Margaret River, um paraìso na Western Australia

margaret river australia

Sao muitos os lugares que fazem valer à pena uma viagem pela Western Australia e um deles com certeza é Margaret River. Durante os praticamente 5 meses em que morei em Perth, tive a oportunidade  de visitar a região de Margaret River duas vezes. A primeira delas foi em pleno verão, no mês de janeiro e a segunda delas foi no outono no final de abril.

A região de Margaret River esta localizada no sul da Western Australia partindo de carro da cidade de Perth, numa viagem de cerca de três horas. Hà a possibilidade de fazer um tour com agência de viagem ou até mesmo pegar um ônibus que sai de Perth, mas é bom confirmar essas informações no site oficial da região clicando aqui.

Em janeiro quando fui com um grupo de amigos, era feriado e aproveitamos o final de semana prolongado de três dias para conhecer a região, mas pegamos um pouco de transito, porque além de ser verão, época em que Margaret River é bem popular, tinha o fato de ser feriado. Lembrando que quem for alugar carro, precisa ter uma carteira de habilitação valida, não precisa necessariamente ser a internacional, mas é indicado que esteja traduzida. Em nenhuma das duas vezes em que viajei pra là, fomos parados na estrada, mas nunca se sabe, vale se prevenir.

Margaret River é famosa por diversos motivos: praias estonteantes e òtimas para surfe, vinicolas, cavernas, cervejarias, fâbrica de chocolates e queijo e muitas paisagens incrìveis. A regiao é formada por outras cidades que ficam bem próximas como Busselton, Dunsborough, Yallingup, Cowaramup e Augusta. A cidade de Margaret River é a parte central desta região e é um dos melhores lugares para se hospedar, com vàrias opções de hoteis e hostes. Além disso conta com um centrinho bem charmoso com diversos restaurantes.

É muito mais fácil planejar viagens com o Me Joguei no Mundo!
Utilize os links dos nossos afiliados logo a seguir para conseguir descontos em hospedagens, seguro viagem, ingressos e muito mais!

mapa Margaret River

 

Na primeira viagem que fiz por là, me hospedei com amigos na primeira noite em um hostel excelente em Augusta e no dia seguinte num outro hostel, também bem legal, em Margaret River.  Jà na segunda viagem fiquei em outro hostel em Margaret River que não gostei muito, porém era o único com vagas. A cidade realmente é bem disputada e deve-se reservar a hospedagem com antecedência de pelo menos uma semana, ainda mais se for verão.

Nas duas viagens sempre optei por colocar as praias como prioridade, mas também passei pela fabrica de chocolate de Margaret River onde é possível provar gratuitamente deliciosos chocolates e comprei alguns vinhos em uma vinícola. As cavernas acabei deixando de fora por falta de tempo e também porque algumas possuem um preço meio salgado, chegando a 40 dólares a entrada.

Em três dias é possível explorar as praias da região, mas é claro que se estiver sol a vontade de ficar mais tempo em uma que lhe agrade vai aparecer e aî fica dificil conhecer todas em pouco tempo. Esse foi o caso da minha primeira viagem onde eu e a galera que estava optamos por conhecer menos praias mas passar mais tempo em cada uma delas. Jà na segunda vez, como o temo não estava dos melhores para praia, peguei um mapa e fui explorando praticamente uma a uma para tirar fotos. Existem varias trilhas também pela região, mas é preciso ter tempo e contar com um bom clima. De julho a setembro, existem alguns pontos onde é possível avistar baleias!

Os meus lugares favoritos foram a Flanders Bay, em Augusta, a Contos Beach, a Sugarloaf Rock em Yallingup, Meelup Beach em Dunsborough e Hamelin Bay, onde é possível ver diversas arraias e atè tocâ-las. A cor da água é incrível, mas agora deixo as fotos e vídeos falarem por si!


Gostou do post ou tem algum comentário a fazer?
Adicione seu email para receber os próximos posts em seu email!

Cadastre seu email e receba nossos posts gratuitamente:

Delivered by FeedBurner

Mais de Monique Bianchi

Annecy, a Veneza dos Alpes na França

Annecy é uma charmosa cidade alpina localizada no sudeste da França, próximo à...
Leia Mais

2 Comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *