Conhecendo a Pedra do Baú – Trilha – Parte 1

trilha pedra do bau sao bento do sapucai

 

Há um mês atrás, fui conhecer e passar um final de semana em São Bento do Sapucaí e claro que não podia perder a chance de conhecer a maior atração da cidade: o Complexo da Pedra do Baú, que também fica próximo a Campos do Jordão.

Complexo Pedra do Baú

Depois de uma sexta gelada, o sábado amanheceu ensolarado e então eu e meu namorado resolvemos dar uma volta e ir conhecer a famosa Pedra do Baú. Já havia visto umas fotos na internet da pedra e relatos sobre a trilha e sobre uma escadinha tenebrosa que teria que encarar caso quisesse chegar até o cume da pedra mas mal imaginava o que estava por vir…

Seguimos então em direção a Pedra do Baú e da estrada ela já aparece imponente, coisa linda! Essa vista só serviu para aumentar a minha ansiedade para chegar logo até a trilha!

À esquerda o Bauzinho, Pedra do Baú ao centro e do seu lado direito Ana Chata

Deixei o carro no restaurante Pedra do Baú, uma graça por sinal, e fui me informar a respeito da trilha, quantos minutos levaria para chegar próximo à pedra e tal e levei o primeiro baque: trilha de 1 hora e meia! Ok, eu já estava lá mesmo e o tempo estava bom então por que não encarar, correto? Vacilo número 2: Apesar de já saber da existência da trilha eu não fui vestida de acordo para encará-la, estava de calça jeans. Mas não ia desistir então eu e o Leonardo rumamos em direção à esta trilha que nos disseram ser de nível fácil!

É muito mais fácil planejar viagens com o Me Joguei no Mundo!
Utilize os links dos nossos afiliados logo a seguir para conseguir descontos em hospedagens, seguro viagem, ingressos e muito mais!

Pegadinha número 2: logo nos primeiros 2,3 minutos você percebe que esta triha não é das mais fáceis não (ainda mais estando de calça jeans,rs), pois ela é bem íngreme e possui muitas raízes e pedregulhos no chão. Para ajudar o sol estava rachando mas continuamos andando e íamos aproveitando para tirar fotos da paisagem enquanto parávamos para descansar.

Quase chegando!

Eis que após cerca de 1 hora! (mesmo de calça jeans, fizemos em menos tempo do que o guia indicou,rs), chegamos até a base da Pedra do Baú. Ok, essa era nossa intenção mas aí fiquei olhando as tais escadinhas na pedra e fiquei imaginando como seria incrível subir até o topo. Foi então que resolvi subir apenas alguns degraus pra ter uma ideia da sensação, já que estando de calça jeans e cansada do jeito que estava não ia conseguir encarar até o fim naquele dia.

Escadinha face norte
Começando a subir

Então fui subindo tranquilamente os degraus e quando vi tinha me empolgado e chegado ao primeiro corrimão, cerca de uns 30 ou 40 degraus depois. Ok, hora de descer. Foi quando olhei pra baixo e percebi que estava muito alto! Adrenei! O medo de altura se manifestou como nunca e entrei em pânico porque estava muito alto e não estava presa a nada! Logo minhas pernas começaram a tremer demais, mãos suando e a respiração ofegante. Pode parecer exagero mas dramatizei ao ponto de achar que ia morrer, porque na situação que estava qualquer escorregãozinho e já era!  Mas eu tinha que descer afinal e mesmo não conseguindo controlar a tremedeira das pernas, pelo menos comecei a respirar mais devagar e fui descendo degrau a degrau cuidadosamente e bem devagar. Pareceu uma eternidade até chegar ao chão, e olha que subi apenas uns 5 minutos e o tempo total até o cume leva uns 30 -40 minutos, logo é trash demais! Muita gente se arrisca e sobe sem equipamento mas encontrei com um pessoal na trilha que disseram que o negócio é subir com guias locais e equipamento porque conforme vai subindo a escada vai ficando cada vez pior, inclusive tem uma parte chamada Parada dos Medrosos e acredito que não seja por acaso… rs.

De qualquer forma só a trilha já vale muito à pena por todo o visu, mas é lógico que vou voltar e encarar essa escadinha do mal até o fim, rs! (Com equipamento) E quem sabe mais pra frente chegar até o cume escalando!

Tem mais fotinhas aí embaixo! Apreciem e conheçam a Pedra do Baú que é lindo demais!

Escadinha face Norte

 

 

Mais de Monique Bianchi

Passo a Passo: Do aeroporto ao centro de Zurique de trem

O aeroporto internacional de Zurique é o maior aeroporto da Suíça, uma...
Leia Mais

5 Comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *