Salto de paraquedas de um balão

salto de paraquedas de balão

Imagine a sensação de estar em um tranquilo voo de balão e quando ele atinge o ápice de altura, você se equilibra na borda do cesto e se joga com um paraquedas.

Não, ainda não tive a oportunidade de passar por essa experiência, mas quem sabe daqui um tempo, quando já tiver feito o AFF (Acceleratted Free Fall – curso de formação de paraquedismo) e contar com alguns saltos de paraquedas no currículo, eu tope encarar essa aventura. E por que não? Afinal, já saltei de paraquedas duas vezes e amei, já voei de balão e adorei a sensação, que tal juntar as duas experiências? Nada mal né?

Saltar de paraquedas de um balão é só para os mais experientes e é um salto bem diferente do que se estivesse em uma aeronave. Acredito que deve ser um pouco mais difícil, porque no caso do avião, ele já está e movimento e quando você salta já vai no embalo da velocidade. No balão não. Você tá lá praticamente parado no ar e tem que se jogar. Deve ser o momento de maior apreensão! Para descobrir realmente como é a sensação e como funciona um salto de paraquedas de um balão, conversei com um amigo meu que já realizou esta proeza: o Vinícius Ferreira. Do bate-papo surgiram as perguntas e respostas abaixo, veja só:

1.Vinícius você é paraquedista há quanto tempo?

Fiz meu primeiro salto duplo em dez/10 e o segundo em mar/11. Meu curso AFF começou em 14/05/2011. Logo, estou há 2 anos e 4 meses no esporte como atleta. Ainda um feto (risos).

2.Quando foi que você realizou o salto de paraquedas de um balão pela primeira vez?

Foi no dia da festa de confraternização dos atletas e alunos da escola que me acolheu, a Skydive Boituva, no dia 22/12/2013, um sábado lindo, com aquele sol típico do fim do ano. O encontro foi feito às 5:30 da manhã e a decolagem autorizada às 6:30. Fomos 17 atletas “semeados” nos céus de Boituva, dispostos em 2 balões da Equipe Chico.

3.Existe uma preparação específica ou nível de experiência como paraquedista para saltar do balão? Já ter realizado algum número de saltos, por exemplo?

Sim, com certeza. O pré-requisito para saltar de balão é ser categoria B no esporte, o que virá depois de, pelo menos, 50 saltos e uma série de objetivos técnicos a serem cumpridos. Geralmente, os balões sobem menos do que os aviões, aí nosso tempo de queda livre é reduzido. Por isso, temos que tomar muito cuidado com a separação dos integrantes do grupo (se houver) em queda livre, para que não abramos nossos paraquedas muito próximos uns dos outros. Para tal, usamos um movimento ainda em queda livre chamado track de separação. É a mesma posição do “homem-bala” que víamos pela TV quando crianças. Costumamos chamar essa sequência de “Saiu, sorriu pra foto, separou e abriu!”, que não demora mais do que 15 segundos (risos). Além disso, como os balões não são guiáveis em termos de direção, temos que estar preparados para pousar após nossos saltos em um local desconhecido e que deve ser livre de fios de alta tensão, construções, carros e água.

É muito mais fácil planejar viagens com o Me Joguei no Mundo!
Utilize os links dos nossos afiliados logo a seguir para conseguir descontos em hospedagens, seguro viagem, ingressos e muito mais!

4.Qual a sensação de ficar lá equilibrado no cesto do balão e se jogar no vazio? É muito diferente de quando salta da aeronave?

É um salto diferente. Como você mesma já disse, saímos de um cesto que está parado nos céus, não a 130 km/h como é o caso do avião. Isso faz com que a experiência seja silenciosa, única, diferente… bastante parecida com aquela fração de segundo quando sonhamos que estamos caindo, sabe? E é exatamente isso que faz o salto de balão ser tão sensorial!

Vídeo realizado por Wagner Spirigoni eAquiles Bellome !

5.Há um nível de perigo maior envolvido quando se salta do balão?

Sim. O de viciar (gargalhadas). Brincadeiras à parte, os riscos são dados apenas pelo tempo reduzido de queda para separação em segurança e a alta probabilidade de pouso em locais novos. Entretanto, como o paraquedista é formado para ser um agente minimizador de riscos e maximizados de segurança, isto acaba sendo facilmente administrável. Nada que um bom briefing em solo não resolva!

6.Pretende realizar outros saltos de balão?

Sem a menor sombra de dúvidas! Aliás, teremos surpresas sobre isso no fim do ano! Quem quiser ver de perto, basta ficar de olho em www.skydiveboituva.com.br.

salto de paraquedas do balao - by rick neves
Foto incrível de autoria de RICK NEVES
salto de balao by rick neves
Foto de RICK NEVES

Bacana não é?

Quem é apaixonado por aventura, principalmente as aéreas com certeza ia amar essa sensação! Só de olhar as fotos e os vídeos o coração já acelera! E você, teria coragem?

Para ver mais fotos incríveis como essa acesse o Flickr do RICK NEVES !

Cadastre seu email e receba nossos posts gratuitamente:

Delivered by FeedBurner

Mais de Monique Bianchi

Mercado de Natal em Rothenburg ob der Tauber

Conheça a linda cidade medieval na Alemanha durante o Natal Quem planeja...
Leia Mais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *