra situação e o tempo cairia para 3 horas de acordo com o Google Maps. Anyway, tente confirmar essa info de acordo com o transporte que utilizarà. Abraços

  • Olá Monique. Adorei sua matéria sobre o Parque Naci0nal. Permita-me, contudo, fazer somente uma observação: abaixo da 3ª foto, no parágrafo que começa com “São 16 lagos conectados por uma série de cachoeiras. As cores das águas são de cair o queijo, numa variação entre diversos tons de azul e verde…”, por um descuido, você escreveu “queijo”, onde queria escrever “queixo”…rs. Acho que vale a pena dar uma corrida lá e consertar. Nada que tire a beleza das fotos ou a utilidade da sua reportagem, mas evita algum comentário irônico…bj

  • Olá Monyque! Estou montando meu roteiro para Croacia e seu blog tem me ajudado muito. Só fiquei com uma duvida nesta parte do parque, para ir de onibus saindo de Zadar, o onibus nos deixa no parque mesmo?

    Abraços!

    • Olà Indianara tudo bem? Eu fiz este percurso de carro como escrevi no post então realmente não sei te informar concretamente a respeito do serviço de ônibus. Eu acredito que se no percurso eles citam Plitvicka Jezera, o bus deve parar là em uma das entradas do parque mesmo, mas eu entraria no site oficial para confirmar a informação. Abraços!

  • Muito boa a matéria.
    Fizemos ontem o passeio, foi ótimo. Sua dica do mapa nos ajudou muito.
    Recomendo demais a visita.
    Mas o parque não tem 300.000 Km2, deve ser 300 Km2, pois a Croácia todos têm 56.000 Km2.
    Show o lugar!

  • Oi, Monique, maravilhoooso o seu post!! Dicas realmente muito úteis!!
    Eu vou agora dia primeiro de junho e vou alugar um carro de Zadar para Plitivice. Estou com muito receio de que aconteça o que aconteceu com vocÊ na estrada. Você poderia me ajudar? O que deu errado, você se lembra? Não entendi a questão do aumento da velocidade? Será que uma dica é não entre em estrada de terra?

    • Oi Beth, tudo bem? Mto legal saber que as dicas do post foram úteis! Com relação ao carro, para evitar multas, eu recomendo ficar de olho no GPS e se por acaso pegar essas estradas de terra, já se certificar de que a velocidade máxima é sempre entre 30 ou 50 km/h ok? Boa viagem!!

      • Monyque, você alugou o carro pela Europcar?? O GPS era em portuguès? Temos que evitar estrada de terra ou faz parte do caminho de Zadar para Plitvice?

        • Beth utilizei o site que citei no post( RentalCars). O GPS tinha a opção de colocar em português, mas de Portugal. Existe outra forma de Plitivce a Zadar, e a estrada de terra não é a única opção! Beijos

  • Ei Monyque!

    Que lugar fantástico! Quero muito conhecer essa paisagem ao vivo. Bom saber que a organização do parque não é boa. Uma pena, afinal um lugar tão bonito e tão visitado deveria ser mais estruturado. Estive nos parques americanos e fiquei mal acostumada com tanta organização. 🙂

    Beijos,
    Lillian.

    • Oi Lilian! Pois é, o Parque é lido e recomendo muito a visita, porém estes foram os perrengues que passei e acho que poderia ter uma estrutura bem melhor. Mas acredito que tive um certo azar também porque o Gleiber por exemplo foi na mesma semana que eu e não passou por isso,rs!
      Beijooos

  • Monyque
    Estive na Croácia em set/2010 e meu roteiro foi bem parecido com o seu. Não tive dificuldade em me orientar nos lagos mas entrei pelo outro lado, começando por um ônibus que te deixa na parte alta do Parque e dali fomos descendo. Peguei um dia lindo com temperatura mais amena e o únicos perrengues foram ficar numa espécie de pousada que só davam toalha de rosto para o banho e ser parada pela policia na estrada. Aconteceu exatamente a mesma coisa, limite baixo ultrapassado. Pediram dinheiro e baixaram o preço, mas morremos em 50 euros. O mais incrível é que depois me explicaram que esse é o procedimento oficial do país para estrangeiros, já que a multa não chegaria de outro modo. Não é propina!! Acredite se quiser..

    • Oi Eneida! Poxa, cheguei à conclusão de que essa entrada 2 que é a que fui é a pior,haha. E também devo ter tido azar, porque alguns amigos foram em datas bem próximas e não estava tão cheio quanto relatei. Mas apesar de todos esses perrengues eu quero voltar, aquele lugar parece um sonho né? Hum, mto bom saber dessa do policial. Cada coisa né… Beijos e valeu a visita ao Blog

  • Esse lugar aí existe mesmo? Pensei que era aquelas fotos de apresentações de auto-ajuda em powerpoint!

    Lindas fotos, lindo lugar. Está aqui, favoritado, para um futuro (se Deus quiser) próximo!

    Parabéns pelo post! E pelas fotos também – embora lugares assim a gente nem faz muito esforço para mostrar o quanto é bonito, né?

    • haha é bem isso Clarissa. Os Lagos Plitvice parecem mesmo que só existem nas telas de ppt, mas ao vivo é impressionante! Com certeza, nem precisa de muito esforço mesmo, pois as paisagens são mágicas!! Beijoos

  • Guria!!!!! Como a sua visita ao parque foi num dia e a minha justamente uns 2-3 dias depois, eu tinha que deixar aqui meu comentário, né? Até porque a nossa experiência lá foi completamente diferente. Achamos as trilhas bem fácil, seguimos a sinalização direitinho… Estou é desconfiado que vocês andaram quebrando muito o pescoço com os “gatinhos” de lá e por isso que se perderam, hein? Será que não? Agora concordo com a escassa disponibilidade de lanches, comida, bebida e afins. A gente não pegou fila em nenhum momento, nem na entrada do parque, nem nos barcos, nem para pegar o ônibus elétrico. Mas de repente foi sorte. E o calor, esse sim a gente tem que enfatizar, né amiga? Porque brasileiro não costuma acreditar que faz um calor DOS INFERNOS lá na Zoropa! AMEI seu post!!!

    Mas aqui entre nós… Você foi DE CHINELO?

    Beijão!

    • hahha pois é Gleiber, fui de chinelo. Isso foi muito de principiante, admito,rs. Então eu acho que a gente teve um pouco de azar mesmo e todas as excursões do mês caíram exatamente no dia em que fomos visitar. Mas essa questão da estrutura é inegável né, mesmo sem a muvuca de gente, com certeza eu iria me perder da mesma forma e passar sede e fome também…rs . Por isso que vou ter que voltar em breve!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *