Motorcycle Rock Cruise 2 – O Cruzeiro do Rock

Foto by Silvia Linhares - http://www.flickr.com/photos/silvialinhares

 

Motorcycle Rock Cruise 2 (26 a 29 de fevereiro de 2012)

Hoje temos mais uma participação muito especial da amiga Erika Sá que montou um relato completíssimo de sua experiência no Motorcycle Rock Cruise, um cruzeiro para os aficcionados por motociclismo e Rock’n Roll! Você rockeiro, sabia que existia este passeio? 

Obrigada Erika pela colaboração no Blog! Vamos ao relato!

É muito mais fácil planejar viagens com o Me Joguei no Mundo!
Utilize os links dos nossos afiliados logo a seguir para conseguir descontos em hospedagens, seguro viagem, ingressos e muito mais!
Foto Divulgação CVC - Cruzeiro Zenith

Depois de sua primeira edição em janeiro de 2011, o Motorcycle Rock Cruise voltou com tudo em 2012 e, quiçá, para entrar definitivamente para o calendário anual de eventos musicais de São Paulo. Não tenho muitas referências de como foi o evento do ano anterior, apenas por relatos de amigos, que o mencionaram como “vale muito a pena”.

Para mim, que já sou fã do bom e velho rock and roll, de viagens e de aventuras, o cruzeiro marítimo em si também era uma novidade.

Foto by Erika Sá- Saguão porto

Chegamos ao Porto de Santos no domingo, dia 26, por volta de meio-dia. Como estava com um casal de amigos, decidimos que a melhor maneira de ir pra lá seria de carro particular, que deixamos em um dos estacionamentos do porto, e que nos custou R$ 120,00 pela estada do veículo até o dia do retorno (manhã do dia 29, quarta-feira). Para quem não quer ou não pode ir de carro, a operadora de turismo indica alguns ônibus que saem de pontos estratégicos da cidade de São Paulo, como estações de metrô, por exemplo, ao custo de R$ 90,00 o traslado de ida e volta.

Foto by Erika Sá- Banda Damage Inc - uma das melhores bandas covers de Metallica

Embarquemos:

O horário previsto para que a embarcação deixasse o porto era às 17 horas. Talvez por conta do volume de pessoas (sim, tinha muuuuita gente) e pela burocracia do serviço de check-in (mais uma novidade pra mim, que não imaginava que teríamos de despachar bagagens), que tinha uma fila enorme, na qual gastamos quase duas, sim, eu disse duas horas!, o Barquinho do rock, como foi carinhosamente apelidado por Bruno Sutter, mestre de cerimônias do evento e famoso por personagens como Detonator, do Massacration, e de Hermes e Renato, entre outros, hoje no programa Legendários, só deixou o cais perto de 17h30, ao som de AC/DC, primeiro show do palco da piscina.

E assim começou a saga em alto mar de mais de três dias de muita diversão, sol, piscina, comilanças e bebedeiras e, claro, “rock and roll all night and party everyday” (everynight, all day, all night), com o perdão do trocadilho. Aproveitando o ensejo, parece que os cruzeiros temáticos de rock é tendência, visto que em outubro/novembro deste ano a aclamada banda de hard rock Kiss navega pela segunda vez pelas águas estadunidenses, para deleite dos fãs, num cruzeiro em que, além de diversos shows da banda e participações especiais, os anfitriões prometem tirar foto com cada fã a bordo!

Mas voltemos a terra ou, pelo menos, às águas nacionais: o pacote é all inclusive, por isso não tem hora para comer ou beber. Ainda no aspecto “qualidades”, vale ressaltar que o navio Zenith conta com boa infraestrutura e os serviços de uma ótima tripulação, muito solícita, sempre à disposição para ajudar.

Se pensar do ponto de vista turístico, não saberia dizer o quanto interessante é o passeio para o target em geral. O navio faz duas paradas, sendo a primeira em Búzios, e a segunda em uma praia privativa, em Mangaratiba. Não conheci muito dos lugares que paramos, mas sinceramente o meu foco, e acredito que o da maioria do pessoal do, eram os shows.

Neste quesito, sim, posso dizer que o passeio valeu cada centavo de dólar. Sim, pois se você optar por consumir alguma coisa fora do pacote (que acho improvável e/ou desnecessário), ou mesmo tentar a sorte no Cassino, você terá que gastar em dólares. Se não tiver cash, antes do embarque e até o segundo dia de navegação, se não me engano, é possível cadastrar um cartão de crédito pessoal do qual serão debitadas todas suas despesas. Eles têm um sistema integrado que faz com que o seu cartão de acesso às cabines sirva também para as compras. Ah, claro, sem esquecer que, para os consumistas de plantão, tem Duty Free no barco também!

 

Foto by Erika Sá - piscina Navio Zenith

Por ser tratar de um cruzeiro temático, é claro, o foco do entretenimento eram os shows. Tivemos apresentações musicais para agradar de gregos a troianos: além das atrações principais deste ano, Raimundos e Hail, megabanda formada por membros remanescentes de grandes estrelas do metal nacional e internacional, uma série de shows de bandas cover e performances que foi de Michael Jackson e Beatles a Black Sabbath e Metallica, representando a ala mais pesada da programação. Tudo muito bem organizado, muito animado, o suficiente para fazer sonhar com uma próxima edição.

Foto by Erika Sá- Banda Hail que contou com grandes nomes do Heavy Metal mundial, sendo eles: Tim Ripper (ex-Judas Priest), Paul Bostaph (Ex-Testament, Slayer e Exodus), Andreas Kisser (guitarrista do Sepultura) e James Lomenzo (Megadeth e Ozzy Osbourne).

O público, impressionantemente, era o mais democrático possível: de simpáticos senhores e casais a semiadultos: crianças que também protagonizaram a grande celebração ao rock and roll como música de todas as gerações.

Na noite de encerramento, o agradecimento da organizadora Monika Cavalera, em nome da tripulação que mencionou nunca ter recebido um povo “tão ordeiro” e a promessa de uma terceira edição, se possível em janeiro, para aproveitar o período das férias escolares e fazer a alegria não só da criançada, mas de famílias inteiras.

Se você se identificou com o breve relato desta aventura, recomendo: fique atento à agenda. Se você acha que cruzeiro é caro, recalcule: pela quantidade de shows, comidas e bebidas e todo o passeio em si, sai uma pechincha. Sem contar com a experiência de navegar. No agito do rock e no balanço do mar. Bota agito e bota balanço nisso!

Links relacionados:

Quem leva: www.cvc.com.br
Kiss Kruise II: www.thekisskruise.com
Hail: www.myspace.com/hail
Raimundos: www.raimundos.com.br
Beatles Forever: www.beatles4ever.com.br
Damage Inc. Metallica cover: www.facebook.com/damageincbr
Dirty Deeds AC/DC cover: www.acdccover.com.br
Eletric Funeral Black Sabbath tribute: http://www.radiobackstage.com/ef/index.html

 

Erika Sá é formada em Letras, trabalha com publicidade, gosta de música, de viagens e de escrever (sobre o que gosta, claro). Contato: jazzebell@gmail.com

Mais de Monique Bianchi

Trilha Pedra Grande – Parque Estadual da Cantareira

O final de semana amanhece ensolarado e bem propício para uma atividade...
Leia Mais

1 Comment

  • Olá, adorei o blog! Gostaria de entrar em contato para
    lhe oferecer uma proposta interessante para o blog. Por favor, aguardo seu
    retorno.

     

    Grata,

    Antonieta.

     
     

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *